O que são Widgets de aplicativos e fazer um aplicativo um Widget

O que são Widgets de aplicativos e fazer um aplicativo um Widget – Um Guia de Iniciantes

Os Widgets do app são visualizações de aplicativos em miniatura que podem ser incorporadas em outros aplicativos e na tela inicial do seu smartphone. Os Widgets fornecem a qualquer usuário informações rápidas sem abrir um aplicativo.

O uso de widgets está lentamente se tornando popular. Eles são muito importantes para os usuários, pois ajudam os fabricantes de aplicativos a se comunicarem com os usuários mesmo quando não estão usando aplicativos. Um criador de aplicativos pode praticamente ajustar todos os aspectos relacionados à aparência do widget.

O uso de widgets também pode ser otimizado para funcionar como um ativo para os usuários. Por exemplo, um widget de aplicativo meteorológico exibe temperatura e um ícone resumindo a previsão do dia; da mesma forma, um widget de um aplicativo de calendário exibe a data na tela do usuário. Neste blog, vamos discutir mais sobre os vários tipos de widgets e como você pode criar seus próprios widgets. Mas primeiro, aqui está um infográfico:

Pourquoi les widgets sont-ils créés ?

O objetivo básico de um widget é otimizar a experiência do usuário. Claro, um usuário poderia abrir manualmente um aplicativo para verificar dados, mas widgets ajudam a reduzir as etapas extras. Um usuário pode simplesmente desbloquear seu telefone e visualizar diretamente as informações que deseja ver com um widget. Por exemplo, você tem uma mensagem no WhatsApp. Assim, você pode abrir o aplicativo, procurar a mensagem e, em seguida, responder ou simplesmente adicionar o widget do WhatsApp à sua tela inicial, visualizar mensagens e responder sem realmente abrir o aplicativo.

Widgets também ajudam a simplificar a experiência do usuário. Widgets geralmente são focados em uma função de um aplicativo. Continuando com o exemplo do widget do WhatsApp, o widget do WhatsApp simplesmente ajuda você a responder às mensagens. Visualização de histórias, atualização de status, outros recursos podem ser apreciados após a abertura do aplicativo.

Choses à retenir avant de créer un widget

Widgets são um tema raramente discutido. Há muito debate sobre o que os widgets devem fazer e se eles são realmente necessários. No entanto, o widget é um recurso necessário de qualquer aplicativo que deve ser adicionado na fase de desenvolvimento. Nem todos os aplicativos têm ou precisam de widgets. Há certas coisas que você precisa ter em mente ao criar widgets:

  • La source d’information
  • Widgets são uma fonte de informação. Seus widgets devem ser sempre simples e atualizar o usuário das últimas tendências e eventos. Por exemplo, um aplicativo de mercado stock’ s widget deve mostrar regularmente ao usuário pontos atualizados em várias ações.

  • Accédez à votre application
  • Uma vez que um widget é uma fonte de informações limitadas, ele deve sempre redirecionar seus usuários para o seu aplicativo para atualização completa. Tente garantir que seu widget redirecione os usuários para os recursos mais usados em seu aplicativo. Ele pode ajudar a completar a experiência do usuário e também fazer com que as pessoas usem mais o seu aplicativo.

  • Redimensionnement
  • Seus widgets podem ser redimensionados pelo usuário. Considere esse fato ao criar um widget. Mostre informações que podem ser redimensionadas sem afetar a clareza do widget.

  • l’image de marque
  • Para facilitar que os usuários reconheçam os widgets do seu aplicativo, inclua o logotipo da sua marca e a paleta de cores no widget do aplicativo.

    Types de widgets

    Antes de continuarmos a criar widgets de aplicativos, você deve aprender sobre os vários tipos de widgets de aplicativos. Existem 4 tipos de widgets:

  • Widgets d’informations
  • Widgets de informação são aqueles que exibem informações. Widgets para aplicativos de calendário, aplicativos |weather|, aplicativos de notícias geralmente se qualificam como widgets de informações. Os widgets de informações têm uma interface simples e seu principal objetivo é fornecer informações relevantes aos usuários na própria tela e evitar a dor de abrir um aplicativo.

  • Widgets de contrôle
  • Widgets de controle são widgets que incluem gatilhos neles. Os gatilhos nos widgets de controle podem executar uma ação sem que um usuário precise abrir um aplicativo. Um exemplo de widget de controle é o widget do Spotify. O Spotify Widget mostra qual música estava sendo reproduzida anteriormente e através da reprodução/pausa, você pode imediatamente reproduzir a música a partir do widget que pode economizar o seu tempo necessário para abrir seu aplicativo.

  • Widgets de collecte
  • Widgets de coleta são widgets que mostram informações através de vários elementos ao mesmo tempo. Um widget de galeria ou o widget whatsapp para mensagens é um bom exemplo de um widget de coleção.

  • Widgets hybrides
  • Widgets híbridos são difíceis de criar e raros de encontrar. Eles geralmente são uma combinação de widgets de informação e controle. Um widget meteorológico que permite verificar o tempo de diferentes lugares através do mesmo widget é um exemplo de um widget híbrido.

    Você pode ativar widgets de aplicativos tanto no Android quanto no iOS. Nossa central de ajuda tem um artigo simples que lhe dirá como widgets em seu smartphone.

    Conclusion

    Isso era tudo que você precisava saber sobre widgets de aplicativos. Chegando a aplicativos, Appy Pie AppMakr é uma ótima plataforma para começar a construir seus aplicativos. Você poderia criar seus próprios aplicativos|em uma única linha e adicionar widgets a eles. Confira!

    Como criar um aplicativo móvel para funcionários

    Como criar um aplicativo móvel para funcionários

    Você pode fazer seus próprios aplicativos móveis para vários propósitos diferentes. Nem todos os aplicativos móveis são criados com a intenção de incendiar os principais gráficos das lojas de aplicativos. Aplicativos móveis também podem ser usados como ferramentas poderosas por uma empresa. Os aplicativos de funcionários são um bom exemplo disso. Aplicativos de funcionários são aplicativos feitos para comunicação interna dentro de uma organização.

    Um aplicativo de funcionários pode fazer muitas coisas. Desde tarefas simples relacionadas ao RH, agendamento de trabalho até operações de negócios completas, o potencial para aplicativos móveis de funcionários é infinito. No blog a seguir, você aprenderá mais sobre aplicativos de funcionários e como você pode usar a ferramenta de criação de aplicativos appMakr do Appy Pie para criar um aplicativo de funcionários para sua organização.

    Os aplicativos móveis para funcionários vêm ganhando popularidade entre as organizações há alguns anos. Quase 50% das organizações de TI em todo o mundo já começaram a integrar aplicativos em seus fluxos de trabalho de funcionários.

    O que um aplicativo de funcionários pode fazer?

    Existem quatro tipos de tarefas que um aplicativo interno de funcionários pode realizar para uma organização:

  • Comunicação Empresarial
  • Funções de RH
  • Gestão
  • Autoatendimento para funcionários
  • Comunicação empresarial: Um aplicativo de funcionários pode ser usado pelos funcionários para agendar tarefas, comunicar, realizar reuniões, ter conversas, etc. Os aplicativos móveis tornam conveniente que os funcionários e a gerência se comuniquem entre si.

    Funções de RH: HR apps são um aplicativo popular de aplicativos móveis para funcionários. Esses aplicativos ajudam as equipes de RH a se envolverem com funcionários dentro de sua organização. Do suporte ao RH ao recrutamento, muita coisa pode ser alcançada com a ajuda de um bom aplicativo de RH. A plataforma AppMakr do Appy Pie pode ser usada para criar esses aplicativos de RH com facilidade.

    Gestão: Os gestores têm mais tarefas quando comparados com um funcionário médio. Um aplicativo de gerenciamento especializado pode agendar fluxos de trabalho, gerenciar calendários de trabalho e muito mais para ajudar os gestores a trabalhar melhor. Esses aplicativos de gerenciamento também podem ajudar a planejar reuniões de trabalho, verificar os itens essenciais da empresa e muito mais.

    Autoatendimento dos funcionários: Para também conhecidos como aplicativos de engajamento empregados, esses aplicativos são destinados estritamente para os funcionários dentro de uma empresa. Esses aplicativos cuidam de tarefas simples relacionadas aos funcionários e ajudam os funcionários a acompanhar seu atendimento, solicitar licenças, verificar incentivos e muito mais.

    Os benefícios de criar um aplicativo para funcionários

    A popularidade dos aplicativos de funcionários é apoiada pelos benefícios que oferecem a uma empresa. Se bem feito, eles podem se tornar cruciais para o funcionamento da sua organização. Por isso é importante entender os diversos benefícios que um aplicativo online de funcionários traz para um negócio.

    Melhoria na comunicação dos funcionários

    Uma comunicação eficaz é necessária para o sucesso de uma organização. Um aplicativo móvel é garantido para melhorar a comunicação em toda a sua organização de várias maneiras.

    A falta de comunicação ou falta de comunicação pode afetar maciçamente a produtividade dos funcionários. Um bom aplicativo de funcionários pode atuar como um centro de informações para fornecer várias informações para os funcionários.

    Tudo, desde o trabalho até anúncios da empresa, pode ser adicionado em um aplicativo e o aplicativo pode servir como uma ferramenta para compartilhar e aprender informações importantes.

    Aumente a produtividade e o engajamento

    Um aplicativo móvel usado para funções de RH essencialmente atua como um aplicativo de engajamento de funcionários. Um bom aplicativo facilita o contato com o RH e a classificação de seus problemas.

    Como as pessoas passam quase 2 a 3 horas em um smartphone, um bom aplicativo para funcionários ajudará a aumentar o engajamento dos funcionários.

    Uma vez que um aplicativo móvel facilita muitas tarefas, também aumentará a produtividade dos funcionários, dando-lhes mais tempo para se concentrar em seu trabalho. Um aplicativo móvel também pode ser usado para levar o feedback dos funcionários instantaneamente, aumentando ainda mais o engajamento.

    Reduz o erro humano

    Erros internos podem custar muito tempo e recursos para um negócio. Esses erros podem ocorrer com mais frequência se seus processos de negócios forem tratados manualmente. Um aplicativo móvel automatiza muitas tarefas reduzindo caminhos para erros humanos.

    Por exemplo, se suas reuniões na sala de conferência forem agendadas por um funcionário, eles podem não marcar uma reunião. No entanto, um aplicativo para funcionários pode agendar salas de reunião sem cometer erros.

    Coisas a considerar antes de criar um aplicativo para funcionários

    Você pode ir até Appy Pie AppMakr e crie um aplicativo de engajamento de funcionários em poucos minutos. Você pode até criar uma infraestrutura de agente virtual inteligente com o Appy Pie.

    No entanto, simplesmente ter as ferramentas para criar um aplicativo não é suficiente. Você deve levar algumas coisas em consideração antes de construir um aplicativo móvel. Aqui estão algumas coisas para lembrar antes de começar a criar seu aplicativo móvel.

    Seu aplicativo deve resolver um problema

    Ferramentas sem código oferecidas pelo Appy Pie tornam o app construindo uma experiência muito simples. Não crie um aplicativo móvel só porque você pode fazer um facilmente. Seu aplicativo deve ser construído com um propósito em mente. Planeje seu aplicativo para fora. Pesquise seus próprios funcionários e pesquise sua própria organização.

    Descubra pontos de dor e descubra quais problemas você pode resolver com um aplicativo. Descubra as ineficiências dentro de seus processos de negócios e descubra o que pode ser resolvido com a ajuda de um aplicativo móvel.

    Seu aplicativo mudará a cultura da empresa

    Um aplicativo de funcionários afetará a comunicação interna da empresa em grande parte. Antes de criar um aplicativo, você deve garantir que tal esforço impacte positivamente a cultura da sua empresa.

    A cultura da empresa é um fator importante que os funcionários consideram antes de ingressar em uma organização. Um bom aplicativo para funcionários se baseará na cultura da empresa existente e criará uma experiência positiva para seus funcionários.

    Engajamento por meio de um aplicativo

    Seu aplicativo móvel deve aumentar o engajamento dos funcionários. Quanto mais puder atrair seus funcionários, mais bem sucedido será para o seu negócio. Para garantir que seu aplicativo obtenha a tração que merece, ele deve envolver os funcionários com recursos e uma boa interface de usuário.

    Você pode aumentar o engajamento dos funcionários com recursos como mensagens instantâneas, notificações push, etc. Uma boa interface de usuário manterá os funcionários voltando ao seu aplicativo para mais.

    Se o seu aplicativo demorar para carregar, trava com frequência, os funcionários terão menos chances de usá-lo mesmo que ele tenha excelentes recursos.

    Antes de prosseguirmos com o processo de criação de um aplicativo móvel de funcionários, aqui está um rápido resumo gráfico de tudo o que cobrimos até agora.

    Os benefícios de criar um aplicativo para funcionários

    Como construir um aplicativo móvel de funcionários de sucesso

    Criar um aplicativo móvel de funcionários online é muito simples. Você pode usar Appy Pie AppMakr, uma solução de desenvolvimento sem código que ajuda você a criar aplicativos móveis do zero sem qualquer codificação. Você pode começar a construir seu aplicativo clicando no link abaixo.

    Você pode aprender a usar a plataforma Appy Pie AppMakr com nosso guia de 10 passos sobre como criar um aplicativo.

    Por que Appy Pie AppMakr?

    Codificar um aplicativo do zero e lançá-lo para o público-alvo é um caso demorado e caro. No entanto, construir um aplicativo com uma plataforma sem código é uma excelente alternativa à construção de aplicativos tradicionais.

    Nem todas as empresas podem se dar ao luxo de construir um aplicativo móvel através da codificação. Appy Pie AppMakr, por outro lado, simplifica a construção de aplicativos e o torna acessível. A plataforma é adequada para iniciantes e profissionais.

    Ele permite que você construa aplicativos móveis gratuitamente. O Appy Pie oferece mais de 200 recursos que podem ser adicionados ao seu aplicativo com uma interface simples de arrastar e soltar. Cada recurso pode ser mais personalizado para suas necessidades.

    Appy Pie simplifica o design da interface do usuário também. Para projetar sua interface de usuário, você pode usar o design baseado em modelo de assinatura do Appy Pie, onde você pode selecionar um modelo e personalizá-lo para sua marca de negócios. Então, o que você está esperando? Comece a construir seu aplicativo de funcionários hoje!

    Conclusão

    Quase todas as empresas podem se beneficiar de um aplicativo de funcionários. No entanto, certifique-se de que você tem um objetivo em mente antes de começar a construir seu aplicativo. Seu aplicativo deve ter um propósito definido. Cada negócio é diferente e cada aplicativo interno de engajamento dos funcionários será diferente. Encontre um propósito para o seu aplicativo e construa-o hoje!

    Como aplicativos móveis ajudam você a simplificar processos de negócios

    Como aplicativos móveis ajudam você a simplificar processos de negócios

    Nenhum empresário tem tempo para conciliar manualmente suas contas e atualizar os estoques de estoque em locais quando se trata de executar um negócio. Eles precisam de software para gerenciar facilmente vários fluxos de trabalho críticos relacionados à produtividade, vendas, gerenciamento de contas, etc.

    Estamos aqui com a lista de aplicativos móveis que você pode criar para agilizar seus fluxos de trabalho de negócios. Desde aplicativos de gerenciamento de estoque até soluções de comércio eletrônico, esses aplicativos ajudam você a economizar seu tempo e tomar melhores decisões de negócios.

    Tipos de aplicativos móveis para negócios

    Aqui estão alguns tipos diferentes de aplicativos para celulares.

    1. Aplicativos de comunicação

    Os aplicativos de comunicação ajudam as empresas a interagir com suas equipes internamente. Eles não só ajudam suas equipes a se manterem atualizadas com informações em tempo real, mas também, ajudá-los a gerenciar suas tarefas de forma eficiente.

    Aqui estão alguns dos principais benefícios que os aplicativos de mensagens vêm com.

  • Comunicação perfeita em tempo real
  • Melhor gerenciamento de tarefas
  • Aumentar a produtividade
  • Recursos de relatórios automáticos
  • Gerenciamento de projeto mais fácil
  • Acompanhe o desempenho da sua equipe
  • Colaborar melhor dentro das equipes
  • Melhor envolvimento do cliente
  • As empresas podem agilizar vários processos apenas fornecendo às suas equipes uma plataforma para se comunicarem entre si. Esses aplicativos também ajudam suas equipes a acompanhar o desempenho um do outro.

    2. Aplicativos Produtivos

    Os aplicativos de produtividade desempenham um papel fundamental para tornar os processos de negócios mais produtivos. Eles ajudam as empresas a habilitar suas equipes a acompanhar seu próprio desempenho e verificar onde precisam de melhorias na tela do celular.

    Aqui estão alguns benefícios de usar um aplicativo de produtividade para o seu negócio.

  • Anote as tarefas de negócios e priorize-as
  • Acompanhe o tempo investido na conclusão de suas tarefas alocadas
  • Acompanhe seu progresso regular
  • Ganhe mais eficiência e precisão
  • Defina lembretes para as tarefas alocadas de acordo com a data e hora de entrega
  • Aplicativos de produtividade do escritório ajudam você a criar informações como planilhas, documentos, vídeos digitais, música eletrônica e muito mais. Eles ajudam seu negócio a aumentar o desempenho e a produtividade de seus funcionários.

    Um dos melhores aplicativos de produtividade que você pode criar é um aplicativo de lista de tarefas. Esses aplicativos ajudam você a fazer uma lista de tarefas que você precisa concluir em um momento específico. Com esses aplicativos, você pode coordenar melhor com sua equipe e torná-lo mais produtivo analisando seu desempenho.

    Você pode integrar esses aplicativos com seus aplicativos de negócios internos para simplificar o gerenciamento de tarefas. Por exemplo, você está usando Todoist para gerenciar suas tarefas diárias. Para implementar a automação aqui, você pode integrar o Todoist com o seu Gmail.

    Essa integração ajuda você a obter todas as reuniões que você recebeu os e-mails agendados automaticamente. Não é só isso. O aplicativo Todoist criará automaticamente uma tarefa com base nos requisitos das reuniões e atualizará sua lista de tarefas de acordo.

    Você pode usar uma das plataformas de automação de software mais populares para essa integração – Appy Pie Connect.

    Antes de irmos em frente e aprender sobre mais tipos de aplicativos, vamos primeiro dar uma olhada em algumas estatísticas dos principais tipos de aplicativos.

    tipos-de-aplicativos-para-negócios

    3. Aplicativos de pagamento móvel

    Os melhores aplicativos de pagamento móvel ajudam as empresas a melhorar o fluxo de caixa aceitando pagamentos digitais em tempo real. Com esses aplicativos, você pode permitir que sua empresa acompanhe tendências mais avançadas e em constante mudança.

    Google Wallet, PayPal, a Caderneta da Apple são alguns exemplos populares de aplicativos de pagamento móvel. Aqui estão os principais benefícios do uso de aplicativos de pagamento móvel.

  • Pagamentos em tempo real e seguros
  • Transações digitais fáceis
  • Excelente fonte de receita
  • Maior reconhecimento
  • Aumenta a fidelidade do cliente
  • Melhor envolvimento do cliente
  • Aumenta o reconhecimento da marca
  • Ajuda você a se destacar da multidão
  • Vários bancos, supermercados, plataformas de comércio eletrônico, etc. estão usando aplicativos de pagamento para ajudar seus usuários a fazer pagamentos fáceis. A melhor parte desses aplicativos é que um único aplicativo pode ser usado para pagar em vários pontos de venda.

    Seus usuários podem facilmente vincular suas contas bancárias e cartões de crédito ao aplicativo e fazer pagamentos instantâneos em segundos. Aplicativos de pagamento móvel com recursos de segurança mais avançados estão sendo adotados globalmente. Você também deve criar um para a sua empresa para salvar seus usuários do incômodo de fazer pagamentos em dinheiro.

    4. Aplicativos de comércio eletrônico

    Você pode ter uma loja online ou talvez você esteja planejando lançar uma. Seja qual for o caso, os aplicativos facilitam a venda se você fornecer uma variedade de produtos on-line e off-line. Isso também ajuda seus usuários a se manterem engajados com sua marca.

    As empresas criam aplicativos de comércio eletrônico para os usuários ajudá-los a interagir com a marca online. Com um excelente aplicativo de comércio eletrônico, você pode fornecer aos seus usuários uma ampla gama de produtos, várias opções de cumprimento de pedidos e as mesmas opções de pagamento que você faz pessoalmente.

    Aqui estão alguns dos principais benefícios do uso de um aplicativo de comércio eletrônico para o seu negócio.

  • Aumente a retenção de clientes
  • Aumente a fidelidade do cliente
  • Oferece suporte avançado
  • Maior valor médio do pedido
  • Reduza o tempo de resposta
  • Melhore a experiência do usuário
  • Aumente as taxas de conversão
  • Atraia compradores online
  • Taxas de abandono do carrinho mais baixas

  • 5. Aplicativos de inventário

    Criar um aplicativo para gerenciar suas ações pode ajudá-lo a decidir o que você precisa comprar e quando. Um aplicativo de inventário pode ajudá-lo a gerenciar seu inventário em vários canais de vendas, incluindo todas as suas lojas on-line e off-line.

    Aqui estão alguns benefícios de usar um aplicativo de inventário para o seu negócio.

  • Melhor visibilidade do produto
  • Gerenciamento de estoque simplificado
  • Maior economia de custos
  • Negociações de negócios aprimoradas
  • Risco reduzido de vendas excessivas
  • Integrar seu aplicativo de inventário com seu aplicativo eCommerce pode ajudá-lo a gerenciar seu rastreamento de rentabilidade, gerenciamento de fluxo de caixa e outros relatórios que mostram uma imagem clara de suas ações.

    Com o Appy Pie Connect, você pode integrar o ZoHO Inventory com vários fluxos de trabalho e agilizar seus processos em apenas alguns cliques.

    O software vem com duas grandes integrações de inventário…

  • Integrações de estoque ZOHO
  • DEAR integrações de inventário
  • Você deve criar seu próprio aplicativo de inventário e integrá-lo com vários aplicativos de negócios para melhores resultados.

    6. Apps de análise

    Os aplicativos de análise de negócios permitem automatizar facilmente suas operações de negócios, combinar suas fontes de dados e otimizar o desempenho da sua equipe.

    Aqui estão alguns dos principais benefícios de usar um aplicativo de análise para o seu negócio.

  • Ajudam você a impulsionar o ROI em todos os aspectos do desempenho
  • Permitem que você mantenha um registro de realizações individuais e de grupo de metas de marketing de campanhas
  • Permitem que você conduza o marketing com foco no cliente
  • Deixe você coletar dados precisos e ajudá-lo a atender melhor seus clientes
  • Fornece insights baseados em dados sobre questões relacionadas à retenção
  • Certifique-se de criar um aplicativo de análise para o seu negócio e integrar análises de aplicativos em seu plano de negócios de marketing. Isso ajuda você a criar uma excelente estratégia de aquisição e oferece mais retorno sobre o seu investimento.

    Principais razões pelas quais você precisa de um aplicativo móvel

    Não importa qual negócio você possui ou para qual indústria você trabalha, você precisa de um aplicativo para crescer o seu negócio. Existem várias razões pelas quais você deve criar um aplicativo para o seu negócio. Aqui estão alguns.

    1. Um aplicativo ajuda você a manter seus clientes engajados
    2. Um aplicativo permite que você peça feedback instantâneo a seus usuários
    3. Um aplicativo permite que sua empresa fortaleça sua marca
    4. Um aplicativo ajuda sua marca a desenvolver a fidelidade do cliente
    5. Um aplicativo facilita a promoção de seu produto

    Se você não tem um aplicativo para o seu negócio, você deve criar um hoje. Criar um aplicativo pode ser complexo e desafiador. No entanto, existem várias plataformas de desenvolvimento de aplicativos sem código disponíveis online que ajudam você a criar seu próprio aplicativo móvel de negócios em apenas alguns cliques. Você deve encontrar o que melhor se encaixa nas necessidades do seu negócio e criar um aplicativo exclusivo para o seu negócio hoje em dia!

    Appy Pie AppMakr é a plataforma de construção de aplicativos mais recomendada disponível online. O software vem com vários recursos eficazes que você pode usar para fazer um aplicativo que faz a diferença. A melhor parte deste software de criação de aplicativos é que ele permite que você crie seu próprio aplicativo móvel sem sequer usar uma única linha de código.

    Use este excelente software e crie um aplicativo agora!

    Quanto tempo leva para publicar seu aplicativo

    Quanto tempo leva para publicar seu aplicativo?

    Depois criar um aplicativo, você precisa publicá-lo em sua loja de aplicativos preferida. Google Play Store e Apple App Store são as duas principais lojas de aplicativos onde desenvolvedores de aplicativos lançam seus aplicativos. Há uma certa duração para ambas as lojas de aplicativos revisarem e aprovarem seu aplicativo.

    Sabe quanto tempo leva para uma loja de aplicativos aceitar seu aplicativo?

    Ou, quanto buffer você precisa entre enviar seu aplicativo e entrar ao vivo?

    Se não, você está no lugar certo!

    Neste post, reunimos todas as informações que você precisaria para obter o seu aplicativo aprovado pela loja de aplicativos. Além disso, listamos coisas que você pode fazer para re-enviar seu aplicativo, caso ele seja rejeitado.

    Razões comuns pelas quais seu aplicativo pode ser rejeitado pelas lojas de aplicativos

    Mesmo que você saiba como enviar um aplicativo para a loja de aplicativos, você ainda perde algumas coisas. Aqui estão algumas das principais razões pelas quais seu aplicativo pode ser rejeitado em qualquer uma das lojas de aplicativos.

    1. Informação incompleta

    Certifique-se de que seu aplicativo tenha atualizado as informações de contato e todos os detalhes. Se o seu aplicativo tiver um portal de login, você deve adicionar uma conta de demonstração para a equipe de revisão olhar para o desempenho do aplicativo.

    2. Bugs e erros

    As lojas de aplicativos são um pouco tensas quando se trata de qualidade de aplicativos. Se o seu aplicativo tiver bugs e falhar, eles não o aprovam. Certifique-se de que seu aplicativo está livre de erros e bugs.

    3. Links quebrados

    As App Stores não aceitam os aplicativos com links não funcionais e quebrados. Todos os aplicativos devem ter suporte ao usuário e link de informações de contato. Um aplicativo Kids deve incluir um link para a política de privacidade.

    4. Descrições imprecisas

    Sua descrição do aplicativo deve ter informações detalhadas sobre seu aplicativo. E, as capturas de tela no aplicativo devem transmitir a funcionalidade do seu aplicativo. Mencione as palavras-chave relevantes na descrição e evite o recheio desnecessário de palavras-chave.

    5. Problemas de desempenho

    Não importa o quão grande seu aplicativo pareça e quão divertido ele afirma ser, se há problemas com seu desempenho há um problema. Se a tela de boas-vindas em seu aplicativo for confusa, ou a navegação for agitada, ou as páginas dentro do aplicativo demorarem muito tempo para carregar – os usuários não vão gostar. Assim, as lojas de aplicativos gostariam de evitar que isso acontecesse rejeitando seu aplicativo.

    Principais razões pelas quais seu aplicativo pode ser rejeitado pela Apple App Store

    Além das razões comuns para a rejeição do aplicativo, existem algumas razões específicas pelas quais seu aplicativo para iOS pode ser rejeitado pela Apple App Store.

    1. Problemas de privacidade

    A Apple tem uma rigorosa exigência de política de privacidade de aplicativos para iOS. Em particular, isso inclui o seguinte:

  • Declaração de política de privacidade em metadados de aplicativos
  • Explicação das políticas de retenção de dados
  • Permitindo que os usuários retirem seu consentimento para a coleta de dados e muito mais
  • Além disso, todos os aplicativos devem ter um link direto para o Suporte com informações precisas de contato. Outra coisa importante a lembrar é que se você tem um aplicativo para crianças ou se o seu aplicativo oferece um serviço de assinatura, um link para a sua página de Política de Privacidade deve ser incluído nele.

    2. Incompatibilidade com Hardware e/ou Software

    Se o seu aplicativo não funciona bem em nenhum dos dispositivos ou é incompatível com o software, é um terreno sólido para a rejeição pela Apple App Store. Há alguma importância sobre a capacidade do aplicativo de funcionar em iPads, por isso certifique-se de que seu aplicativo é compatível com o dispositivo.

    Além disso, os aplicativos não devem colocar estresse indevido nos recursos do dispositivo, como bateria, e que eles não superaqueçam o dispositivo.

    Se o seu aplicativo não funcionar eficientemente em todos os tipos de dispositivos móveis da Apple, ele será rejeitado.

    3. Sistemas de pagamento no aplicativo

    Caso você esteja planejando aceitar pagamentos através do seu aplicativo, você precisa ter certeza de que todas as transações são feitas através do sistema oficial de compras do aplicativo da Apple. Este é um requisito para garantir que todas as transações sejam feitas com segurança através do mercado da Apple.

    Essa questão muitas vezes se torna preocupante quando você conver um site em um de aplicativo.

    4. Duplicação de Conteúdo

    Embora possa parecer fácil, mas é fácil ser tentado a remodelar um dos aplicativos mais bem sucedidos. Plágio nunca é uma boa ideia e a Apple definitivamente não se importa com imitadores. Somente quando você criar um aplicativo exclusivo com conteúdo original e envolvente, você terá a chance de fazer através do escrutínio.

    5. Interface de usuário ruim

    A Apple fornece alguns básicos Diretrizes de Interface Humana para ajudá-lo a projetar seu aplicativo da melhor maneira. Essas diretrizes lhe dão um ótimo lugar para começar quando você está começando a trabalhar no projeto da interface de usuário do seu aplicativo móvel.

    6. Mencionando outras lojas

    Se você ceder de alguma forma que seu aplicativo não foi construído exclusivamente para a plataforma iOS, seu aplicativo está em apuros. É sábio, portanto, ter certeza de que você não menciona Android ou qualquer outra loja de aplicativos para a qual você possa estar construindo. Além disso, certifique-se de que as capturas de tela que você adiciona são tiradas em um dispositivo iOS.

    7. Conteúdo de espaço reservado

    É uma prática comum colocar conteúdo reservado durante a fase de desenvolvimento do aplicativo. No entanto, quando você estiver enviando seu aplicativo para iOS para revisão pela equipe, certifique-se de que você verifique novamente. Se a equipe encontrar algum conteúdo reservado em seu aplicativo, seu aplicativo será rejeitado com certeza!

    Principais razões pelas quais seu aplicativo pode ser rejeitado pela Google Play Store

    Assim como a Apple App Store, a Google Play Store tem uma série de razões pelas quais o seu aplicativo para Android pode ser rejeitada.

    1. Violação dos Direitos de Propriedade Intelectual

    É uma ofensa grave violar ou infringir os direitos de propriedade intelectual de qualquer outro aplicativo móvel, particularmente sob a forma de patente ou marca registrada. Caso você esteja fazendo parceria com uma entidade diferente e usando sua marca com seu consentimento expresso, certifique-se de que você produza a documentação apropriada caso contrário, seu aplicativo será rejeitado.

    2. Problemas com a qualidade do design

    O Google oferece diretrizes |design|para ajudar os editores de aplicativos com todos os princípios básicos do bom design de interface do usuário de aplicativos. Se você se certificar de que seu aplicativo adere a essas diretrizes, você não precisa se preocupar com o aplicativo sendo rejeitado pela Play Store.

    3. Conteúdo de aplicativo inadequado

    Se o aplicativo que você enviou contiver violência gráfica, comentários e conteúdo racista ou sexual ou qualquer outro conteúdo inflamatório, é um terreno sólido para a rejeição.

    Caso haja algum conteúdo maduro no aplicativo, ele deve ser mencionado ao definir a classificação do aplicativo. Não fazer isso definitivamente terá seu aplicativo rejeitado rapidamente.

    4. Questionable products

    Se, em qualquer circunstância, seu aplicativo móvel representar qualquer tipo de perigo para a segurança ou privacidade de dados do usuário, a Play Store vai rejeitá-lo completamente. Se houver algum tipo de malware, um cavalo de Tróia ou qualquer outro bug ou vírus ligado na descrição ou dentro do aplicativo, o Google irá encontrá-lo e rejeitar seu aplicativo por ele.

    5. Metadados errados

    No processo de|subscrever um aplicativo para Android na Play Store|, é preciso escrever os metadados do aplicativo. Este metadados é de especial importância quando se trata de publicar um aplicativo. As informações que você está fornecendo nos metadados devem estar alinhados com todas as informações fornecidas no aplicativo. Qualquer imprecisão nos metadados é um terreno forte para que seu aplicativo seja rejeitado.

    6. Classificação incorreta para o aplicativo

    Ao enviar seu aplicativo na Google Play Store, você precisaria mencionar a classificação para o aplicativo. Esta classificação define qual a faixa etária adequada para o seu aplicativo.

    Você não pode simplesmente escolher uma classificação você mesmo. Você precisa preencher um questionário, e o aplicativo será avaliado em conformidade.

    Se, no entanto, você tentar enganar dando os detalhes errados que seu aplicativo será subestimado e pode ser rejeitado mais tarde devido à classificação incorreta do aplicativo.

    7. Diretrizes para o conteúdo gerado pelo usuário

    Se o seu aplicativo permitir que os usuários do aplicativo criem conteúdo e, em seguida, compartilhe-os ainda mais. Se esse conteúdo, de alguma forma, for usado para assediar ou ameaçar pessoas, o aplicativo será rejeitado. Uma maneira de garantir que isso não aconteça é integrando um sistema moderador que eliminaria qualquer tipo de conteúdo ameaçador.

    Como evitar a rejeição de aplicativos em lojas de aplicativos

    Antes de enviar seu aplicativo para aprovação, certifique-se de verificar as coisas listadas abaixo para fixar o processo de aprovação do seu aplicativo móvel.

    1. Teste seu aplicativo várias vezes antes de enviá-lo
    2. Certifique-se de que seu aplicativo tenha informações claras e precisas sobre o aplicativo
    3. Mencione as informações de contato precisas
    4. Crie um login ativo para a equipe de revisão para ajudá-los com a demonstração
    5. Adicione explicações detalhadas para os recursos para ajudar a equipe de revisão a entender melhor seu aplicativo

    Coisas que você deve fazer se o seu aplicativo for rejeitado

    Se o seu aplicativo enfrenta rejeição, aqui estão algumas coisas que você pode fazer para torná-lo melhor e ser aprovado da próxima vez.

    1. Avalie a rejeição

    Se o seu aplicativo foi rejeitado, precisa haver uma razão válida para isso. Descubra o motivo e corrija-o antes de re-enviar seu aplicativo.

    2. Validação de Recursos

    Às vezes, mesmo quando o aplicativo começa com uma abordagem honesta, os usuários usam seus recursos para diferentes atividades rancorosas. As lojas de aplicativos garantem que você pode tomar medidas contra eles. Para ajudá-los a garantir isso, você pode enviar-lhes seus detalhes de funcionalidade e credenciais de backend.

    3. Peça uma reavaliação

    Se você checou tudo e não encontrar nenhum erro em seu aplicativo, entre em contato com a loja de aplicativos e faça a reavaliação do aplicativo. Às vezes, os aplicativos são aprovados na segunda vez sem fazer nenhuma alteração.

    4. Procure por experiências

    Se você não consegue encontrar a razão por trás da rejeição do aplicativo, vá online e encontre outras pessoas que enfrentaram o mesmo problema e confira as possíveis razões.

    5. Compras dentro do aplicativo

    Se o seu aplicativo tiver compras no aplicativo, certifique-se de que seu aplicativo tenha seu próprio gateway de pagamento. Ou, esta pode ser uma das razões para ter seu aplicativo rejeitado.

    Agora que você sabe como obter o seu aplicativo aprovado, vamos verificar a hora que as lojas de aplicativos levam para aceitar seu aplicativo depois que você carrega aplicativo na loja de aplicativos.

    Quanto tempo leva para um aplicativo ser aprovado na Apple App Store?

    Certifique-se de passar pela App Store| Diretrizes de revisão da App Store|para evitar que seu aplicativo seja rejeitado.| Para obter o seu aplicativo aprovado, você precisa se concentrar principalmente no seguinte:

  • Conteúdo do aplicativo,
  • Design de aplicativo e
  • Funcionalidade do aplicativo.
  • Normalmente, 50% dos aplicativos na loja de aplicativos são revisados em 24 horas e 90% em 48 horas. Depois de enviar seu aplicativo para revisão, você pode verificar o status na guia Meu Aplicativo no iTunes.

    Em alguns casos excepcionais, a loja de aplicativos pode levar de 4 a 5 dias na aprovação de um aplicativo.

    Se você precisar de uma aprovação urgente ou tiver algum problema de tempo crítico, você pode solicitar uma revisão acelerada.

    Se o seu aplicativo for rejeitado, a Apple informará a razão específica por trás dele. No entanto, se eles não fizerem isso, você precisa perguntar-lhes humildemente e obter o problema fixo para re-enviar o aplicativo.

    O melhor que você pode fazer para evitar a rejeição do aplicativo é seguir todas as diretrizes e revisar seu aplicativo você mesmo.

    Quanto tempo leva para um aplicativo ser aprovado na Google Play Store?

    O Google Play Store leva muito tempo para revisar os aplicativos minuciosamente.

    Normalmente, três dias é o tempo padrão para um aplicativo móvel ser revisado e aprovado na Google Play Store. No entanto, eles levam mais tempo para certas contas de desenvolvedores.

    Como per As Diretrizes de Revisão de Aplicativos do Google, alguns aplicativos podem estar sujeitos a revisões estendidas e resultar em tempos de aprovação de até 7 dias ou até mais em certos casos.

    O Google sugere que você pegue um tempo tampão de 7 dias entre enviar seu aplicativo e lançá-lo.

    Pensamentos Finais

    Você deve seguir as dicas mencionadas neste artigo para evitar que seu aplicativo seja rejeitado. Se você ainda precisar de ajuda com o envio do aplicativo, você pode criar seu aplicativo com o Appy Pie. A equipe appmakr do Appy Pie ajuda você não apenas com a criação do aplicativo, mas também com todo o processo de envio e revisão.

    Para facilitar o processo de criação do aplicativo e ajudá-lo a entender melhor o software, o Appy Pie oferece uma excelente| Curso de Certificação de Desenvolvedores de Aplicativos|de onde você pode aprender a criar, testar e publicar um aplicativo com o Appy Pie’s No-code AppMakr.

    Appy Pie’s AppMakr oferece uma interface fácil de usar que torna todo o processo de criação do aplicativo um pedaço da torta que não há espaço para erros. Ainda assim, se você fizer algum, temos uma equipe de suporte que ajuda você a fazer alterações no seu aplicativo mesmo depois de testá-lo e submetê-lo.

    Na verdade, com o Appy Pie, você também pode aprender a comercializar seu aplicativo|. Appy Pie Academy|e passe pelo nosso curso de formação –| Estratégia de Marketing de Aplicativos Móveis & Monetização de Aplicativos gratuitamente|.

    Parece que você tem o pacote todo. Não é ótimo? Por que não tenta criar um aplicativo hoje?

    Vá em vão Appy Pie AppMakr, crie um aplicativo, obtenha-o aprovado, e você deve estar pronto para ir!

    Como Aplicativos Gratuitos Ganham Dinheiro - Appy Pie

    Como Aplicativos Gratuitos Ganham Dinheiro?[8 Técnicas e um vídeo BONUS]

    As empresas precisam estar atualizadas com as ferramentas e tecnologias mais recentes. É verdade que nem tudo é acessível, mas é de inegável importância saber o que vale a pena a atenção, tempo e dinheiro e o que pode ser deixado de lado. A importância dos aplicativos móveis foi bem estabelecida para empresas de todos os tamanhos, orçamentos e nichos.

    Os aplicativos móveis são essenciais para qualquer negócio, não apenas para operações e funcionamento de negócios, mas também como um canal separado para geração de receita. Como uma empresa de desenvolvimento de aplicativos móveis, uma das perguntas mais comuns que ouvimos é – como os ganhar dinheiro com aplicativos.

    Esta questão não surgiu do nada e definitivamente tem muito mérito. Há muito investimento envolvido na criação de um aplicativo em termos de dinheiro e tempo. É natural que o proprietário de um aplicativo queira ganhar dinheiro com aplicativos que exigem tanto esforço para serem construídos.

    Existem várias maneiras de ganhar dinheiro com seu telefone e entraremos nos detalhes de cada uma delas. Falamos longamente sobre como criar um aplicativo gratuito e ganhar dinheiro e agora é hora de nos concentrarmos apenas na questão de como ganhar dinheiro com aplicativos.

    Quanto você pode ganhar com um aplicativo?

    Um aplicativo móvel tem o potencial de gerar bilhões de dólares em um ano, no entanto, existem muito poucos aplicativos que finalmente alcançam esse número. Um número surpreendente de aplicativos móveis acaba ganhando absolutamente nenhum dinheiro. Portanto, chegar a um número genérico não é realmente possível.

    Para ter uma ideia mais clara do que quero dizer com isso, deixe-me dizer uma coisa – os 200 melhores aplicativos na app store ganham cerca de US$ 82.500 por dia. Agora, depois de ampliarmos esses critérios e darmos uma olhada nos 800 principais aplicativos da Play Store, esse número cai para US$ 3.500 por dia!

    Este número também varia com as categorias. Enquanto os principais aplicativos de jogos ganham cerca de US $ 22.000 por dia, enquanto os principais aplicativos de entretenimento ganham cerca de US $ 3.090 por dia.

    Maneira de ganhar dinheiro com seu aplicativo móvel

    Existem várias maneiras diferentes de ganhar dinheiro com seu aplicativo que você deve explorar e pesquisar. Algumas dessas formas podem exigir que você cobre de seus clientes, enquanto outras talvez não.

    Não existe um método ou maneira ideal de ganhar dinheiro com seu aplicativo, e o que funcionaria melhor para você depende totalmente dos serviços que você está oferecendo ou do seu modelo de negócios.

    Quando você está construindo um aplicativo sozinho, é importante que você entenda qual seria a maneira mais adequada de monetizar seu aplicativo gratuito e gerar uma receita invejável. Então vamos começar!

    1. Anúncios no App
    2. Esta é provavelmente a maneira mais fácil e popular de ganhar dinheiro com seu aplicativo.

      A maneira como isso funciona é permitindo que os anúncios sejam exibidos em seu aplicativo.

      Como proprietário do aplicativo, você é pago de acordo com o número de impressões que seus anúncios fazem ou os cliques que recebem e o tipo de anúncio que você oferece.

      Quando você permite que as pessoas coloquem um anúncio em vídeo, você receberá consideravelmente mais do que um anúncio em banner.

      No entanto, você teria que avaliar se seus clientes teriam paciência para assistir ao anúncio em vídeo sempre que usarem seu aplicativo.

      Não apenas o tipo de anúncio é importante, mas também a duração de execução do anúncio em vídeo tem um significado especial, assim como a frequência com que você o mostrará.

      Esses fatores o ajudariam a aprimorar seu modelo de negócios, baseado na publicidade.

      BÔNUS: uma maneira interessante de ganhar dinheiro com seu aplicativo é não exibir anúncios.

      Estou falando sério! Você pode ganhar dinheiro com seus usuários, oferecendo a eles uma versão sem anúncios do aplicativo, comprando um upgrade.

      Existem várias plataformas para fazer isso. O mais popular é o Admob do Google.

      No Appy Pie, oferecemos o Appy Jump, uma ótima maneira de monetizar seu aplicativo e ganhar de volta todo o investimento que você fez.

    3. Compras no Aplicativo
    4. Este recurso é mais relevante do ponto de vista dos usuários. Nesse modelo de receita, os usuários podem desbloquear alguns recursos ou níveis adicionais após comprar um upgrade.

      Nesse modelo, um aplicativo pode oferecer qualquer bônus extra, qualquer tipo de conteúdo premium, moeda virtual para o jogo ou desbloquear qualquer nível extra.
      Compras no Aplicativo - Appy Pie
      As compras no aplicativo que o proprietário do aplicativo pode oferecer podem ser consumíveis, como moeda virtual, ou não consumíveis, como níveis avançados, mapas ou outro tipo de mercadoria virtual.

      Entre os aplicativos móveis mais populares, mais de 50% usam compras no aplicativo para obter receita. No futuro, o número desses aplicativos só vai aumentar.

      Esta estratégia é baseada no modelo freemium, onde você estaria oferecendo seu aplicativo gratuitamente, mas oferecendo os recursos premium, níveis avançados ou acesso a conteúdo premium para uma atualização. Um modelo bastante popular, na verdade!

    5. Assinatura
    6. O modelo de assinatura é altamente eficaz e apresenta um acordo bastante justo para ambas as partes envolvidas, o desenvolvedor e o usuário do aplicativo.
      Aqui, seu aplicativo seria oferecido aos usuários gratuitamente e poderia acessar parte do conteúdo sem quaisquer custos.

      Assim que os usuários começarem a desfrutar do aplicativo e encontrar algum valor em suas ofertas, eles podem fazer o upgrade para uma assinatura paga que lhes ofereceria acesso ilimitado ou escalonado ao conteúdo do aplicativo.

      Outro modelo semelhante é onde os usuários obtêm um período de teste gratuito e têm acesso ilimitado ao aplicativo por um período de tempo limitado. Depois que esse período de tempo expirar, os usuários serão bloqueados e terão que comprar a assinatura para usar o aplicativo além do período de teste.

    7. Aplicativos Pagos
    8. Você gastou muito tempo, dinheiro e outros recursos na construção de seu aplicativo. É justo que você queira colocar uma etiqueta neste produto final.

      Isso significa que se você oferecesse seu aplicativo por US $ 0,99 e obtivesse um milhão de downloads, sua receita com aplicativos alcançaria quase um milhão de dólares.

      Mas existem opiniões contraditórias sobre sua eficácia.
      As estatísticas globais indicam que os usuários de celulares não têm o hábito de gastar dinheiro com seus aplicativos. Os números também dizem que não há muito dinheiro a ser feito colocando uma etiqueta de preço em seu aplicativo móvel.

    9. Patrocínio
    10. Outra estratégia eficaz, mas só funciona bem se você, como proprietário de um aplicativo, puder encontrar um patrocinador com mercado-alvo semelhante ou igual.

      Depois de conseguir o patrocinador certo, você pode retirar marcas de distribuição ou marcas d´água do aplicativo e adaptar o design do aplicativo para corresponder à marca do patrocinador.

      O desenvolvedor poderia construir um aplicativo de nicho mais personalizado para usuários específicos antes de lançar o aplicativo em nome da Empresa ou Marca Patrocinadora.

      Agora, isso pode ser até mesmo a sua barbearia local ou um restaurante popular.

      Existem duas maneiras diferentes de fazer um acordo.

      • Uma divisão de receita
      • Taxa mensal de patrocínio

      Esta estratégia pode ser uma proposta bastante lucrativa. O desenvolvedor do aplicativo, neste caso, obteria o benefício do tráfego da web existente e da fidelidade à marca que o patrocinador tem a oferecer. Isso pode realmente ajudá-lo a promover o aplicativo enquanto expande sua base de usuários.

    11. Programa de Afiliados
    12. Uma rede de afiliados móvel é essencialmente uma plataforma para dispositivos móveis que coloca os anunciantes e afiliados em um terreno comum.

      Embora os anunciantes para celular possam ser proprietários de aplicativos para celular ou uma empresa que vende um produto ou serviço por meio da web para celular, as afiliadas aqui realizam publicidade baseada em desempenho para os anunciantes.

      Aqui, ao ingressar em uma rede de afiliados móvel, você anuncia aplicativos, produtos ou serviços relevantes oferecidos por seus afiliados e ganha dinheiro com isso.

      Essa receita pode ser na forma de um custo por ação, em que você pode ganhar dinheiro cada vez que alguém clica em seu anúncio, instala seu aplicativo ou realiza qualquer outra ação (desejada).

      A segunda forma é o modelo de compartilhamento de receita, em que você receberá uma determinada porcentagem da receita que conseguiu gerar para o anunciante.

      Você pode se inscrever em qualquer uma dessas plataformas e a receita do seu aplicativo aumentará exponencialmente!

    13. Venda de Produtos
    14. Outra ótima maneira de ganhar dinheiro com seus aplicativos é vender produtos. Esta é uma solução particularmente excelente para empresas de comércio eletrônico que criam e colocam versões gratuitas de seus aplicativos nas lojas de aplicativos e, em seguida, vendem seus produtos e serviços por meio desses aplicativos. Na verdade, você pode combiná-lo com o marketing por e-mail para divulgar os produtos ao público certo.
      Venda de Produtos - Appy Pie
      Isso é diferente de compras no aplicativo, onde os usuários do aplicativo podem comprar bens virtuais, moeda virtual, bônus ou alguma forma de conteúdo premium. A venda de mercadorias pode até ser de lembranças ou produtos de marca, se o seu negócio não incluir qualquer loja física.

    15. Crowdfunding
    16. Este método de ganhar dinheiro com seu aplicativo é a nova aposta de quem está começando. É mais popular para arrecadar dinheiro para o desenvolvimento de um aplicativo móvel por meio de plataformas de crowdfunding como Kickstarter, Patreon, Chuffed e muito mais. No entanto, nos últimos tempos, o conceito de crowdfunding também tem sido usado para arrecadar dinheiro para causas, organizações de caridade ou uma ideia de negócio exclusiva por meio do próprio aplicativo.

      Isso significa que você pode criar um aplicativo para sua organização sem fins lucrativos ou uma instituição religiosa como uma igreja e organizar arrecadação de fundos ou realizar uma campanha de crowdfunding para as causas pelas quais está trabalhando incansavelmente. Isso dá às pessoas de todo o mundo a oportunidade de estender a mão para a causa pela qual você está trabalhando.
      Crowdfunding-Appy Pie
      Aqui está um pouco mais para você! Um vídeo BÔNUS de Abs, nosso fundador e CEO, que fala sobre todas as diferentes maneiras pelas quais você pode ganhar dinheiro com o aplicativo que acabou de construir na Appy Pie! (Ative as legendas para Português)

      Aqui listamos algumas maneiras realmente lucrativas de usar o seu aplicativo e deve ajudá-lo a superar quaisquer dúvidas que possa ter sobre como criar seu próprio aplicativo!

      Agora vem a parte divertida! Você pode construir seu próprio aplicativo sem aprender a programar em 3 etapas simples. Tudo que você precisa para começar é acessar o Criador de Aplicativos da Appy Pie e sua jornada para ganhar dinheiro começa aí!

    Conclusão

    Houve um tempo em que ganhar dinheiro com aplicativos móveis era uma ideia questionável. Os tempos mudaram, assim como a indústria. As pessoas não estão apenas recuperando o custo de construção de um aplicativo, mas também fazendo uma fortuna com ele.

    Existem várias maneiras de ganhar dinheiro sem que os usuários do aplicativo paguem um único centavo, enquanto em outras os usuários do aplicativo geram sua receita.

    Não existe um método “correto” aqui, mas métodos diferentes que podem ser melhores para requisitos diferentes.

    A ideia aqui deve ser pesquisar e explorar todos os métodos possíveis, e talvez até mesmo experimentar alguns deles na prática, antes de finalizar o caminho que você pretende seguir.

    Glossário:

    1. Compras no Aplicativo
    2. A compra no aplicativo é uma técnica de monetização que permite aos usuários do aplicativo comprar bens e serviços de dentro do aplicativo móvel usando seus smartphones.

    3. Anúncios no App
    4. A publicidade no aplicativo é uma das estratégias de monetização mais populares, na qual proprietários de aplicativos são pagos para veicular anúncios em seus aplicativos.

    5. Programa de Afiliados
    6. Uma tática de monetização, o programa de afiliados permite que os proprietários de aplicativos gerem receita, permitindo que outros que têm como alvo o mesmo público – “afiliados” – ganhem uma comissão recomendando o produto a outros.

    7. Patrocínio
    8. Patrocínio é uma ótima maneira de ganhar dinheiro com seu aplicativo, mas certifique-se de encontrar um patrocinador com mercado-alvo semelhante ou igual.

    Top Perguntas Frequentes

    Aqui estão listadas algumas opções para ganhar dinheiro com aplicativos gratuitos:

    • Anúncios
    • Assinaturas
    • Venda de Produtos
    • Compras no App
    • Patrocínio
    • Marketing por Indicação
    • Vendas no Freemium
    • Crowdfunding; e muitas outras.

    É difícil calcular quanto dinheiro você pode ganhar com um aplicativo. Depende totalmente da ideia do aplicativo, de seus recursos e do problema que ele está resolvendo que realmente define a quantidade de dinheiro que você pode ganhar com o aplicativo. Em média, os aplicativos tops de entretenimento ganham cerca de US $ 4.000 por dia, enquanto os aplicativos tops de jogos ganham cerca de US $ 20.000, então você não pode colocar um número exato aqui.

    Veja a lista com os cinco melhores aplicativos para ganhar dinheiro –

    1. Ebates
    2. Shopkick
    3. Google Opinion Rewards
    4. Swagbucks
    5. MyPoints, e outros mais.

    Sim, você pode se tornar um milionário fazendo um aplicativo. Se você tem uma ideia incrível de aplicativo que é útil para milhões de pessoas em todo o mundo, é provável que se torne um milionário de aplicativos em pouco tempo. Você pode ganhar milhões com seu aplicativo em um curto espaço de tempo, desde que ele ganhe popularidade, tenha potencial para se tornar viral e seja usado por milhões de pessoas.

    Você pode criar um aplicativo gratuitamente usando a Appy Pie AppMakr em poucos minutos sem qualquer programação. No entanto, se você deseja publicar seu aplicativo na Google Play Store e na Apple App Store, é necessário atualizar seu aplicativo para um de nossos planos pagos. A partir de apenas R$60 (Brasil) ou €18 (Portugal) por mês, temos planos diferentes, que você pode verificar aqui.

    Veja como você pode ganhar dinheiro usando seu iPhoneiPhone

    1. Venda as suas fotos do iPhone
    2. Torne-se um agente de campo ao coletar dados das lojas próximas
    3. Venda itens de casa ou diversos não
    4. Torne-se uma estrela do TikTok
    5. Coloque as suas habilidades no Fiverr; e muito mais
    6. Criar um aplicativo móvel usando a Appy Pie AppMakr e fazer dinheiro usando–
      • Patrocínio e parcerias
      • Compras no Aplicativo
      • Publicidade
      • Versões Gratuitas e Pagas
      • Marketing por Indicação e muito mais

    Listado abaixo algumas formas que podem te ajudar a ganhar dinheiro com seu telefone –

    1. Executar micro tarefas
    2. Participe de pesquisas
    3. Participe de quizzes e jogos
    4. Aprenda com videos e realize tarefas
    5. Baixe aplicativo móveis; e
    6. Crie um aplicativo móvel legal usando a Plataforma de criação sem programação da Appy Pie e comece a ganhar dinheiro de uma forma diferente como–
      • Assinaturas
      • Compras no Aplicativo
      • Anúncios no App
      • Aplicativos Pagos
      • Crowdfunding; e muitos outros

    Esta é a lista de opções para ganhar dinheiro com aplicativos Android

    • Anúncios
    • Compras no App
    • Marketing por Indicação
    • Assinaturas
    • Aplicativos Pagos
    • Crowdfunding; e etc.

    Aplicativo de Igreja - Appy Pie

    Top Funcionalidades que Seu Aplicativo de Igreja Precisa Ter!

    Criador de Aplicativos Appy Pie, 17 de Novembro: Um aplicativo móvel pode trazer uma grande variedade de benefícios para a igreja, ou templo religioso, e a comunidade que atende. Um aplicativo para igreja permite que a igreja se estenda além das manhãs de domingo e as quatro paredes para se comunicar com a comunidade que atende, independentemente do cronograma e da localização geográfica. Conforme a congregação se envolve cada vez mais com o aplicativo e começa a compartilhar seus sermões favoritos, postagens de blog, vídeos ou qualquer outro elemento do aplicativo, não é surpreendente ver que o número de instalações de aplicativos pode exceder o número de membros ligados a congregação.

    Se você estiver interessado em ler este post, é provável que você já tenha ponderado sobre todo o resto e esteja satisfeito com a ideia de construir o aplicativo, e não precisamos lembrá-lo das várias vantagens que o aplicativo religioso pode trazer para você. A maioria das comunidades religiosas percebe que precisa de um aplicativo, mas tem dificuldade para acessá-lo ou descobrir como fazê-lo.

    Nós reunimos uma checklist das principais funcionalidades que seu aplicativo religioso deve ter, a fim de ajudá-los a dar o passo para finalmente realizar sua intenção de criar o aplicativo para sua igreja ou templo.

    1. Pedidos de Orações
    2. Um recurso para pedido de oração é uma grande vantagem e permite que as pessoas explorem o aplicativo em seu próprio tempo e peçam orações para quem está necessitando. Além disso, também incentiva as pessoas a postar durante o culto de domingo, para acompanhar a oração, ou junto ao seu grupo de jovens, durante as sessões de treinamento de voluntários, ou outros momentos interativos. Quando as pessoas têm a oportunidade de passar algum tempo no aplicativo durante a reunião, elas não apenas exploram o aplicativo, mas também compartilham suas orações por aqueles que mais precisam.

    3. Transmissão Ao Vivo
    4. “Os dispositivos móveis representam mais de 25% do tempo de exibição global do YouTube, mais de um bilhão de visualizações por dia.” Portanto, se você não estiver transmitindo ao vivo para telefones celulares sua missa ou mesmo o evangelho no lar em grupo, estará perdendo todas as pessoas que poderiam estar assistindo você em seus dispositivos móveis, incluindo seus smartphones e tablets.

    5. Integrando YouVersion
    6. Milhões de pessoas estão usando o YouVersion para ler a Bíblia. Portanto, em seu aplicativo móvel, sempre que você mencionar as Escrituras, seja no blog da igreja, versículos da vida da igreja, tópicos de sermões ou em qualquer outro lugar, certifique-se de vinculá-lo ao aplicativo YouVersion. Incorporar esse recurso permitiria aos membros de sua congregação ler a Bíblia muito melhor e profundamente.

    7. Integrando a Mídia Social
    8. Sempre que encontramos algo de que gostamos, é natural que queiramos compartilhar com nossos amigos e familiares. É uma boa ideia oferecer aos membros da congregação uma oportunidade de compartilhar o que eles gostam em seu aplicativo por meio de suas contas de mídia social. Eles podem ler o boletim de domingo e tweetar suas seções favoritas, ou compartilhar os próximos eventos, ou arrecadar fundos para diferentes causas às quais sua igreja está associada.

    9. Check-In no Aplicativo
    10. Esse recurso pode ser projetado exclusivamente para os principais membros da igreja ou para todos. Esse recurso é uma ótima maneira de manter um registro digital dos membros que estiveram presentes em um determinado dia ou evento especial. No caso de você decidir incorporar esse recurso apenas para os membros do administrativo da igreja, um sistema de e-mail pode ser configurado para chegar àqueles que não participaram dos eventos mais críticos em sucessão. Os “check-ins” podem até ser recompensados acionando uma notificação push para todos aqueles que os usaram e oferecendo-os, talvez um evento especial ou outras recompensas.

    11. Substituição do Boletim de Domingo
    12. Substitua ou diminua o número ou tamanho do boletim dominical que você estava distribuindo a todos os membros da congregação. Você também pode se oferecer para notificar os membros por meio do aplicativo e enviar anúncios, notas de sermões e listas de eventos por meio dele. Uma cópia em PDF pode até ser enviada para quem a solicitar.

    13. Doações e Dízimos
    14. Esta é uma necessidade absoluta, pois foi estabelecido repetidamente que as ofertas ou doações aumentam muito quando uma opção móvel é oferecida. A ideia é sincronizar a solicitação de doações da maneira certa, com base nas atividades no aplicativo. Os membros não precisam esperar o domingo para doar ou pagar o dízimo, e as doações pelo celular oferecem um método de pagamento seguro e rápido. Isso, quando combinado com uma notificação push bem projetada, pode ajudar muito a arrecadar fundos para uma causa, um evento ou para o auxílio da própria Igreja. Este é um ótimo recurso para membros da congregação que se mudaram ou estão temporariamente fora, mas gostariam de contribuir para a igreja ou qualquer outra causa.

    15. Notificações Push
    16. Notificações Push ou mensagens têm uma taxa de leitura de 97%, o que torna isso uma necessidade absoluta! Este recurso é útil especialmente quando há necessidade de enviar qualquer tipo de alerta. Qualquer mudança de programação, um serviço que foi cancelado, um evento improvisado, o envio de lembretes podem ser uma grande oportunidade para empregar uma notificação push. Para empregá-lo de maneira eficaz, é importante que você envie apenas notificações push segmentadas, pois nem todas as informações são relevantes para toda a congregação.

    17. Devocionais Diários
    18. Todo mundo tem seus problemas em sua vida e está enfrentando seus próprios conjuntos de desafios. Os problemas não esperam até domingo para algum tipo de descanso. Nessas situações, uma mensagem devocional ou uma citação inspiradora fazem maravilhas. Envie um devocional diário para a congregação e estenda a mão, conecte-se com eles em um nível mais profundo. Porém, você pode fazer isso manualmente, mas caso tenha pouco tempo e recursos, procure ferramentas online para automatizar o processo. Não faltam serviços gratuitos que fornecem mensagens que podem ser atualizadas automaticamente no aplicativo todos os dias. Encontre um serviço com o qual você se sinta confortável e configure-o para rum para você.

    19. Calendário e Eventos
    20. Provavelmente, existem vários calendários, incluindo um para cada um dos ministérios ou pode ser que você tenha apenas um calendário completo. Caso você já tenha um calendário online, seria uma boa ideia encontrar uma solução que permita que os calendários do aplicativo sejam atualizados automaticamente a partir dos calendários online existentes. Uma coisa importante a lembrar neste caso é fornecer uma opção aos membros para adicionar o evento da igreja do aplicativo a seus calendários pessoais. Esses calendários não devem apenas oferecer informações sobre data e hora, mas também a localização, (de preferência coordenadas GPS), ou um mapa para navegação. Uma vez que você integre esse tipo de solução, isso não deve apenas oferecer aos membros da congregação um lembrete, mas também as instruções de direção e um tempo estimado de partida para poder chegar a tempo. Há uma boa chance de que isso aumentaria o número de participantes nesses eventos, aproximando a comunidade e tornando os eventos da igreja populares e bem-sucedidos.

    21. Grupos de Estudo em Casa
    22. Grupos de estudo da Bíblia, evangelho no lar são uma parte importante da congregação, pois não apenas ajudam a compartilhar e receber conhecimento, mas também aumentam o sentimento comunitário entre os membros. Quando você publica os endereços desses locais de grupo junto com detalhes como fotografias, números de telefone, descrições ou qualquer outra coisa que você ache adequado adicionar, torna-se fácil para as pessoas encontrarem grupos nas suas proximidades. A função GPG instalada em seu telefone mostrará um mapa que descreve o posicionamento relativo de todos esses grupos no contexto de onde você está. Os usuários podem clicar naquele que desejam para obter instruções ou detalhes de contato e entrar em contato para obter mais informações.

    23. A Bíblia
    24. Isso é bastante óbvio, não é? Além disso, isso é muito fácil de implementar. Habilitar ou incorporar esse recurso significa oferecer à sua congregação acesso à Bíblia em todos os momentos. Existem vários portais online que oferecem a versão digital da Bíblia. Tudo que você precisa fazer é escolher um e usar a visualização na web para habilitar isso na solução móvel que você está construindo. Pode adicionar outros textos como a Harpa cristã ou, se for de outra religião, adicione seus textos sagrados com um leitor eletrônico.

    25. Contatos
    26. Bem semelhante ao que mencionamos anteriormente sobre os grupos de estudo, você também pode criar uma lista abrangente de todas as principais pessoas na igreja e os membros da equipe organizados ou listados por ministérios ou em ordem alfabética. A lista deve incluir detalhes como endereços, fotografias, números de contato, endereços de e-mail e outros detalhes. O aplicativo móvel pode se integrar com os recursos integrais do celular ou smartphone, como mapeamento GPS. Localização, instruções de direção, e-mails, ligações etc. com um mero clique. Para igrejas em locais grandes, é importante que você tenha a capacidade de fornecer um mapeamento detalhado do local. O endereço por si só pode não ser suficiente, quando você está procurando o bloco administrativo. É necessário identificar especificamente um determinado local no campus da Igreja.

    27. Fórum Público
    28. Cada um dos ministérios pode ter seu fórum de bate-papo individuais, onde podem se reunir para discutir, compartilhar, postar e interagir com o material relevante. Esses fóruns públicos encontraram usos diferentes em igrejas diferentes, incluindo painel de orações, um lugar onde a congregação pode postar comentários sobre os eventos que participaram, compartilhar fotos, postar lembretes, expressar apreço e encorajamento, etc. Muitas vezes as pessoas alcançam outras pessoas por meio desses locais para receber uma resposta da comunidade. Caso você incorpore este recurso, torne obrigatório o registro do usuário antes de poder postar e incorpore uma função para bloquear qualquer usuário que poste comentários inadequados em qualquer lugar.

    29. Blog da Igreja
    30. Se sua igreja tem um blog que você mantém, essa funcionalidade é excelente. Esse recurso é bastante fácil de integrar em seu aplicativo e pode ser realizado via feed RSS. Os feeds viriam diretamente do site para o seu aplicativo. A maior vantagem de fazer isso é que, quando se trata de um blog móvel, as chances de as pessoas o lerem são muito maiores do que a do blog na web. Você pode usar a notificação push para que todos saibam sempre que você postar uma nova peça, para que as pessoas saibam que há algo novo com o qual podem interagir.

    31. Compartilhando o Aplicativo
    32. Quando você oferece às pessoas a oportunidade de compartilhar o aplicativo, está apostando que elas compartilhem sua fé, e as pessoas farão isso com grande entusiasmo. Você pode até adicionar uma mensagem curta e amigável com o link para apresentar a outras pessoas o que você está compartilhando.

    33. Pesquisas, Votações, Confirmação de Presença
    34. Cada estabelecimento ou organização está sempre em busca de maneiras de melhorar seu trabalho, a experiência ou serviços que prestam. Ao fazer isso, o feedback é um dos fatores mais importantes. Existem vários serviços gratuitos disponíveis online, como PollDaddy, onde você pode incorporar enquetes, pesquisas ou adicionar confirmações de presença. A maior vantagem de alcançar os membros por meio do aplicativo móvel é que as pessoas sempre os carregam. Implemente uma notificação push solicitando feedback imediato ou cronometrado.

    35. Análise de Uso & Engajamento
    36. Há um velho ditado que resistiu ao teste do tempo – o que é medido, é construído! Apenas criar um aplicativo e mantê-lo não é suficiente. É importante ter insights medidos sobre coisas com as quais as pessoas estão se engajando e as atividades no aplicativo que estão sendo mais favorecidas. A análise de aplicativos permite que você veja quais seções de seu aplicativo são mais populares entre os membros da congregação, quais dias da semana eles são mais ativos e que tipo de tempo os membros passam nisso. Quando você tem todas essas informações à sua disposição, elas o ajudam a fazer ajustes e alterações no aplicativo para aprimorar a experiência geral do usuário. Você pode trabalhar nas seções que não estão obtendo popularidade suficiente e eliminá-las ou torná-las mais interessantes para que os membros da igreja obtenham apenas o melhor!

    Conclusão

    A mudança é a única constante e as coisas que resistem à mudança desaparecem. A maneira como comemos, compramos, aprendemos e fazemos tudo mudou. Temos um aplicativo para tudo! É por isso que criar um aplicativo para sua igreja é importante hoje! Existem certos recursos básicos que seu aplicativo de igreja precisa e esta lista de funcionalidades para aplicativo religioso irá ajudá-lo a criar um que irá ressoar em toda a sua comunidade – de jovens a idosos.

    Agora que você sabe como seria o seu aplicativo de igreja perfeito, é hora de ir ao criador de aplicativos de igreja da Appy Pie e criar um aplicativo para a sua comunidade religiosa agora!

    Crie Seu Próprio Aplicativo de Igreja

    Como criar um aplicativo para Android?

    Os aplicativos para Android são os aplicativos mais populares e é natural que você queira atender a esse público. Criar um aplicativo nativo do zero pode fazer você gastar muito tempo, dinheiro e recursos. É justamente neste ponto que o Criador de Aplicativos para Android da Appy Pie se apresenta como a solução perfeita.
    O processo para criação do aplicativo possui apenas três etapas, só leva apenas alguns minutos e você economiza muito dinheiro!

    Como criar um aplicativo para iPhone gratuitamente?

    Embora o Android esteja liderando o mercado em termos de quantidade de usuários, quando se trata de dinheiro, a plataforma iOS está muito mais à frente. Estatisticamente, os usuários do iPhone estão mais dispostos a pagar por um aplicativo, além de gastarem mais dinheiro realizando compras no dispositivo m si.
    Criar um aplicativo para iPhone pode se mostrar uma tarefa cara, caso você tenha que desenvolver um aplicativo nativo a partir do zero. No entanto, com nosso criador de aplicativos para iOS, você pode economizar dinheiro, tempo e recursos e acabar criando o seu próprio aplicativo, sem precisar de conhecimento em codificação!

    Como criar um aplicativo PWA do zero?

    Aqui estão as etapas para você realizar a criação de um aplicativo PWA:

    1. Coloque sua ideia no papel
    2. Crie um esboço claro da ideia do seu aplicativo e torne isso tangível. Você precisa definir como o aplicativo funcionará e quais os recursos necessários. Não exagere, em vez disso, crie uma lista enxuta de recursos que o ajudarão a criar o seu Produto Minimamente Viável ou MVP.

    3. Realize uma pesquisa de mercado eficiente
    4. Você precisa realizar uma pesquisa de mercado detalhada para avaliar melhor as ideias que você tem para o seu aplicativo, o ajudando a evitar erros graves. Esta etapa o ajudará a identificar concorrentes, clientes em potencial e suas demandas, além do modelo de negócio ideal que você deve adotar para sua empresa.

    5. Crie protótipos de aplicativos
    6. Crie um protótipo antes de criar o seu aplicativo final. Uma das melhores ferramentas que você pode usar para isso é o Mockup Pro da Microsoft, ele oferece grande flexibilidade e uma visão geral dos processos para que você não perca nenhum detalhe. Nesta ferramenta, você não precisa ter elementos de interface do usuário bem refinados, design preciso, efeitos de cores ou qualquer recursos visual, tudo isso pode ser bastante básico. A idéia aqui é que você tenha clareza quanto as funções e fluxo do aplicativo.

    7. Design e Aparência
    8. Preste atenção ao apelo visual do seu aplicativo, incluindo: resolução, tamanhos corretos, efeitos gráficos, recursos de imagem, animação e motion design. Você pode usar um serviço de Design Gráfico para templates prontos, como o Design Studio da Appy Pie ou contratar um designer gráfico, dependendo do seu orçamento. É importante que seu aplicativo tenha uma aparência profissional, portanto, não economize nesta etapa.

    9. Desfrute do seu aplicativo da forma Appy Pie!
    10. Escolha a melhor forma de iniciar seu aplicativo sem precisar ter conhecimento prévio de codificação ou programação. Crie seu aplicativo da Appy Pie em apenas três etapas, super rápidas. Economize seu tempo e dinheiro escolhendo o Criador de Aplicativos da Appy Pie, onde você simplesmente digita o nome da sua empresa, a categoria do seu negócio, escolhe recursos e publica o seu aplicativo nas lojas virtuais, tudo isso em poucos minutos e sem causar um estrago no seu bolso.

    11. Teste seu aplicativo
    12. Certifique-se de disponibilizar a melhor versão do seu aplicativo para os seus usuários, se você pular esta etapa, poderá pagar muito caro por esse erro. Um aplicativo não testado, que é colocado online, provavelmente estará cheio de problemas e erros de configuração. Os testes alfa e beta do seu aplicativo são essenciais para garantir que o programa não enfrente problemas básicos, fáceis de passarem despercebidos.

    13. Publique na Lojas de Aplicativos
    14. O lançamento de um aplicativo nas plataformas virtuais é a parte mais interessante para qualquer desenvolvedor ou dono de aplicativo. O processo para publicar aplicativos é diferente para diferentes lojas virtuais, mas não se preocupe, podemos te ajudar, temos guias especializados para todos os processos!

    15. Comercialize seu aplicativo
    16. Criar um aplicativo incrível não é o suficiente; você precisa promovê-lo da forma correta para atingir o número máximo de usuários que se encaixam no seu público-alvo. Realize pesquisas e encontre as estratégias de marketing dequadas ao seu aplicativo e orçamento, e que além disso chame a atenção dos usuários.

    17. Obtenha feedback do usuário
    18. Peça aos usuários que avaliem o aplicativo e que deem feedback, pois esses são os elementos mais importantes para seu aplicativo. Simplesmente perguntar se os seus usuários gostam ou não do seu aplicativo, não é o suficiente. Faça perguntas significativas ou, melhor ainda, observe o comportamento dos usuários para saber se eles estão agindo ou não de acordo com suas expectativas. Continue fazendo as alterações necessárias para aprimorar seu aplicativo e melhorar seu desempenho e experiência.

    Para administrar um negócio bem-sucedido, é importante levar seus produtos e ofertas onde seus clientes realmente estão. O único local em que todos os clientes podem ser encontrados é na tela do celular, e é por isso que os aplicativos se destacam cada vez mais, alcançando um espaço muito importante. Começar do zero, normalmente poderia significar um investimento grande de tempo, dinheiro e recursos. Esse é um dos motivos pelos quais pequenas empresas e indivíduos evitam criar um seus próprios aplicativos.

    O software de Criação de Aplicativos da Appy Pie possui apenas três etapas para criação e não precisa de absolutamente nenhuma habilidade em codificação ou programação.

    O que é um criador de aplicativos?

    Um criador de aplicativos é um software, uma plataforma ou um serviço que permite criar aplicativos móveis para dispositivos Android e iOS sem necessidade de codificação, em apenas alguns minutos. Seja você iniciante ou profissional, pode usar o Criador de Aplicativo da Appy Pie para desenvolver aplicativos para sua empresa de pequeno porte, restaurante, igreja, DJ etc.

    Como usar o Criador de Aplicativos da Appy Pie?

    É extemamente fácil. Você não precisa de habilidades ou conhecimentos de codificação para criar aplicativos usando o Criador de Aplicativos da Appy Pie. Basta digitar o nome do aplicativo, selecionar uma categoria, escolher uma paleta de cores, escolher um dispositivo para teste, adicionar os recursos que você deseja e pronto, seu aplicativo ficará pronto em poucos minutos.

    Como criar um aplicativo sem precisar de codificação?

    Para criar seu próprio aplicativo sem codificar, siga estas etapas simples:

    1. Acesse o Aplicativo da Appy Pie e clique em “Crie seu aplicativo grátis”
    2. Digite o nome do seu aplicativo
    3. Escolha uma categoria, uma paleta de cor e o dispositivo para teste
    4. Personalize seu aplicativo e clique em Salvar e Continuar
    5. Faça Login ou se Registre na Appy Pie para continuar
    6. O aplicativo está sendo criado. Quando o aplicativo estiver pronto, digitalize o QR code ou envie o link de instalação do aplicativo para o seu dispositivo por email ou SMS e teste o aplicativo demo
    7. Vá em Meus Aplicativos e clique em Editar
    8. Você verá o plano Básico. Você pode escolher tanto a opção Testar Agora quanto a opção Comprar Agora. A opção Testar Agora vem com 2 dias teste para que você esteja completamente satisfeito com o aplicativo antes de realizar a compra
    9. Note que independentemente da opção que você escolher, você precisará fornecer os detalhes do cartão de crédito. Usamos os detalhes do cartão de crédito para verificar a autenticidade dos usuários. Não se preocupe, nós não cobramos nada de você sem a sua confirmação, nem mesmo após o teste.

    10. Adicione os recursos que desejar.
    11. Quando terminar, clique em Salvar e Continuar para concluir a criação do seu aplicativo.

    Os iniciantes podem usar o software?

    Se você é iniciante no mercado de aplicativos para celular, mas procura uma forma de criar um aplicativo para o seu negócio, é importante que você tenha as ferramentas adequadas que te ajudem de acordo com o seu nível de habilidade e conhecimento. Como iniciante, você poderá adicionar recursos e personalizar o design em poucas etapas.

    1. Digite o nome do seu aplicativo
    2. Digite o nome e a categoria do seu aplicativo

    3. Adicione os recursos desejados ao seu aplicativo
    4. Escolha os recursos que você deseja e simplesmente clique, arraste e solte eles no seu Aplicativo.

    5. Publique seu Aplicativo
    6. Publique seu aplicativo nas lojas de aplicativos para que os usuários baixem direto do Google Play Store e da Apple App Store

    Como iniciar com o Swift?

    Para iniciar a usar o Swift, siga as etapas abaixo:

    1. Abra o XCode na Biblioteca de Aplicativos. Caso seja a primeira vez, pode ser necessário que você tenha que configurá-lo. Após o lançamento do XCode, a janela de boas-vindas aparecerá.
    2. Clique em “Criar um novo projeto XCode” e uma nova janela será aberta. Você pode escolher um template da caixa de diálogo
    3. Selecione iOS nas guias na parte superior
    4. Preencha os detalhes do aplicativo nos espaços que aparecerem. Você pode até escolher opções adicionais de recursos que são necessárias ao seu aplicativo
    5. Clique em “Avançar” e uma nova caixa será exibida. Salve seu projeto no local desejado e clique em “Criar”. Seu novo projeto será aberto na janela da área de trabalho.

    Posso monetizar meu aplicativo?

    A seguir, estão as principais estratégias para monetização de aplicativos:

    1. Publicidade: ajuda você a ganhar com os anúncios exibidos na tela do seu aplicativo
    2. Compras no aplicativo: permitem que os usuários comprem produtos, serviços ou desbloqueiem novos níveis
    3. Assinatura: permite que os usuários acessem o conteúdo premium por meio de assinatura mensal ou anual
    4. Aplicativos pagos: precisam ser comprados pelos usuários do aplicativo antes de serem baixados
    5. Patrocínio: significa conseguir um patrocinador com público-alvo em comum
    6. Programa de Afiliados: adicione este recurso para anunciar produtos, serviços ou aplicativos

    Como você codifica usando Python?

    Para iniciar com o Python, você precisa seguir as etapas abaixo.

    1. Vá para a pasta em que deseja criar seu arquivo Python e crie um arquivo com o nome test.py
    2. Abra o arquivo recém-criado no editor e digite o código – “Olá, mundo!”
    3. Salve o arquivo e, através da barra de buscas, navegue até a pasta do arquivo. Execute-o.

    Como posso criar meu próprio aplicativo gratuitamente?

    Siga as etapas abaixo para criar de graça e de forma fácil, o seu próprio aplicativo–

    • Acesse appypie.com e clique em “Iniciar”
    • Digite o nome da sua empresa
    • Escolha a categoria que melhor se adapta ao seu negócio
    • Escolha uma paleta de cores
    • Selecione o dispositivo para testar seu aplicativo
    • Personalize o design do seu aplicativo
    • Quando estiver pronto, clique em Salvar e Continuar
    • Respire fundo e aguarde até que seu aplicativo seja criado. Quando o aplicativo estiver pronto, digitalize o QR code ou envie o link de instalação do aplicativo para o seu dispositivo por email ou SMS e teste o aplicativo demo
    • Vá em Meus Aplicativos
    • Clique na opção Editar para editar seu aplicativo.
    • Você verá o plano Básico. Você pode escolher tanto a opção Testar Agora quanto a opção Comprar Agora. A opção Testar Agora vem com 2 dias teste para que você esteja completamente satisfeito com o aplicativo antes de realizar a compra
    • Note que independentemente da opção que você escolher, você precisará fornecer os detalhes do cartão de crédito. Usamos os detalhes do cartão de crédito para verificar a autenticidade dos usuários.

    • Adicione os recursos que desejar.
    • Quando terminar, clique em Salvar e Continuar para concluir a criação do seu aplicativo.
    Appy Pie - Melhores Ideias de Negócios

    Melhores Ideias de Negócios para Mulheres Empreendedoras em 2020

    Mulheres empreendedoras também enfrentam dificuldades ao decidir sobre qual ideia de negócio seguir. Para alguns empreendedores, as ideias fluem muito rapidamente, porém não funcionam. Já para outros, as ideias são vagas, por isso nunca são exploradas totalmente. Se você quer ser uma empresária de sucesso, o caminho para alcançar o seu objetivo é ter em mente a ideia de negócio correta. Se você quer se tornar dona do seu próprio negócio, mas não tem certeza que tipo de empresa deseja abrir, lembre-se que há muitas ideias de negócios para mulheres. Você pode iniciar um negócio de pequeno porte ou pensar grande. Neste artigo, listamos algumas ideias de negócios.
    Melhores Ideias de Negócios - Appy Pie
    Considere os seguintes pontos e selecione um negócio que melhor se enquadre às suas finanças, tempo e conhecimento.

    • À parte do seu negócio, o que você precisa?
    • O que você gosta de fazer?
    • No que você é bom?
    • O que você gostaria de aprender?

    • À parte do seu negócio, o que você precisa?
    • Esta questão é feita para te levar a outras questões que explicam o motivo pelo qual você necessita ter um negócio, como – você está procurando uma segunda renda? está saindo do emprego para ficar mais tempo em casa com seus filhos? quer contribuir com algo para a sociedade? quer ser empresário?

    • O que você gosta de fazer?
    • Escolha algo pelo qual você seja apaixonada. Começar seu próprio negócio exigirá muito tempo, energia e sacrifício.

    • No que você é bom?
    • Seus talentos podem ser muito claros para você, caso você seja um músico, artista ou fotógrafo, logo você já tem uma profissão. E talvez seus talentos podem estar escondidos atrás de hobbies, como fazer velas, pintar ou fazer estofado, atividades que você sabe que pode comercializar. Você só precisa identificar suas habilidades.

    • O que você gostaria de aprender?
    • Muitas vezes, as coisas que mais nos interessam são coisas que ainda iremos aprender. Nunca é tarde para aprender uma nova habilidade ou aperfeiçoar uma que você já possui, e principalmente nunca é tarde demais para começar um negócio, você só precisa ter ambição e habilidade comercial.

    Ideias de negócios para mulheres

    Se você já decidiu que irá abrir seu próprio negócio, mas ainda está pensando o que irá fazer, dê uma olhada na nossa lista de ideias. Talvez podemos te ajudar a decidir melhor. Estas são as melhores ideias de pequenas e médias empresas para mulheres:

    1. Blogueira
    2. Promotora
    3. Redatora Freelance
    4. Revisora de texto
    5. Contador
    6. Influenciadora de Rede social
    7. Logista na Amazon
    8. Coach Pessoal
    9. Transcrição
    10. Possuir propriedades para aluguel
    11. Fotografia
    12. Social media
    13. Agente de viagens
    14. Designer de interiores
    15. Negócio alimentício
    16. Executiva de compra e venda de ações
    17. Creche
    18. Aulas particulares em casa
    19. Instrutor fitness
    20. Organizadora de casamento
    21. Cuidar de idosos
    22. Fabricação de sabão
    23. Professora
    24. Confeitaria
    25. Planejador de eventos

    Vamos discutir cada um desses negócios para que você possa tomar a decisão correta.

    #1. Blogueira

    Os blogs são uma das ideias de negócios mais adequadas para as mulheres que querem trabalhar de casa. A parte boa é que você pode trabalhar em horários flexíveis conforme sua vontade. Você só precisa construir um site e escrever artigos sobre o que quiser.
    Blogueira - Appy Pie
    Assim que conseguir atrair visitantes suficientes todos os meses, você começará a ganhar dinheiro. As pessoas são pagas para fazer artigos, essa é uma ótima ideia. Você pode começar um blog usando algum interesse que você já tem, como blog de comida, blog de viagem, blog de beleza, blog de fotografia, blog de creche, etc. Os blogueiros ganham entre US$ 1.000 (dólares) e US $ 10.000 (dólares) por mês.

    Uma das coisas mais inteligentes que você pode fazer para obter seguidores é integrar seu blog a um aplicativo. Criar um aplicativo para o seu blog oferece inúmeras oportunidades para o seu negócio, mas infelizmente poucos blogueiros fazem isso. Um dos motivos que isso acaba acontecendo é por conta da falta de conhecimento técnico. No entanto, com a Appy Pie, você pode integrar todos os seus blogs em um aplicativo em questão de minutos, sem precisar ter nenhum conhecimento em codificação e sem precisar investir muito para que isso ocorra.

    #2. Promotora

    O serviço de promotora é baseado no desempenho de publicidade ou promoção no qual uma empresa compensa profissionais por gerar tráfego e direcionar os clientes aos produtos e serviços dessa mesma empresa. O promotor só precisa escolher um produto/empresa e o promover, assim ele receberá uma parte do lucro de cada venda que a empresa faz. Hoje em dia, a promoção é uma das formas mais populares de ganhar dinheiro online e pode ser uma renda passiva, uma vez estabilizada. A promoção pode render a você mais de US$ 50.000 (dólares) por ano.

    Um dos programas de promoção mais lucrativos é administrado pela Appy Pie. O programa garante que você pode ganhar tanto quanto trabalhar, pois oferecemos a todos os promotores recompensas por venda. Você pode se inscrever no programa de promoção da Appy Pie e começar a ganhar dinheiro agora mesmo!

    #3. Redatora Freelance

    A Redação freelance é a prática de escrever por dinheiro, atendendo a demandas de outras empresas porém sem ser funcionário delas, trabalhando por conta própria. Os redatores autônomos criam textos que são necessários para seus clientes, você pode tanto trabalhar de casa ou de um escritório alugado. A maioria dos redatores freelance cobram dependendo da quantidade de trabalho de cada projeto. No entanto, a forma como eles cobram o conteúdo escrito, assim como valor variam muito. O salário de um redator freelance varia entre US$ 24.000 (dólares) e US$ 115.000 (dólares) por ano.

    #4. Revisor

    Um revisor garante que o conteúdo escrito esteja livre de erros tipográficos, gramaticais, ortográficos, de pontuação, sintaxe e formatação. O revisor usa seu pensamento crítico, habilidade, conhecimento e experiência para verificar se o trabalho do autor, editor e designer é satisfatório, marcando ou não alterações para serem feitas. Algumas pessoas querem ter 100% de certeza e confiança de que seu texto ou material está livre de erros por isso contratam um revisor profissional. Um revisor pode ganhar entre US$ 25 (dólares) a US$ 44 (dólares) por hora.

    #5. Contator

    A contabilidade é o registro de todas as transações financeiras feitas por uma empresa ou organização e faz parte do processo de qualquer negócio. As transações incluem compras, vendas, recebimentos e pagamentos, por exemplo. O contador mantem os livros de transações atualizados para realizar o balanço financeiro da empresa: um contador ajuda a realizar a demonstração da resultado e o balanço patrimonial. Os contadores recebem US$ 54.000 (dólares) por ano ou mais.

    À medida que seu trabalho se expande e você conquista mais clientes, é natural que você precise automatizar parte de sua contabilidade. Além de tirar os trabalhos mais comuns do dia a dia das suas costas, você ficará com muito mais tempo para se concentrar em trabalhos que precisam de sua atenção integral. A Appy Pie Connect pode ajudá-la a integrar aplicativos de contabilidade com qualquer outro aplicativo que você usa, em minutos, sem precisar entender de programação!

    #6. Influenciadora de Rede social

    Uma influenciadora de rede social é simplesmente uma usuária de qualquer rede social que estabelece credibilidade em um setor específico. Um influenciador de rede social tem acesso a um grande número de público e tem o poder de persuadir os outros em virtude de sua autenticidade e alcance.
    Mulheres Influenciadoras - Appy Pie
    Elas conseguem isso mantendo uma presença online ativa em redes sociais, como Facebook, Twitter, Instagram, YouTube e em vários blogs. A influenciadora de rede social ganha em média US$ 1.000 (dólares) a cada 100.000 seguidores.

    Você pode levar seu poder de influenciadora a um nível totalmente alto criando o seu próprio aplicativo de rede social ou até mesmo convertendo sua página do Facebook em um aplicativo. Isso significa que quando seus seguidores baixarem seu aplicativo móvel, você terá um canal direto para se conectar com eles.

    #7. Logista na Amazon

    Amazon é uma plataforma onde qualquer pessoa pode abrir uma loja digital. Mesmo que pareça algo complicado de fazer, é rápido e simples. Você pode, por exemplo, encontrar boas oportunidades de negócios e produtos em lojas físicas e revendê-los na Amazon por um preço mais alto. As receitas de vendas online continuaram a crescer significativamente. Os vendedores da Amazon ganham aproximadamente US$ 10 milhões (dólares) por ano.

    Se você está tendo problemas para iniciar seu empreendimento na Amazon, nós temos a solução certa para você. A Appy Pie Academy tem um curso fantástico onde você pode se inscrever gratuitamente e aprender como iniciar um negócio de E-Commerce.

    #8. Coach Pessoal

    Voce gosta de ajudar as pessoas? Se sim, então você pode se interessar em se tornar um Coach Pessoal. O estresse que todos nós passamos no dia a dia pode ser difícil de suportar. Para algumas pessoas, os problemas tornam-se extremamente pesados, muitas vezes o suficiente para desencadear em problemas emocionais.
    Coach Pessoal - Appy Pie
    Você pode ajudar as pessoas por meio do coaching pessoal. Se você é um coach pessoal certificado, você pode ganhar ainda mais dinheiro. Como Coach Pessoal, você pode cobrar entre US$ 70 (dólares) e US$ 260 (dólares) por sessão.

    #9. Transcrição

    Uma transcrição é o ato de transcrever para um documento escrito tudo o que é ouvido em um áudio ou vídeo. Existem várias formas de se transcrever um conteúdo de áudio ou vídeo, assim como existem vários motivos pelos quais um cliente pode querer uma transcrição de um documento. Normalmente, a transcrição para trabalhos de legendagem consome muito mais tempo, já que tudo tem que ser colocado no tempo correto, quadro por quadro, para permitir que o espectador tenha tempo suficiente para ler cada legenda na tela. Um transcritor geralmente ganha cerca de US$ 15 (dólares) por hora.

    #10. Possuir propriedades para aluguel

    A renda passiva resultante do aluguel de propriedades é uma boa ideia de negócio. As propriedades de aluguel incluem muito além de casa e apartamentos, como por exemplo, você pode alugar carros, móveis, ar condicionado, louças, colchas, cadeiras de festa, máquinas de conserto, suprimentos de festa, eletrônicos, etc. O indicado é que você escolha produtos que lhe interessem.

    É muito importante, neste tipo de negócio, ter uma estrutura organizada e a melhor forma de se atingir isso é criando um aplicativo. Você pode usar o recurso de Diretório para criar listagens ou até mesmo criar uma loja online para seus itens e permitir que os usuários do seu aplicativo escolham o que desejarem alugar diretamente no aplicativo!

    #11. Fotografia

    Se você ama fotografia, essa pode ser uma paixão que pode te recompensar significativamente. Você pode começar comprando uma câmera e acessórios. Quando começar o negócio, você terá que construir um portfólio. Você pode tirar fotos em casamentos, celebrações, festas e outras ocasiões especiais. Use as redes sociais para permitir que mais pessoas conheçam o seu trabalho e a sua fotografia. Você pode enviar suas fotos para revistas ou fazer upload em site de banco de imagens e receber o pagamento sempre que alguem usar a sua foto. Os fotógrafos profissionais ganham cerca de US$ 28.000 (dólares) por ano.

    Nem todas as fotos que você tirar serão perfeitas. É provável que você tenha que fazer algum trabalho de edição e, para isso, o Appy Pie Photo Editor é a plataforma perfeita. Não só é simples de usar, mas também tem todas as soluções para fazer com que sua foto fique perfeita.

    #12. Social Media

    O Social Media é responsavel por representar uma empresa em todos os canais de redes sociais. Eles respondem aos comentários e criam conteúdo. Esses especialistas fornecem orientação para melhorar a presença online de uma organização ou negócio. Quase todas as empresas reconhecem o valor e o benefício de investir em marketing digital, abrindo assim um grande número de opções para você. O Social Media ganha um salário médio de US$ 63.294 (dólares) por ano.

    Existem inúmeras tarefas no dia a dia de um social media que se tornam repetitivas, seja criar um relatório de todos os comentários realizados em postagens, fazer uma lista de novos seguidores, lidar com os leads e adicioná-los a um software de CRM, dentre muitas outras atividades. Logo você perceberá que faz muita diferença optar por integrar um aplicativo de gerenciamento de redes sociais a um software automatizado de fluxo de trabalho como, por exemplo, o software Appy Pie Connect.

    #13. Agente de Viagens

    Considere trabalhar como agente de viagens. Uma agência de viagens fornece serviços relacionados a viagens e turismo ao público em geral em nome de fornecedores. As agências de viagens podem fornecer atividades recreativas ao ar livre, passagens em companhias aéreas, aluguel de carros, cruzeiros, hotéis, ferrovias, seguro de viagem, pacotes turísticos, seguro, guias, horários de transporte público, etc. O salário varia de US$ 29.000 (doláres) a US$ 58.000 (doláres) ao ano, mas tudo depende da experiência e do número de clientes. Você pode abrir seu próprio negócio ou trabalhar para uma agência.

    Se você está planejando abrir sua própria agência de viagens, é fundamental criar um aplicativo para agências de viagens. Ter seu próprio aplicativo significa não pagar mais comissões para terceiros, ter certeza de transações seguras, criar forte comunicação com seus clientes usando recursos incríveis como por exemplo Notificações Push e streaming de vídeo, dando a oportunidade para que os usuários tenham uma prévia dos destinos que você está oferecendo.

    #14. Designer de interiores

    Se você é uma pessoa criativa e gosta de decorar quartos, design de interiores pode ser uma ideia de negócio lucrativa para você. Os designers de interiores tornam os espaços funcionais e bonitos. O designer de interiores determina a utilização de espaço e seleciona itens decorativos fundamentais, como cores, iluminação e materiais. Eles devem ser capazes de desenhar e ler plantas-baixa. Você pode ter um escritório local onde poderá conversar com seus clientes, mostrar o seu portifólio e amostras de tecidos e materiais. O salário médio de um designer de interiores é por volta de US$ 51.000 (dólares) por ano.

    #15. Negócio alimentício

    Um dos negócios mais adequados para mulheres são os negócios alimentícios. Se você ama cozinhar, ninguém conseguirá te impedir de se tornar uma empresária do ramo dos alimentos. Se você não estiver pensando em abrir um food truck ou um restaurante móvel, tudo que você precisa é de um espaço para cozinhar e servir a comida. Você pode cozinhar qualquer tipo de comida que tenha demanda de consumo. Food trucks, carrinhos e quiosques são opções muito populares atualmente. Você também pode planejar algo para clientes preocupados com a nutrição, adquirindo alimentos frescos e de origem local com baixo teor de gordura. Os empresários do setor alimentício ganham cerca de US$ 54.000 (dólares) por ano.

    Para adicionar um toque profissional e oferecer praticidade aos seus clientes, você pode criar um aplicativo no seu celular para restaurante ou um aplicativo de entrega à domicílio, dependendo do modelo de negócio que você escolher.

    #16. Executiva de compra e venda de ações

    Quem compra e vende ações é corretor da bolsa de valores. Negociar para ganhar a vida significa que você tem que continuamente ser lucrativo para ter uma receita. O mercado de ações é construído em torno do conceito de conectar compradores e vendedores que desejam negociar ações de empresas. Os corretores de ações geram receitas anuais que variam de US$ 42.000 (dólares) a US$ 132.000 (dólares).

    #17. Creche

    Creche é uma instituição que supervisiona e cuida de bebês e crianças durante o dia, para que seus pais possam trabalhar. Se você adora crianças, esta é uma ótima oportunidade para começar um negócio em casa. A quantia que você pode ganhar varia de acordo com o local, mas você pode cobrar uma média de US$ 30 (dólares) por dia, o que resulta em US$ 600 (dólares) por mês para cada criança. Você pode optar por diferentes planos: diário, semanal ou mensal. Você deve contratar uma enfermeira de plantão e também se registrar em um hospital em caso de acidente.

    #18. Aulas particulares em casa

    Uma das melhores partes de começar um negócio em casa é a capacidade de transformar algo que você ama em sua carreira. Você poderá passar seus dias fazendo algo que realmente gosta enquanto ganha a vida. Pode ser qualquer hobby, como ensinar a cozinhar ou decorar potes, ou mesmo pintar e fazer joias. Você precisará investir de acordo com seu plano. Faça todas as análises de custos e saiba quanto dinheiro você precisa para começar. Defina suas metas e planeje como divulgar seu negócio.

    A melhor forma de alcançar o público é pela Internet. Você pode criar um aplicativo de streaming de vídeo usando a Appy Pie e começar a dar aulas para alunos de todo o mundo!

    #19. Instrutor fitness

    Muitas pessoas se exercitam para se manter saudáveis. Se você é um entusiasta dos exercícios, se tornar uma instrutora fitness pode ser uma carreira satisfatória. É uma ótima ideia de negócio para mulheres. Além de ganhar dinheiro, você também se mantém saudável. No entanto, você precisará de um diploma, certificação e alguma experiência antes de dar o passo para ser autônomo como personal trainer. No início de suas sessões de exercícios, você não ganhará muito dinheiro. Mas assim que você tiver um grande número de alunos, você começará a receber patrocínio. O valor da aula de um instrutor fitness varia de US$ 10 (dólares) a US$ 50 (dólares) por hora.

    Como um preparador físico, você não precisa se limitar apenas aos clientes que podem ir à sua academia, sua casa ou qualquer outro local. Você pode criar um aplicativo de treino e atender clientes que não conseguem sair de casa, estão em uma parte diferente do mundo ou simplesmente não conseguem se encaixar na sua agenda. Crie seu próprio aplicativo para treinamento fitness com a Appy Pie e a melhor parte é que você não precisará aprender programação, nós fazemos tudo por você, em minutos.

    #20. Organizadora de Casamento

    O planejamento do casamento é um setor bastante popular e muito emocionante. Mas esse negócio exige experiência e capital inicial. Para iniciar seu próprio negócio, você precisará de vários funcionários. Os casamentos podem envolver diferentes dinâmicas e para que tudo ocorra como esperado você e sua equipe terão que criar e gerenciar um cronograma. Depois de realizar alguns casamentos e colocá-los em seu portfólio, você poderá ter cada vez mais demanda. Você pode aumentar a sua lista de clientes publicando seu portfólio online. Um organizador de casamento ganha em média US$ 41.076 (dólares) por ano.

    Os casamentos podem se tornar uma tarefa caótica e se você está planejando vários casamentos ao mesmo tempo, você não vai querer confundir as demandas e realizar entregas erradas! Traga ordem para o caos, crie um aplicativo de casamento usando a Appy Pie.

    #21. Cuidar de Idosos

    Você pode fazer isso sozinho ou, alternativamente, pode recrutar a ajuda de alguns amigos confiáveis. Os idosos muitas vezes precisam de alguém que os ajudem e os auxiliem nas atividades diárias. Às vezes, eles só precisam de companheiros para conversar ou pessoas para ajudar em tarefas domésticas. Consequentemente, este é um negócio em demanda. Anuncie seus serviços na comunidade local.

    #22. Fabricação de sabão

    Os produtos orgânicos são a nova forma de consumo. À medida em que a demanda por produtos orgânicos aumenta e acabam ganhando espaço nas prateleiras dos supermercados, as pessoas também ficam confusas sobre o que é confiável e o que não é. Portanto, a melhor coisa a se fazer é aprender o processo de fabricação de sabão e começar a fazer por conta própria. Criar um negócio, seja para meio expediente ou seja um negócio que demandará o dia todo leva tempo. Também é preciso dinheiro. Um plano de negócios claro é essencial para o sucesso com fabricante de sabão. É provável que certas autorizações e licenças estaduais sejam necessárias para operar uma empresa de sabonetes artesanais. Os fabricantes de sabonetes ganham de US$ 22.000 (dólares) a US$ 38.000 (dólares) por ano.

    #23. Professora

    Ensinar é outra ideia de negócio que pode ser feito de casa e é ideal para as mães. Se você der aulas para um grupo de alunos em sua casa, terá que cobrar menos por alunos e precisará obter um bom número de alunos para ter uma renda satisfatória. No entanto, se você optar por ensino particular, você poderá cobrar mais e poderá ter uma renda adequada com apenas alguns alunos. Você também pode pensar em dar aulas online. É uma ideia de negócio extremamente popular e muitos professores optam por ela no lugar do ensino tradicional. É muito fácil começar a dar aula online, pois você pode ingressar em sites já existentes e conhecidos de aula online. O salário médio anual do professor particular é de US$ 46.000 (dólares).

    Não importa se você é um professor experiente ou se está apenas começando, você pode expandir seu alcance e ensinar alunos de todo o mundo criando um aplicativo para celular. Um aplicativo educacional criado na plataforma Appy Pie ajudará a disponibilizar material de estudo, além de agendar testes, avaliar exercícios, marcar trabalhos e até mesmo ministrar palestras ao vivo.

    #24. Confeiteira

    Se você é um cozinheiro e adora assar bolos, então confeitaria é a melhor ideia para o seu negócio. Se essa é a decisão, você pode facilmente se destacar na indústria de alimentos. A demanda por bolos costuma aumentar em ocasiões especiais, como Halloween e Natal. Você pode ganhar muito dinheiro nessas datas comemorativas. O lado bom sobre confeitaria é que a demanda por bolos nunca diminuirá, pois sempre haverá aniversários durante todos os meses do ano, esse fator pode te garantir uma renda estável durante todo o ano. Um confeiteiro ganha cerca de US$ 25.000 (dólares) por ano.

    Este negócio, entretanto, não se limita apenas às suas habilidades na cozinha. Você também teria que gerenciar a logística, ficar de olho nos pedidos e também controlar as entregas. Crie um aplicativo com a Appy Pie e garanta que todas as encomendas serão feitas e entregues na data e local previstos com máxima excelência!

    #25. Planejador de eventos

    Muitas vezes as pessoas não possuem a experiência e o tempo necessário para planejar eventos. Mas existe uma solução simples para este problema. Os planejadores de eventos independentes são uma ótima ajuda, eles podem intervir e dar a esses eventos a atenção que eles merecem. Tanto podem ser eventos oficiais, quanto festas de aniversário e afins. Em termos gerais, existem dois mercados para o serviço de planejamento de eventos: corporativo e social. Você pode começar com eventos locais menores. Considere um diploma ou certificado de uma universidade local em planejamento ou gerenciamento de eventos. Um planejador de eventos ganha em torno de US$ 25 (dólares) por hora.

    Gerenciar eventos pode ser uma tarefa caótica e, se você estiver lidando com vários eventos, precisará ser muito organizado. Existem algumas coisas que você pode fazer para gerenciar esse caos. Você pode automatizar seu fluxo de trabalho integrando aplicativos que você usa todos os dias, criar um aplicativo de eventos para promoção e venda de ingressos e até mesmo adicionar um bate-papo ao seu aplicativo, assim seus clientes terão um serviço excelente e resolução imediata de dúvidas.

    Conclusion

    Você encontrou alguma ideia que lhe interessa? Escolha uma dessas ideias inovadoras e comece agora mesmo a sua empresa de pequeno e médio porte. Os empreendedores, antes de começar um negócio, devem primeiro olhar para sua paixão e habilidades. Portanto, você deve se concentrar em suas habilidades e no tipo de coisas que gosta de fazer. Essa pode ser uma excelente oportunidade para você ter ótimas ideias de negócios. Combine as suas habilidades e a sua paixão para criar oportunidade de ganhar dinheiro. Ser dono do seu próprio negócio lhe dará liberdade de escolha e a capacidade de conciliar seus compromissos.

    Você tem alguma ideia de negócio? Construa um ambiente em que isso seja tangível criando um aplicativo para celular para sua empresa e expanda o seu alcance e público.

    Maiores Mulheres Empreendedoras de 2020

    Appy Pie traz para você uma lista de mulheres empresárias de sucesso que você pode acompanhar no twitter. Essas empreendedoras têm suas próprias histórias para contar.

    1. Janet Mock
    2. Janet Mock é uma escritora americana, apresentadora de TV, produtora, diretora e ativista pelos direitos trans.

    3. Melanie Perkins
    4. Melanie Perkins é cofundadora e CEO do aplicativo Canva. Melanie, uma empreendedora de tecnologia, é uma das CEOs mais jovens a liderar uma startup de tecnologia.

    5. Audrey Gelman
    6. Audrey Gelman é uma empresária americana. Ela é a fundadora do The Wing, um espaço de co-trabalho feminino e clube social fundado na cidade de Nova York em 2016.

    7. Trish Costello
    8. Trish Costello é uma empresária e investidora do Vale do Silício. Ela é a fundadora e CEO da Portfolia, uma plataforma colaborativa de investimento em ações.

    9. Rachel Shechtman
    10. Rachel Shechtman é uma empresária e é a quarta geração no setor varejista, ela fundou a Story, uma experiência de marketing de loja de varejo.

    11. Kendra Scott
    12. Kendra Scott é uma estilista americana. Ela é presidente do conselho, designer e CEO da marca Kendra Scott, LLC.

    13. Payal Kadakia
    14. Payal Kadakia é a cofundadora e presidente executiva da ClassPass, uma empresa americana que oferece acesso a uma plataforma de ioga, treinamento atlético, pilates, artes marciais, boxe e ciclismo indoor.

    15. Arielle Charnas
    16. Arielle Noa Charnas é uma blogueira, influenciadora e designer de moda americana. Ela criou o blog e conta no Instagram da marca Something Navy, lançada em 2009.

    17. Shelly Bell
    18. Shelly Bell é Empreendedora em Série & Cientista da Computação. Ela é uma programadora de sistemas e estrategista de negócios, que transforma ideias em lucro enquanto capacita as pessoas a viverem com mais autenticidade.

    19. Neha Narkhede
    20. Neha Narkhede é co-fundadora e diretora de tecnologia da Confluent e co-criadora do Apache Kafka. Ela também é fotógrafa das marcas Globetrotter e Wannabe.

    Nomear seu aplicativo móvel e seu significado - Appy Pie

    Nomear Seu Aplicativo Móvel & Sua Importância

    O nome pelo qual seu aplicativo será chamado é de grande e contínua importância. Este seria o rosto do seu aplicativo. O nome é o que te ajuda você a divulgar para seus possíveis grupos de usuários. Mas como você faz isso? Como você nomeia seu aplicativo?

    São necessários muitos esforços e pensamentos estruturado para criar um nome que causaria impacto, mesmo que você tenha uma ótima ideia de aplicativo. O nome do aplicativo deve ser algo que esteja intimamente relacionado à função principal do aplicativo, mas deve ter a capacidade de fazer com que os usuários se conectem imediatamente a ele.

    Por que é importante nomear seu aplicativo?

    Por que você não pode simplesmente colocar a função do seu nome como o aplicativo? Por que você precisa nomear seu aplicativo de forma especial? Por causa de todos os outros aplicativos que já existem por aí! Reconhecimento é um dos fatores mais importantes para determinar se um usuário faria o download do seu aplicativo e, para isso, o nome desempenha um papel crucial. Se o nome do seu aplicativo não transmitir o que ele faz ou ser genérico, há uma boa chance de haver um conflito entre o ícone e o nome.

    Por que nomear seu aplicativo pode se tornar difícil?

    Ao criar um nome adequado para o aplicativo, é preciso pensar em alguns fatores que incluem a proliferação no mercado, facilidade para reconhece-lo, criatividade, memorização e muito mais. Você pode pensar em aumentar a capacidade de reconhecimento do nome do seu aplicativo tendo como modelo os aplicativos populares e usar os prefixos ou sufixos deles para ajustá-lo à categoria. Embora você possa pensar que ganhou muito em termos de facilitar o reconhecimento para o usuário, mas eles podem eventualmente perder muito mais em legitimidade.

    Aqui está uma lista de dicas e truques que podem ajudar você a nomear seu aplicativo de uma maneira que funcione a seu favor e para aumentar as chances de seu aplicativo ser bem-sucedido.

    1. Garanta Que Você Não Está Confundindo os Usuários
    2. Quando o nome do seu aplicativo se parece muito com outro popular, você pode obter alguns ganhos a curto prazo, mas, a longo prazo, não obtém muito proveito disso. É comum ver vários aplicativos disponíveis em plataformas nomeados deliberadamente de maneira a criar uma confusão na mente do comprador e induzi-los a comprar seu aplicativo por outro aplicativo popular que eles estavam procurando. O nome do seu aplicativo pode ser aprovado pela Apple ou pelo Google se você não estiver copiando o título inteiro, mas é você, como editor, que deve decidir se deseja aparecer como uma cópia barata de um aplicativo popular ou criar sua própria marca.

    3. Formato com Maiúscula no Começo ou em Variados Pontos
    4. É muito fácil observar que a maioria dos aplicativos legítimos, incluindo os que você provavelmente já instalou no telefone, usa o Case de Sentença (maiúscula no começo do nome) ou o Camel Case (maiúscula em mais de 2 pontos do nome, quando o nome é composto). Embora você pense em arriscar e usar o texto todo em minúsculas, ou alternando maiúsculas e minúsculas ou ainda tudo em maiúsculas para fazer com que o nome do seu aplicativo pareça diferente do resto, essa é uma das maneiras mais rápidas de deslegitimar seu aplicativo aos olhos dos usuários. Quando você quebra a convenção maiúscula ou minúscula, acaba parecendo um pouco superficial e perde a confiança de um cliente em potencial.

    5. Siga a Nomenclatura da Marca
    6. O nome que você criar para o seu aplicativo será essencialmente uma extensão da sua marca. Navegue pelos aplicativos mais vendidos ou mais instalados e você perceberia que esses aplicativos são claros ao divulgar o nome das empresas das quais fazem parte. Um senso de familiaridade ajudaria seus usuários a se lembrarem da marca e a formarem uma associação com ela; no entanto, ao nomear um aplicativo, se você se afastar demais do curso, o usuário pode acabar ficando confuso e se desassociar completamente. É uma boa ideia permanecer na marca e seguir a nomenclatura da mesma para obter melhores resultados.

    7. Comunique Claramente o Valor do Aplicativo
    8. Isso é extremamente importante, mas é negligenciado de maneira grosseira. É bom ser inteligente, mas, na tentativa de ser excessivamente inteligente, o nome do aplicativo pode perder seu significado e relevância, levando a um baixo reconhecimento e recall da marca. Evite o jargão técnico ou o excesso de palavras, tente encontrar nomes simples que ajudem o usuário a encontrar seu aplicativo com facilidade e a entender o objetivo do aplicativo.

      Comunique Claramente o Valor do Aplicativo - Appy Pie

    9. Facilite a Pronúncia
    10. Houve uma vez uma tendência de tirar as vogais de um nome e torná-lo legal! No entanto, a tendência acabou logo e deixou para trás um monte de clientes confusos e frustrados. É uma boa ideia inventar novas palavras ou inventar algumas que falem sobre seu aplicativo, mas, ao fazê-lo, preste atenção à facilidade de pronunciar. Certifique-se de que seus usuários em potencial possam falar facilmente sobre seu aplicativo sem ficar frustrado ou envergonhado por não saber a pronúncia correta.

    11. Seja Fácil de Reconhecer
    12. Quando você começa a considerar o nome do seu aplicativo, mantendo em mente o apelo e a emoção do usuário, lembre-se de que o nome do aplicativo revela o real objetivo do aplicativo. O nome perfeito do aplicativo ajudaria os usuários a entender o objetivo do aplicativo simplesmente lendo o nome e olhando o ícone. Além disso, se você tem uma marca que já está com bom desempenho, pode usar esse reconhecimento de marca ao nomear seu aplicativo. Isso é especialmente útil se o seu aplicativo for direcionado principalmente para a sua base de clientes existente. A familiaridade do cliente com a marca passa a atuar nesse cenário, incitando uma confiança e fé familiares na clientela associada à marca. Quando um aplicativo tem um nome irrelevante, ele não é apenas descartado pelos usuários, mas também por vezes rejeitado pela App Store. A Google Play Store também alerta os desenvolvedores contra a escolha de nomes de aplicativos que podem ter palavras que geram um alerta de spam.

    13. Seja o mais Relevante Possível
    14. O nome do aplicativo deve informar imediatamente ao usuário sobre o que o aplicativo faz, pelo menos a função básica. Quando o nome do seu aplicativo é relevante ou está intimamente relacionado ao funcionamento real do aplicativo, as chances de sucesso são maiores e os clientes poderão localizá-lo sem muitos problemas.

    15. Realize um Estudo Completo do Mercado
    16. Especialmente se a categoria de aplicativos estiver cheia ou superpovoada, você precisará realizar um estudo de mercado e entender as opções que já existem. Navegue pelos aplicativos e preste atenção em como eles são nomeados e as emoções que eles podem evocar. Conduza uma análise do que você acha que funciona e do que não funciona. A ideia é replicar seu sucesso e não duplicar seus nomes. Encontrar uma ortografia alternativa ou adicionar uma sílaba extra ao nome de um aplicativo popular apenas fará com que os usuários questionem sua autenticidade e o ignorem para obter um aplicativo que parece original.

    17. Seja Global
    18. Alguns dos aplicativos com melhor desempenho são aqueles que têm um apelo global a eles. Geralmente, os conceitos tendem a se perder na tradução, tornando importante para você, como desenvolvedor, ter uma visão global do nome antes de publicá-lo no mercado global. Seu plano de curto prazo pode não incluir a localização de palavras-chave, listagem de aplicativos ou conteúdo no aplicativo, mas é melhor fazer esse esforço nos estágios iniciais. Isso pode impedir que você tenha o problema de alterar o nome completo do aplicativo depois de decidir se tornar global, apenas porque sua conotação no mercado global pode prejudicá-lo ou você já pode ter um concorrente estabelecido com o mesmo nome.

    19. Invista seu Tempo
    20. Seu aplicativo não foi desenvolvido da noite para o dia. Você provavelmente pensou bastante e fez todos os esforços possíveis para garantir que seus usuários tenham uma experiência perfeita ao usar seu aplicativo. Fazer tudo isso levou tempo, esforços e muita paciência e perseverança. É exatamente isso que você deve fazer ao nomear seu aplicativo. O nome do seu aplicativo é a primeira interação que um cliente em potencial terá com ele, portanto, pense um pouco. Deixe gritar suas intenções e benefícios e se diferencie de um ambiente de aplicativos que existem no mercado.

      Invista seu Tempo - Appy Pie

    21. Opte por um Nome com Duas Partes
    22. Essa é, na verdade, uma maneira bastante atraente de nomear seu aplicativo, quer dizer, se você fizer certo! Essa é uma maneira simples de nomear onde você emparelha a função básica do seu aplicativo com um adjetivo ou qualquer outra palavra que o aprimore, tornando-o muito mais atraente. Existem muitos exemplos disso, incluindo Evernote, Wunderlist, Tweetbot e muito mais!

    23. Verificar Duplicação
    24. Depois de ter uma lista de nomes prováveis e, provavelmente, um favorito emergente dentre eles, é importante verificar o mercado em busca de duplicação. Não é totalmente improvável que o nome que você gosta já esteja sendo usado! Além disso, é uma boa ideia testar o nome do aplicativo entre o seu grupo próximo de amigos ou familiares que você conhece que lhe dariam um feedback honesto.

    25. Experimente Ferramentas como Geradores de Nomes
    26. Algumas startups acharam útil recorrer a ferramentas como geradores de nomes que poderiam guiá-lo ou levá-lo na direção certa e ajudá-lo a superar o obstáculo que você pode encontrar para encontrar um ótimo nome para seu aplicativo. Essas ferramentas podem ajudar a fornecer novas direções e ideias nas quais você pode construir.

    27. Preste Atenção ao Fator SEO
    28. O SEO ou mecanismo otimizado de pesquisa é importante para permitir que os mecanismos de pesquisa o encontrem e listem sua aplicação nos principais resultados. Quando você emprega uma estratégia inteligente de SEO, isso ajuda seu aplicativo a obter uma classificação mais alta. Use as palavras-chave mais pesquisadas pelos usuários no nome do seu aplicativo e obtenha a ajuda de ferramentas de pesquisa de palavras-chave, como o Google AdWords, e inclua o número máximo de palavras-chave na descrição do aplicativo, para obter uma classificação de pesquisa mais alta.

      Preste Atenção ao Fator SEO - Appy Pie

    29. Prefixos e Sufixos Podem Ajudar
    30. É provável que haja momentos em que você não conseguirá o nome do aplicativo desejado e, em seguida, obter o mesmo nome de domínio ou um identificador de mídia social pode ser um pesadelo. Nesses casos, certos sufixos ou prefixos poderosos podem ser úteis. Seja criativo e use sufixos relevantes como “app” ou prefixos como “Get” ou “Go” do inglês e encontre um nome de aplicativo exclusivo.

    31. Tenha um Nome com Menos de 15 Caracteres
    32. O limite de caracteres para nomear seu aplicativo é suficiente para criar um nome criativo para ele e torná-lo distinto. No entanto, são os nomes curtos e cativantes que realmente causam qualquer tipo de impacto. É recomendável manter o nome do aplicativo estritamente abaixo de 15 caracteres. Ter um nome de aplicativo curto garante sua memorização e aumenta o reconhecimento e lembrança da marca. Quanto mais longos os nomes, mais difíceis eles serão de ler e pronunciar. Imagine o que teria acontecido se “WhatsApp” fosse nomeado “O que está acontecendo com você?”. Será que realmente teria pegado tão rapidamente e tão amplamente quanto?

    Conclusão

    Escolher um nome para o aplicativo é algo definitivamente mais fácil de dizer do que fazer. É uma daquelas coisas às quais não damos muita importância quando se trata de todo o processo de criação e desenvolvimento de um aplicativo. O processo de nomear seu aplicativo realmente não precisa estar no topo da sua lista de prioridades durante o desenvolvimento do aplicativo, mas precisa ser destaque na sua lista de trabalhos a serem realizados. O problema é que você não pode promover seu aplicativo, a menos que tenha finalizado um bom nome para o aplicativo e é importante começar a promovê-lo assim que possível para maximizar o número de downloads no lançamento. É importante analisar todo o mercado e estudar sua concorrência. Tente entender o que eles estão fazendo certo e o que eles estão fazendo de errado. Descubra maneiras de aprender com os erros dos outros. Embora as regras e os regulamentos de duas das maiores plataformas – Google Play Store e Apple App Store sejam completamente diferentes, é uma boa ideia criar um nome que se adapte facilmente a ambas as plataformas, mesmo se você planeja iniciar apenas uma plataforma por agora. Consulte as dicas que descrevemos acima para te auxiliar com o processo de nomear sua aplicação e você realmente não terá problemas com essa parte do processo!

    Como ensinar remotamente durante o COVID-19 usando um aplicativo móvel - Appy Pie

    Como Ensinar à Distância Durante o COVID-19 Usando um Aplicativo Móvel?

    O ano de 2020 tem sido um pesadelo. A pandemia do COVID-19 está encerrando economias inteiras enquanto conversamos agora. Isso provavelmente continuará a se crescer ao longo do ano, dando-nos uma trégua apenas em 2021. Antes que isso aconteça, devemos continuar vivendo e tentando adaptar nossas vidas diárias a essa paisagem infernal.
    Maneiras de ensinar remotamente a partir da pandemia de cronovírus - Appy Pie
    Uma das partes mais atingidas de nossas vidas durante esta pandemia é a indústria da educação. Escolas e instituições de ensino em todo o mundo fecharam completamente, deixando as crianças no escuro em relação à sua educação. Para garantir que esse tempo não seja desperdiçado, o setor educacional também deve se adaptar a isso.

    Tendo isso em mente, listamos 10 maneiras que você pode usar para ensinar seus alunos remotamente. Com este blog, você também saberá como um aplicativo móvel pode beneficiar você e seus alunos durante esse período.

    7 Formas Ensinar os Alunos Remotamente

    1. Crie um local centralizado para comunicação
    2. Você precisa de um único local onde todos os seus alunos possam se reunir. Este local funcionará como a principal ‘sala de aula’ virtual. Você pode fazer isso por meio de uma plataforma de aprendizado existente que sua organização usa ou fazer com que seus alunos se inscrevam em uma ferramenta on-line como o Google Classroom.

      Você pode até usar o email como meio de comunicação ou Discussão. Existem até professores se comunicando com seus alunos através de jogos de Realidade Virtual. Encontre uma maneira de fazer o mesmo.

    3. Use recursos externos
    4. Deixe o livro de lado um pouco. Use essa oportunidade para educar seus alunos por meio de cursos on-line e fornecer a eles fontes acadêmicas mais detalhadas que seus livros didáticos. Forneça a eles conhecimentos básicos e procure maneiras divertidas, lúdicas e gamificadas de aumentar seus conhecimentos.

    5. Crie tutoriais
    6. Facilite a educação com os tutoriais no PowerPoint, aulas pré-gravadas, etc. Grave-se dando uma lição e use-a. A gravação do tutorial é uma boa maneira de ensinar aos alunos que estão em um fuso horário diferente. Outros alunos podem usar tutoriais para revisar e reaprender lições.

    7. Incentivar a colaboração e argumentação de estudantes
    8. Crie planos de aula de maneira a incentivar a colaboração e o compartilhamento de ideias. Permita que os alunos tenham debates e discussões on-line. Permita que os alunos leiam as tarefas uns dos outros e se comuniquem, aumentando o conhecimento coletivo.

    9. Ofereça apoio individual aos estudantes
    10. Para os alunos que não precisam assistir a uma aula todos os dias, você pode optar por ensiná-los individualmente, se necessário. Este também é um bom momento para estabelecer comunicação com os alunos mais dificuldades e distantes. Entre em contato com seus alunos e incentive-os a levar a sério o aprendizado deles.

    11. Promover o Aprendizado prático
    12. Os professores de ciências podem incentivar seus alunos a fazer experimentos simples em casa. Os professores de literatura podem pedir aos alunos que escrevam sobre o ambiente. Este é um bom momento para ajudar os alunos a aplicar o que aprendem na escola.

    Como um Aplicativo Móvel Pode Ajudar?

    Uma parte não discutida nas etapas acima é que os recursos são necessários para ensinar remotamente. A verdade é que, apesar dos melhores esforços de um professor, ensinar remotamente exigirá o uso de vários softwares e precisará que os alunos tenham acesso a um computador e uma boa conexão à Internet.

    Isso, no entanto, às vezes pode ser um luxo. Reunir os alunos também pode ser um desafio. Um aplicativo móvel, por outro lado, pode colocar tudo sob uma interface e em um nível conveniente.

    Claro, existem softwares educacionais disponíveis, mas eles podem ser muito caros em um momento em que o dinheiro é necessário. Outro aspecto é que você pode criar seu próprio aplicativo móvel com facilidade. O Criador de Aplicativos da Appy Pie cria aplicativos sem código, você pode criar aplicativos sem codificação simplesmente escolhendo algumas opções. O criador de aplicativos oferece a oportunidade de incluir recursos que permitem transmissão ao vivo, upload de tutoriais, testes todos no celular. Você pode até criar um bate-papo em alguns cliques.

    Vantagens de Usar um Aplicativo Móvel para Ensinar à Distância

    Existem várias vantagens em usar um aplicativo móvel para ensinar remotamente. Aqui está uma lista dos benefícios que você pode ter usando um aplicativo móvel.

    1. Você pode criar sozinho
    2. A coisa sobre um aplicativo para celular é que eles são realmente fáceis de criar. A criação de um aplicativo móvel não exige mais programação complexa. Com um construtor de aplicativos sem código, como o Appy Pie, você pode ter o aplicativo em funcionamento em algumas horas.

    3. Conveniencia
    4. Aplicativos são extremamente convenientes. Às vezes, não é possível usar um PC. A maioria das pessoas tem um ou dois computadores em casa. Para famílias com vários filhos, o uso de computadores pode ser inconveniente, pois todos devem assistir às aulas ao mesmo tempo. No entanto, todos têm seus próprios telefones e é mais fácil comprar um novo, pois eles são mais baratos.

    5. Facilidade de Uso
    6. A configuração de uma chamada de vídeo no PC envolve muitas etapas. Com um telefone, seus alunos podem simplesmente tocar no ícone de vídeo para começar. Isso torna os aplicativos fáceis de usar. Ao contrário do software, os aplicativos podem ser baixados instantaneamente gratuitamente.

    7. Centralização
    8. Com um aplicativo, você pode obter tudo o que precisa em uma única plataforma. Isso pode ser útil se sua organização educacional não estiver preparada para um cenário de ensino em casa. Os aplicativos são fáceis de proteger, pois apenas os alunos com contas relevantes acessam os aplicativos.

    9. Acessível
    10. Software educacional é extremamente caro. A maioria deles é baseada em pacotes de assinatura ultrajantes que são renovados anualmente ou, em alguns casos, mensalmente. É impossível para um professor pagar por eles. No entanto, a criação de um aplicativo é muito mais barata. Com a Appy Pie, você pode começar criar o aplicativo gratuitamente.

    Conclusão

    Você pode aprender mais sobre como criar seu próprio aplicativo nesta página. É um processo de três etapas e você pode literalmente clicar ou arrastar e soltar os recursos necessários. Depois de criar sua sala de aula, faça o upload para a loja de aplicativos de onde seus alunos podem fazer o download.

    Um aplicativo é uma boa maneira de educar seus alunos. Pense em usar isso para sua vantagem.

    Proteja sua empresa do Covid-19 - Appy Pie

    Como proteger seus negóciosdo desastroso impacto do COVID-19?

    O coronavírus afeta mais do que apenas a vida e a saúde humanas. Os mercados de ações globais estão sofrendo o golpe do surto e mergulhando constantemente, há uma queda livre nos preços do petróleo, interrupção nas cadeias de suprimentos e, no geral, a situação parece sombria.

    É por essas razões e mais que as pequenas empresas estão tendo problemas para lidar com o pânico entre os funcionários e os clientes, mesmo quando as próprias empresas estão caminhando para um futuro que parece sombrio, para dizer o mínimo.
    O estado da pandemia de Covid-19 - Appy Pie
    Como as pessoas se isolam e grande parte do trabalho está sendo realizado remotamente, ferramentas de videoconferência como o Zoom estão sendo úteis, aproximando funcionários e clientes. De fato, o Zoom registrou um aumento de 30% nas assinaturas no primeiro trimestre de 2020 e obteve 2,22 milhões de assinaturas nos primeiros três meses do ano!

    Mas a videoconferência é tudo que você precisa?

    Neste post, falaremos sobre as maneiras mais eficazes que ajudarão a proteger seus negócios, enquanto o mundo está sofrendo com o impacto fatal do coronavírus.

    Como os negócios podem sobreviver ao COVID-19?

    Esta é uma era em que você precisa de uma ação e, se o COVID-19 está prejudicando você, sua empresa e sua equipe, você conseguiu aqui uma excelente solução.

    Vamos dar uma olhada.

    1. Criar um aplicativo
    2. Os aplicativos para dispositivos móveis se tornaram uma parte essencial da administração de uma empresa e, se você não possui, está na hora de criar um. Um aplicativo móvel com os recursos certos, como notificações por push ou bate-papo, pode ajudá-lo a estabelecer uma melhor comunicação interna e externa.

      Isso significa que seus clientes não se sentirão abandonados e a comunicação entre suas equipes será fortalecida e as operações gerais serão mais suaves.
      Um aplicativo corporativo aparece como uma solução particularmente eficaz nesse caso, porque mantém os dados protegidos, os níveis de segurança elevados e a empresa funcionando perfeitamente.

      Como o movimento em geral é restrito e os funcionários estão trabalhando em locais domésticos ou remotos, um aplicativo corporativo bem projetado é suficiente para manter sua empresa funcionando como se nada tivesse mudado.

      A criação de um aplicativo para o seu negócio ajudará você a restringir os funcionários doentes à sua casa, protegendo os outros no escritório e impedindo a propagação do COVID-19. À medida que os casos de infecção estão aumentando, é importante que você prepare a organização para uma situação em que o trabalho em casa seja a única opção viável. A criação de aplicativos móveis pode ajudá-lo a alcançá-lo facilmente.

    3. Criar um website
    4. É difícil imaginar que você ainda não tem um site! Se as demandas de tempo e dinheiro o impediam de criar um site, aAppy Pie está aqui com um software para você. Você pode criar seu próprio site por uma fração do custo e trazer seus negócios para o mundo digital. Isso significa que, mesmo que seus clientes estejam em quarentena própria ou não possam ir ao seu local de negócios, eles podem entrar em contato com você, explorar suas ofertas e fazer muito mais, tudo isso sem precisar ir ao seu escritório ou loja.

    5. Melhore a Comunicação
    6. Adicione o recurso de bate-papo em seu aplicativo e site ou crie um chatbot para garantir que seus clientes sejam atendidos até que você possa obter um atendente disponível para ajudá-los. Atualmente, existem até oportunidades para adicionar chat ao vivo em seu site gratuitamente. Devido à pandemia, muitas empresas de software de atendimento ao cliente, como o LiveHelpNow, estão oferecendo testes gratuitos estendidos de seu software de chat ao vivo.

      Além disso, pense além dos clientes e imagine o que um chat ao vivo interno pode fazer pelo seu negócio em termos de comunicação. Ele não apenas estabelece uma comunicação mais forte, mas também acelera os processos, pois as discussões podem ocorrer em um chat em grupo sem precisar retransmitir as informações para vários funcionários, uma a uma. Alguns dos melhores produtos incluem Slack, Skype, Microsoft Teams, Grupos do WhatsApp e Google Hangouts.

      Não importa onde seus clientes e funcionários possam estar, o recurso de bate-papo mantém todos conectados e interagindo.

    7. Aproveitando a nuvem
    8. Nos momentos em que o isolamento social se tornou uma necessidade, o poder da nuvem ganhou um grande destaque. O software baseado em nuvem tem escopo ilimitado em termos de funcionalidade que pode oferecer a qualquer empresa. AAppy Pie possui vários softwares baseados na nuvem que podem ajudar sua empresa a funcionar sem problemas, mesmo quando você e toda a sua equipe trabalham remotamente.

      O mais novo produto, Appy Pie Design, está pronto para seu lançamento beta, em 18 de março de 2020. O software de design baseado em nuvem elimina sua confiabilidade em recursos externos para suas necessidades de design gráfico. Portanto, esteja você planejando um exercício de mudança de marca, divulgando conhecimento ou precisando de alguns projetos de forma intermitente para as necessidades de seus negócios, o Design pode oferecer soluções para atender às suas necessidades.

      O gerenciamento de projetos é outra área em que a nuvem ajuda a manter um fluxo de trabalho tranquilo. Alguns dos principais nomes do setor incluem Trello e Jira. Esses tipos de software são as melhores ferramentas para manter a consistência e acompanhar o andamento do projeto.

    Esses são realmente tempos difíceis e, além do medo iminente de contrair o vírus COVID-19, as pequenas empresas estão caminhando em uma ponta afiada, tentando encontrar um equilíbrio entre tomar cuidado e tentar desesperadamente manter os negócios em funcionamento.

    Aqui estão algumas atualizações de diferentes empresas que podem ajudá-lo a trabalhar melhor remotamente e tendem a ajudar você e sua empresa durante este infeliz surto de coronavírus.

    • Microsoft Teams
    • O Microsoft Teams viu um aumento sem precedentes no uso durante a epidemia de Corona. A ascensão foi tão drástica que seus servidores travaram. Eles estão online novamente e as equipes estão sendo oferecidas gratuitamente. Para organizações que já possuem o Office 365, o Teams está sendo liberado por 6 meses.

      Para indivíduos, a Microsoft oferece uma licença de uso gratuito até janeiro de 2021. A versão freemium do software oferece 10 GB de armazenamento, 2 GB de armazenamento pessoal por usuário, bate-papo ilimitado e chamadas de áudio e vídeo integradas. Eles também aumentaram os limites para usuários gratuitos. O Microsoft Teams é um ótimo produto para começar a usar durante a pandemia.

    • Zoom
    • Embora o Zoom não ofereça ofertas especiais de preços durante o susto do COVID-19, eles criaram uma página separada com importantes blogs e webinars com guias para aumentar a produtividade durante a crise do trabalho em casa.

      O Zoom também elevou o limite de 40 minutos em contas gratuitas nos hotspots do Corona Virus. Este limite foi levantado especialmente para escolas e universidades chinesas. Eles também removeram o limite das videoconferências e o Zoom pode oferecer suporte a videoconferências com até 100 participantes. Suas soluções empresariais são acessíveis e a maioria das pequenas empresas pode estabelecer o Zoom para seus negócios com menos de US $ 15 por mês para seu plano Pro.

    • Cisco WebEx
    • O Cisco WebEx está tentando ativamente ajudar os consumidores. Eles estenderam seu serviço de videoconferência gratuitamente em quase 54 países. É possível comprar assinaturas pagas entrando em contato com as equipes de vendas, mas a versão gratuita oferece até 100 pessoas por reunião. Eles também criaram um cupom eletrônico para o ano, que oferece até 4 meses de graça, se você comprar um pacote anual.

    AssitênciaFinanceira para que os Negócios afetados pela Crise

    Inc has brought every program offered by Federal, and local governments to one home via this list. Per Inc’s own disclaimer on the tracker: “it will be continually updated as additional resources become available.” Staytuned.

    Se sua pequena empresa foi ou será afetada pela crise do coronavírus, a SBA (associação americana de pequenos negócios) anunciou que pequenas empresas com encargos financeiros causados pela pandemia que não têm crédito disponível em outros lugares podem ser elegíveis para empréstimos de até US $ 2 milhões com juros de 3,75%. Clique aqui para saber mais sobre os empréstimos para desastres da SBA, verifique sua qualificação e como se candidatar.

    Os governos estão lutando para mobilizar recursos para oferecer assistência àqueles que estão sendo atingidos. Acompanhe as atualizações de assistência financeira feitas no rastreador de assistência financeira da Inc.com.

    A Inc trouxe todos os programas oferecidos pelos governos federal e local Americano a um ponto por meio desta lista. O aviso de isenção de responsabilidade da Inc sobre o rastreador: “será atualizado continuamente à medida que recursos adicionais forem disponibilizados”. Fique ligado.

    Ladobom

    In all, there is no need to let the pandemic impact your business and your bottom line. Retain your customers with the best of your services. And the better news is that this happens to be a great time to learn. Quarantines have given us something we’ve all lacked for years: more free time!

    Forros de prata

    Ao todo, não podemos deixar a pandemia impactar seus negócios e seus resultados. Retenha seus clientes com o melhor de seus serviços. E a melhor notícia é que esse é um ótimo momento para aprender. As quarentenas nos deram algo que nos falta há anos: mais tempo livre!

    Prepare-se para o blitzkrieg de marketing, logística e vendas que começará quando as empresas voltarem ao campo de batalha. Sua pequena empresa está prestes a ter uma de suas maiores chances de crescer quando a crise passar e os mercados e economias começarem a se recuperar. Reúna seu conhecimento, consolide seus negócios e esteja pronto para vender. Comece a aprender novas habilidades necessárias para uma pequena empresa. Confira cursos, webinars e podcasts. Se você acha que eles são muito caros para você, não se preocupe! A Appy Pie te ajuda nisso. Assista a nossos cursos gratuitamente na Appy Pie’s Academy. Também fornecemos webinars e podcasts. Vê-los também!

    Desejamos boa sorte neste momento difícil! Entendemos o que você está enfrentando e sabemos que todos nós vamos superar isso juntos. Que esta crise atue como uma oportunidade para nos aproximar e combater esta pandemia!

    Que medidas você tomou para manter seu negócio funcionando e protegê-lo de ser impactado pelo COVID-19? Deixe-nos saber naseção de comentários!

    creating-app-journe

    Como criar um mapa de jornada do cliente – um guia passo a passo

    Neste post, direi como você pode criar um mapa de jornada do cliente, mas antes de entrar no “como” dele, vamos tentar entender o que significa um mapa de jornada do cliente.

    O que é um mapa de jornada do cliente?

    O que é um mapa de jornada do cliente?

    Um mapa de jornada do cliente é uma representação visual ou uma ilustração de todos os pontos de contato que um cliente tem com a marca, online e offline.

     

     

    Por que você precisa de um mapa de jornada do cliente?

    Por que você precisa de um mapa de jornada do cliente?

    Por que você precisa de um mapa de jornada do cliente?

    Embora você possa estar sob o equívoco de que você já entende as necessidades do cliente e seus pontos problemáticos, mas quando você divide a jornada do cliente em pequenas fases, enquanto a reestruturação dos pontos de contato é fundamental para maximizar o sucesso do cliente.

     


    1. Criar uma persona comprador precisa

    Esse é o primeiro passo que você precisa dar quando estiver no caminho certo para criar uma persona de comprador precisa. Uma coisa importante a lembrar quando você começa a criar um compradoré que você não pode simplesmente parar em “One”. A persona do comprador e o comportamento ou interação mudam de acordo com o estágio de compra em que se encontram.

    A ideia é criar personas diferentes para alguém que progrediu até o estágio em que está pronto para fazer a compra e alguém que apenas começou a pensar em encontrar uma solução para um problema que você possa resolver.

    Criar uma persona comprador precisa

    2. Reconhecer os objetivos do comprador

    Uma vez criadas essas personas de comprador, a próxima etapa consiste em cavar fundo e entender o que elas esperam alcançar em cada etapa da jornada do cliente que você projetou com tanto cuidado.

    Você terá que pensar na meta maior e única dos compradores para cada fase, mantendo a flexibilidade suficiente para que as mudanças ocorram.

    Reconhecer os objetivos do comprador

    A maneira mais eficaz de fazer isso é estudar o caminho que um cliente faz no seu aplicativo ou site. Eles estão entrando, eles estão explorando certas categorias, você os vê indo e voltando, ou você sente uma confusão? Crie uma lista de todas essas atividades. Essa lista ajudará você a identificar todos os pontos de contato e objetivos individuais associados a cada ponto de contato.

    Agora, determine as metas para cada fase do cliente e descreva em seu mapa. Depois de fazer isso, você poderá ver o quanto está perto de atingir essas metas e abordar as consultas dos clientes.

    Formas de compreender os objetivos dos clientes

    • Realize uma pesquisa detalhada e / ou entrevistas para diferentes grupos de clientes
    • Coletar feedback de teste do usuário
    • Consulte os e-mails de suporte ao cliente e / ou transcrições com uma lupa
    • Encontre e categorize as perguntas dos clientes em cada fase
    • Identifique a ferramenta de análise correta do cliente para obter informações relevantes

    3. Identifique os pontos de contato do comprador

    Sempre que um cliente ou comprador entra em contato com sua marca, ele é denominado ponto de contato. Esse ponto de contato pode ser a qualquer momento na jornada, antes, durante ou depois que eles fizerem uma compra. Esses pontos de contato também incluem quaisquer momentos ou contatos que ocorram online ou offline, via marketing, cara a cara ou telefonicamente.

    Nem todos os pontos de contato têm o mesmo significado ou impacto.

    Identifique os pontos de contato do comprador

    Nesta etapa, você deve considerar todos os pontos de contato, grandes ou pequenos, que ocorrem entre os clientes e a marca ou sua empresa. Isso garante que você não perca nenhum ponto problemático, preocupação ou consulta do cliente, o que pode ajudá-lo a fazer melhorias.

    Identificando pontos de contato

    Nos últimos tempos, existem várias maneiras pelas quais os clientes podem experimentar sua marca. Francamente, pode ser uma tarefa assustadora reunir tudo isso. A melhor maneira de fazer isso é usar os sapatos dos clientes e percorrer sua jornada.

    Perguntas que você deve pedir para identificar os pontos de contato

    “Onde ir (e como chegar lá) quando …”

    • Eu enfrento um problema que sua empresa oferece uma solução para?
    • Eu acho um produto ou empresa que resolve o meu problema?
    • Eu decido fazer a compra?
    • Eu me deparo com o negócio depois de fazer a compra?

    Depois de obter respostas para essas perguntas, você tem todos os pontos de contato bem à sua frente.

    Outra maneira de fazer isso é fazer essas perguntas diretamente aos clientes e descobrir como a experiência deles está com a sua empresa. Você também pode executar uma pesquisa com essas perguntas e obter todas essas informações de bandeja para

    4. Liste os pontos problemáticos do comprador

    Depois de chegar a este passo, a ideia é agrupar todos os dados (quantitativos e qualitativos) e deixar que uma imagem grande se forme. Essa grande figura é fundamental para ajudar você a identificar prováveis obstáculos ou pontos problemáticos na jornada dos clientes com sua marca.

    Este é um guia para ajudá-lo a descobrir em quais áreas você está indo bem e onde você precisa fazer alguns ajustes.

    Liste os pontos problemáticos do comprador

    Para descobrir os verdadeiros pontos problemáticos para seus clientes, aqui estão algumas perguntas (para você começar) que você pode se fazer, os próprios clientes ou sua equipe que lidam com os clientes.

    • Os clientes do meu aplicativo ou site conseguem atingir suas metas?
    • Quais áreas ou elementos apresentam o máximo de fricção e frustração?
    • Quais são os pontos em que os clientes ou potenciais clientes abandonam as compras e quais são os motivos?

    Depois de descobrir os obstáculos na estrada e os pontos problemáticos, você deve marcá-los no mapa de jornada do cliente. Para tornar as coisas interessantes, você também pode destacar os momentos ao lado dos pontos problemáticos.

    5. Priorizar e resolver obstáculos

    Nesta fase você teria que entrar na micro perspectiva. Para isso, você precisaria perguntar e responder (pelo menos) as seguintes perguntas.

    • O que você precisa melhorar ou criar?
    • Você precisa desfazer tudo e começar do zero?
    • Algumas pequenas mudanças seriam suficientes para causar um grande impacto?
    Priorizar e resolver obstáculos

    Digamos que um grande número de solicitações sejam recebidas de seus clientes sobre o complexo processo de login que você configurou. Chegou a hora de reformular tudo.

    Depois de identificar os principais obstáculos na jornada do cliente, você precisa dar um passo para trás e olhar para o quadro geral (entrar na perspectiva macro). Neste ponto, entenda que a ideia não é fazer mudanças ou otimizar cada ponto de contato apenas para o que há de bom. O objetivo final é empurrar seus clientes mais abaixo no funil e aproximá-los da conversão.

    Sua grande meta é maximizar o total de conversões. Assim, todas as ações (grandes ou pequenas) que você toma devem contribuir para esse grande objetivo.

    Um desafio

    Você pode ter a melhor intenção ao mapear a jornada do cliente, mas vieses assumem o controle em muitos casos. A maioria dos mapas de jornada do cliente é centrada na empresa, porque eles observam os pontos de contato com base na percepção que a empresa tem sobre onde os clientes devem estar, em vez de onde realmente estão.

    Lembre-se disso e, conscientemente, tente se afastar dessa maneira convencional de mapear a jornada dos clientes e pensar nos mapas do cliente como um modelo que pode ajudar a identificar pontos para instruir seus clientes. O mais importante aqui é criar uma estratégia de marketing de conteúdo atraente que atraia os clientes e os incentive a se envolver com você e aprender mais sobre a marca e os produtos ou serviços que você oferece.

    6. Constantemente atualizar e ajustar

    Você pode pensar que, depois de ter criado o mapa de jornadas do cliente, estará pronto para sempre. Não funciona assim e você nunca pode acabar com isso de uma vez por todas. Seus clientes estão mudando e evoluindo continuamente, o que significa que o mapa de jornada do cliente terá que ser alterado o tempo todo para corresponder a ele. Tem de haver uma qualidade dinâmica para que possa continuar a crescer e evoluir.

    Pode ser uma boa prática testar, atualizar e ajustar o mapa de jornada do cliente a cada 6 meses. Além disso, sempre que você fizer alterações significativas no produto ou serviço, você deve fazer as alterações necessárias no mapa de jornada do cliente imediatamente.

    Constantemente atualizar e ajustar

    Como aplicar seu mapa de jornada ao seu negócio

    Agora que você conhece o processo de criação de um mapa de jornada do cliente, é hora de ir em frente e aplicá-lo no mundo real. Os insights e as oportunidades que você identificou o ajudarão a gerar mudanças significativas nos negócios.

    Este mapa de jornada do cliente deve ser compartilhado em toda a sua empresa através de todas as equipes e departamentos, para que toda a entidade possa se beneficiar dele.

    Conclusão

    Hoje, a chave para experimentar qualquer tipo de sucesso ou crescimento em seus negócios está na experiência do cliente. Quando você se concentra na perspectiva dos clientes, você também seria capaz de entender melhor seus desejos e necessidades. Isso oferece melhores oportunidades para criar experiências mais satisfatórias para os clientes.

    Os mapas de jornada do cliente podem ajudá-lo a criar melhores estruturas que forneçam informações mais precisas sobre os clientes e melhorem a eficiência dentro da organização. Eles podem não ser o “Santo Graal” para você, mas são extremamente eficazes para ajudar as empresas a identificar quaisquer oportunidades de envolvimento do cliente e aprimoramento de experiências, aumentar as conversões e obter um ROI massivo.

    Eu perdi alguma coisa aqui? Eu adoraria saber se você tem algo para adicionar aqui! Vá para a seção de comentários abaixo e encante-nos com seus insights.

    iPhone App

    16 maneiras de aumentar o seu ranking de iPhone App

    Como criar um aplicativo: Então você fez um incrível aplicativo para iPhone e já o publicou na Apple Store, mas lembrou também que existem outros 2 milhões de proprietários de aplicativos! Você olhou e verificou novamente que tem um aplicativo que é excelente e tem um alto desempenho real, mas por que as pessoas não estão baixando seu aplicativo? Um dos motivos mais prováveis ​​disso é o seu baixo ranking de aplicativo. Se você tem um aplicativo de baixa pontuação, você se perderá nos milhares de aplicativos da sua categoria e nunca verá a luz do dia. Mas ainda assim, o desenvolvimento e o design de aplicativos são provavelmente um dos mercados mais lucrativos hoje em dia, com amplo escopo e oportunidades. A informação e o conhecimento corretos sobre as formas de apresentar e otimizar seu aplicativo é o que o diferencia do resto e ajudam a melhorar o aplicativo.

    Nesta postagem do blog, falaremos sobre as diferentes maneiras pelas quais você pode melhorar o aplicativo do seu iPhone na Apple App Store. Appy Pie ajuda você a se manter no topo das paradas com uma série de blogs.

    1. Anuncie de maneira inteligente

    Publicidade nos tempos de hoje é um dos fatores-chave para qualquer produto ter sucesso ou ser notado. Por isso, é importante entender que a maior parte de seus esforços para obter uma classificação mais alta para seu aplicativo depende de como você o comercializa e a chave para um marketing bem-sucedido é a grande publicidade. Certifique-se de projetar sua campanha de publicidade e fazer todo o possível para chamar a atenção de seus usuários-alvo. Certifique-se de aplicar-se e ter ideias inovadoras em seus esforços para oferecer aos seus usuários uma experiência totalmente nova do seu aplicativo. Crie campanhas promocionais eficazes para seu aplicativo e tome medidas para que seu aplicativo seja o tipo certo de atenção pública. Quando você continua a executar esse tipo de campanha por alguns dias, especialmente no fim de semana, ela gera o maior número de benefícios. É o tráfego de fim de semana que é mais pesado quando comparado a qualquer outro dia da semana. Essa é uma das maneiras pelas quais você pode obter o máximo proveito para promover seu aplicativo para iPhone. Além disso, um desconto antecipado, ofertas introdutórias especiais ou descontos são muito úteis para ajudar você a aumentar o desempenho do aplicativo nas classificações. Nesse momento, sua intenção deve ser apenas atrair a atenção de tantos usuários quanto possível para seu aplicativo. Depois de ver seu aplicativo, usá-lo e gostar dele, ele fará a promoção por meio do boca a boca.

    1. Definir e direcionar o grupo de usuários certo

    A pergunta básica que você deve se fazer é: para quem você está construindo o aplicativo ou quem vai usar seu aplicativo? A pesquisa é de primordial importância e você precisa fazer uma boa quantidade dela e aprofundar-se em descobrir o que é que faz com que os melhores aplicativos tenham uma classificação mais alta? Neste momento, você precisa dissecar os aplicativos na parte superior para entender o que os usuários estão procurando em seus aplicativos. Após essa pesquisa, você deve entrar nos detalhes, como planejar o título, a descrição e as palavras-chave certos para a promoção do seu aplicativo. Caso você decida não cobrar nada pelo seu aplicativo, é importante mencionar que ele é “Gratuito” nos espaços certos e destacá-lo.

    É de grande valor saber para quem é que você vai segmentar seu aplicativo e, depois de definido, investir recursos consideráveis ​​para estudá-los e entender como eles interagem com a categoria do seu aplicativo e o tipo de recursos, preços e outros fatores que eles esperam e / ou estão procurando em um aplicativo que estão considerando fazer o download em seus telefones.

    1. Construa um bom site

    Ter um aplicativo excelente não é suficiente quando você deseja que ele seja apresentado nos gráficos mais importantes, é importante que você tenha uma página da Web bem projetada no lugar. Um site que foi bem projetado e tem imagens claras do seu aplicativo, aumenta seu quociente profissional e seu quociente de confiança entre os usuários. Neste site, além de algumas ótimas capturas de tela do seu aplicativo, inclua também alguns vídeos tutoriais, instrutivos ou introdutórios e algumas críticas genuínas e estelares de sua clientela. Este site não deve apenas ser rico em conteúdo visual profissional, mas também deve ser feito de uma forma que ajude os usuários a navegar através dele com grande facilidade, de modo que toda a experiência seja positivamente atraente para eles. Feito isso, você também pode usar o site como um meio para promover seu aplicativo em todas as principais redes de mídia social, e o site também pode se tornar um ótimo lugar para todos os usuários deixarem ótimos comentários também.

    1. Crie uma visualização na Web do iTunes

    Não se trata apenas de criar um iTunes Web Preview, projetá-lo. Este é um dos passos mais vitais para obter sucesso para o sucesso final do seu aplicativo para iPhone na Apple App Store. Você deve criar o iTunes Web Preview com uma intenção clara de que seja perfeito. Essa visualização também deve ter a descrição correta do aplicativo, palavras-chave, meta descrição e meta palavras-chave para seu aplicativo. Ao fazer isso, lembre-se de que essas páginas são indexadas nos mecanismos de pesquisa e, quando essas informações são fornecidas corretamente, o aplicativo obterá automaticamente uma visibilidade maior. Para esta prévia você pode contratar um redator profissional ou trabalhar em suas próprias habilidades de escrita para criar conteúdo de qualidade. As palavras corretas ajudarão você a gerar o tipo certo de interesse entre os usuários pelo seu aplicativo.

    1. Dê destaque ao seu aplicativo

    “O que você vê é o que deseja …” e nada pode ser mais verdadeiro quando se trata do desempenho do seu aplicativo na Apple App Store. Certifique-se de que seu aplicativo receba o máximo possível de atenção da mídia. Envie um comunicado à imprensa ou uma série deles anunciando o lançamento e, em seguida, os recursos exclusivos ou quaisquer outros desenvolvimentos sobre seu aplicativo e solicite vários canais de mídia para encobri-los. Aproveite esses comunicados à imprensa e deixe os usuários saberem o que torna os aplicativos dignos de seu tempo, atenção e dinheiro, além de ajudá-los a descobrir as diferentes maneiras pelas quais eles podem obter benefícios do aplicativo. Este buzz de mídia que você gera através de uma série de medidas diferentes ajuda muito no seu novo aplicativo para iPhone. Outra maneira de fazer isso é a promoção cruzada do seu aplicativo. Crie relacionamentos com outros desenvolvedores ou proprietários de aplicativos e você poderá tentar negociar publicidade no aplicativo com eles, o que trará benefícios mensuráveis.

    1. Faça você App lançado em feiras e eventos

    Faça um pequeno pré-lançamento ou lançamento promocional antes do lançamento real do aplicativo em eventos importantes, como feiras de negócios, e você ficará surpreso com o tipo de benefícios promocionais que isso pode proporcionar ao seu aplicativo. Eventos como esses são fortemente cobertos pela mídia e há muita agitação que atrai o tipo certo de usuários. Quando você faz um lançamento promocional em um evento como esse, você atrai automaticamente a atenção da mídia necessária para o seu aplicativo e não precisa gastar muito esforço ou despesas. Essa atenção da mídia pode realmente fazer maravilhas para você quando você faz um lançamento oficial na Apple App Store, ajudando você a obter uma classificação mais alta.

    1. Certifique-se de que suas palavras-chave estejam dentro de 100 caracteres

    Quando você lança ou publica seu aplicativo na Apple App Store, ele permite adicionar palavras-chave à sua listagem na App Store. Essas palavras-chave são usadas pelo algoritmo de pesquisa para exibir seu aplicativo nos resultados da pesquisa. É por esse motivo que você escolhe o tipo certo de palavras-chave para o seu aplicativo e que ele deve descrever bem o seu aplicativo. O limite de caracteres aqui é 100, portanto, é aconselhável abster-se de usar palavras-chave de cauda longa, plurais, o nome do aplicativo do iPhone ou de erros ortográficos nas palavras-chave. Essas palavras-chave podem ser separadas por vírgulas e não devem conter espaços.

    1. Torne o seu título de aplicativo descritivo e fique a 50 caracteres

    Como você não é uma grande marca, seu aplicativo ainda não é um nome popular ou reconhecível. Portanto, você deve usar o espaço do Título do aplicativo para usar palavras-chave que melhor descrevam a funcionalidade principal do seu aplicativo, o que ajudaria os usuários a terem uma ideia clara do que podem fazer com o aplicativo que estão baixando. Essas palavras-chave também podem ser usadas para melhorar seus rankings de busca, mantendo todos com menos de 50 caracteres, que é o limite.

    1. Não use termos genéricos ou nomes semelhantes aos aplicativos existentes

    Isso geralmente é ignorado e é responsável por mais danos do que você imagina. Quando o título do seu aplicativo tem uma palavra genérica, como “música” ou “jogo”, você o mantém muito vago para qualquer usuário em potencial ter qualquer interesse nele. Só mais uma coisa para lembrar ao nomear seu aplicativo é abster-se de usar nomes que possam ser semelhantes a outros aplicativos proeminentes. Isso não só faz com que seu aplicativo seja rejeitado pela Apple App Store, mas definitivamente fará você parecer um desses desenvolvedores obscuros e diminuirá suas credenciais entre o grupo de usuários-alvo, e eles definitivamente evitarão o download do aplicativo para iPhone. Faça com que seu aplicativo se destaque e não se misture.

    1. Inclua palavras-chave no título

    Conversamos sobre o título, incluindo as palavras-chave certas, para ajudar os usuários a entender o que estão fazendo o download e a se interessar pelo que você tem a oferecer. Além disso, vale a pena saber que, quando você adiciona palavras-chave descritivas ao título, isso aumenta a visibilidade ou a capacidade de descoberta do aplicativo em pelo menos 11%. Isso é algo que precisa ser levado em conta, pois, ao colocar o aplicativo mais alto, cada segundo percentual é de grande valor.

    1. Publique o aplicativo na categoria que melhor descreve sua função principal

    Quando você publica seu aplicativo na Apple App Store, precisa escolher a categoria correta e manter o foco na funcionalidade principal do seu aplicativo, e não nas funções secundárias. Se você escolher a categoria errada, estará disponibilizando seu aplicativo para o tipo errado de pessoas. Se a sua funcionalidade principal está relacionada a fotos e vídeos, mas você também oferece compartilhamento, como o Instagram, você classificaria na categoria Fotos e Vídeo e não em Redes Sociais, que pode ser mais adequado para aplicativos como o Facebook.

    1. Deixe a descrição do aplicativo ser amigável

    A descrição do aplicativo é o que os usuários investigarão se quiserem saber o que seu aplicativo realmente faz. Essa é uma parte extremamente importante do seu aplicativo, pois é isso que os apresentaria às funções e aos benefícios de usar seu aplicativo. Algumas das dicas mais importantes que precisam ser lembradas ao desenvolver uma descrição do aplicativo são as seguintes:

    • Escreva a descrição em um formato de marcador ou divida-a em parágrafos curtos para torná-la mais legível.
    • Faça uso da prova social como cobertura da imprensa, depoimentos de usuários ou resenhas etc.
    • Ofereça uma lista de benefícios e estudos de caso relevantes.
    • Continue atualizando esta descrição adicionando informações sobre o número da versão e as alterações feitas na nova atualização, correções de bugs, novos recursos, alterações no design, etc.
    1. Certifique-se de que tudo na sua listagem de aplicativos seja testado com A / B

    Todos os aspectos da sua listagem, incluindo o ícone do aplicativo, as capturas de tela, a descrição, as palavras-chave e os vídeos, são importantes para a Otimização da App Store. Também foi estabelecido por meio de pesquisas que a troca de vídeos e capturas de tela oferece cerca de 25 a 30% do aumento de conversão. No início, teste o título, a descrição, o vídeo e as imagens do aplicativo antes de passar para as outras seções da listagem inteira.

    1. Solicite aos usuários felizes que avaliem e revisem seu aplicativo

    Considere isso, você vai comprar um item eletrônico no qual você está interessado. Primeiro, você não consultaria as pessoas que usaram esses itens antes de você e pedirão recomendações? No mundo digital, é ainda mais importante porque você provavelmente tenha ao menos idéia de entrar nele. Assim, os usuários tendem a analisar as avaliações e os comentários dos aplicativos antes de comprá-los ou baixá-los em seus dispositivos. Na verdade, os estudos sugerem que, dentre os aplicativos em que todos os outros fatores estão no mesmo nível, 59% dos usuários optariam por baixar um aplicativo com classificação mais alta e melhores avaliações. Depois de estudar os aplicativos mais bem classificados, reduzimos o processo para um feedback positivo dos usuários.

    • Observe o comportamento dos usuários no aplicativo e espere até que eles tenham derivado algum tipo de valor do seu aplicativo.
    • Neste ponto, pergunte-lhes uma simples pergunta Sim / Não sobre se estão gostando do aplicativo.
    • Solicite ao grupo Sim que avalie e revise, e aos NÃO oferecem uma opção para deixar um feedback interno.
    1. Palavras-chave alvo que têm baixa concorrência e baixo volume de pesquisa

    Quando você está apenas começando, é uma idéia melhor para se tornar um peixe grande na lagoa menor, em vez de se tornar um peixe pequeno na lagoa maior. Use ferramentas de pesquisa de palavras-chave ou encontre manualmente palavras-chave que exibam um volume de pesquisa menor e uma concorrência menor. Neste cenário, tente classificá-los bem. Depois de ter criado algum tipo de prova social e credibilidade, passe para um ataque aos objetivos maiores e à maior competição.

    1. As duas primeiras imagens devem mostrar os melhores recursos

    Foi estabelecido, através de vários estudos confiáveis, que mais de 60% dos usuários só vêem as duas primeiras capturas de tela. Por isso, é importante que você preste bastante atenção nas duas primeiras capturas de tela e no design delas. É imperativo que você tenha em mente as seguintes coisas ao criar as capturas de tela:

    • Envie apenas imagens de alta resolução
    • Faça uso de texto e anotações de sobreposição para melhorar a mensagem
    • Mostrar apenas os melhores recursos
    • Use fundo plano para uma estética e visibilidade mais fortes

    Manter esses pontos em mente oferecerá uma melhor experiência ao usuário para seu aplicativo.

    desenvolvimento de aplicativos

    11 mitos malucos sobre o desenvolvimento de aplicativos corporativos

    Neste post vamos falar sobre as razões pelas quais você deve ter um aplicativo corporativo para a sua organização, o que você pode esperar desse investimento e, o mais importante, vamos acabar com alguns dos maiores mitos que estão circulando, impedindo você de dar o primeiro passo!

    O mundo está móvel e há um aplicativo para tudo hoje. Os consumidores passaram a usar aplicativos móveis para tudo e estão adotando-o como um dos meios mais convenientes para realizar uma variedade de tarefas.

    É natural que as empresas tenham que pensar em uma estratégia móvel eficaz que se estenda além de um único aplicativo móvel e de um website para seus negócios.

    Neste ambiente, como as empresas estão se movendo rapidamente para a plataforma móvel e aplicativos móveis corporativos pode, de fato, oferecer a solução mais adequada e mais fácil para os problemas mais complexos que podem surgir em qualquer negócio.

    Por que você ou qualquer outra pessoa deve investir na Solução de Mobilidade Empresarial?

    As aplicações corporativas contribuíram muito para moldar o mundo corporativo como é hoje, e as empresas estão percebendo rapidamente seu potencial.

    Vamos dar uma olhada rápida nas razões pelas quais qualquer empresa que deseja ter sucesso deve investir em soluções de mobilidade empresarial.

    • Uma aplicação de mobilidade empresarial é inerentemente projetada para melhorar a eficiência e a produtividade de um negócio
    • Um aplicativo de mobilidade empresarial pode ser uma bênção especialmente para a equipe em campo
    • As soluções de mobilidade corporativa têm uma incrível capacidade de trazer à luz novos insights de negócios
    • Os aplicativos corporativos facilitam todo o processo de gerenciamento de tarefas

    É comum que as pequenas empresas hesitem em entrar nessa onda em particular e é principalmente por causa de certos mitos que estão circulando há algum tempo. Como um veterano na indústria, tenho visto muitas empresas arrasarem nisso, e é frustrante ver o tipo de dano que esses mitos trazem para eles.

    Agora é hora de quebrar alguns mitos sérios!

    Mito # 1 Somente aqueles que são experientes em tecnologia podem usar aplicativos

    Este é um dos maiores mitos que são considerados verdadeiros quando se trata de criar aplicativos corporativos.

    Mito nº 2: os usuários finais não precisam estar envolvidos na fase de desenvolvimento

    Normalmente, as empresas que desejam desenvolver um aplicativo corporativo estão fazendo isso para simplificar processos complicados. Um negócio consiste em muitas pessoas que têm seus trabalhos e responsabilidades atribuídas a eles. São essas pessoas em vários níveis que eventualmente seriam os usuários finais. Acreditar que esses usuários precisam estar envolvidos apenas no processo de criação de aplicativos no final de todo o processo, você acabaria enfrentando problemas, inevitavelmente!

    É importante que você mantenha todos esses usuários finais no loop durante todo o processo. Assim como qualquer outro aplicativo para dispositivos móveis, é afinal de contas os usuários de aplicativos que são os mais importantes. Depois de discutir com os usuários finais suas expectativas do aplicativo, as chances de o aplicativo ser um sucesso são muito maiores.

    Além disso, durante todo o processo, os usuários do aplicativo devem estar cientes de todos os recursos e funcionalidades que você adicionará ao aplicativo e da jornada do usuário pelo aplicativo. Isso ajudará você a avaliar seu conforto ao usar o aplicativo também.

    Mito nº 3 Podemos fazer isso sozinhos

    É comum as empresas que têm divisões de TI dedicadas pensarem que podem gerenciar todo o processo de desenvolvimento internamente. Agora, eles podem ser ótimos na conceituação e até mesmo na visualização de todo o processo, o que pode ajudá-los a projetar o aplicativo inteiro de maneira eficaz, mas isso não significa que eles seriam capazes de lidar com todos os aspectos do projeto.

    O processo de desenvolvimento de aplicativos corporativos e sua implementação vêm com suas próprias complexidades e desafios que podem estar além do escopo de uma empresa típica.

    O desenvolvimento de aplicativos corporativos pode envolver a extração de dados importantes de quaisquer aplicativos existentes de maneira adequada, além da falta de habilidades e experiências específicas para o desenvolvimento de aplicativos móveis e as responsabilidades existentes e tudo isso pode ser uma tarefa difícil, mesmo para algumas das melhores organizações.

    É por isso que faz sentido olhar para fora da organização e contratar especialistas, pois extrair os dados certos de maneira adequada pode ser fundamental para a qualidade do resultado final.

    Mito nº 4: o desenvolvimento de aplicativos levaria sempre 6 semanas

    À medida que você procura especialistas para contratar para o desenvolvimento de aplicativos corporativos, haveria muitos que viriam com termos da nova era, como “ágil” e “rápido desenvolvimento”, quando estão falando sobre seu ciclo de desenvolvimento. Você poderia até se deparar com reclamações em que eles completaram todo o processo de desenvolvimento em surpreendentes 9 semanas ou umas ridículas 6 semanas de tempo. Agora, como empreendimento, quando você pensa nessas promessas em mente, as chances são de que você fique surpreso ao saber que 6 semanas de desenvolvimento são diferentes das 6 semanas do seu dicionário.

    O cronômetro de desenvolvimento geralmente começa somente depois que você já extraiu as informações necessárias do SAP, Oracle, Slack, Salesforce, Todoist, Dropbox ou qualquer outro aplicativo que esteja reunindo. Todo o processo de extração de dados na forma desejada e utilizável pode levar entre 8 a 12 semanas!

    Isso significa que você está atrasado, mesmo antes de o relógio ter começado!

    Mito nº 6 Enterprise App Development esvazia os seus bolsos

    Não há um preço “tamanho único” para o desenvolvimento de aplicativos corporativos. O custo depende muito do requisito de negócios. Existem vários fatores que contribuem para o custo de desenvolvimento do aplicativo, e, a menos que você realmente queira explorar as opções e obter algumas cotações, seria imprudente simplesmente assumir que está além do seu bolso para obter um aplicativo.

    Por fim, o custo de criação de seu aplicativo corporativo dependeria muito da complexidade de seus requisitos e dos recursos que você precisaria adicionar ao seu aplicativo corporativo.

    Mito # 7 Envolve Apenas Codificação

    Acredita-se que o desenvolvimento de um aplicativo corporativo de sucesso depende apenas da codificação e é isso. De fato, há muito mais na história. A codificação é apenas o requisito básico, mas para projetar um aplicativo inteiro.

    Naturalmente, você precisaria de um conceito ou uma ideia original, design de funcionalidade, gráficos e experiência do usuário, tudo o que precisa de uma certa experiência e conhecimento.

    Mito # 8 Não pode ser integrado com sistemas legados

    Esse mito é baseado em um fato que era verdade há muito tempo. É verdade que realmente houve um tempo em que os aplicativos para dispositivos móveis precisavam de APIs dedicadas para poder acessar os sistemas de backend, como Oracle, SAP, MySQL etc.

    Hoje, no entanto, as coisas mudaram drasticamente devido à disponibilidade do back-end móvel como um serviço para atender aos padrões das empresas. É por esse motivo que os aplicativos podem visualizar e integrar-se aos sistemas legados. Isso alivia muitos receios sobre o uso de APIs e os requisitos de infraestrutura relacionados que eram necessários anteriormente.

    Mito # 9 Não é tão importante

    Este é um mundo de ritmo acelerado, e os negócios dos dias de hoje certamente precisam de uma estratégia robusta de mobilidade para sobreviver e prosperar. Hoje em dia, uma empresa que pensa que uma solução de mobilidade empresarial não é importante pode não estar atento para a importância de revoluções como a CORP & BOYD, que parecem ser mais do que uma mera tendência, na verdade vai se estabelecer como uma norma padrão. em breve.

    É menos uma opção e mais um meio para melhorar a produtividade geral da organização e dos funcionários. Não reconhecer os benefícios inerentes à implementação da solução de mobilidade em nível corporativo pode ser um obstáculo quando se trata de conduzir os negócios a um caminho de sucesso, ao mesmo tempo em que evita que você ganhe uma vantagem competitiva.

    Mito # 10 de aplicativos corporativos são vulneráveis em termos de segurança

    Este é mais uma vez um mito recuado na história. Houve um tempo em que manter qualquer dado em um aplicativo móvel seria igual ao ato de abrir os dados até os hackers com malintent. As empresas de desenvolvimento de aplicativos para dispositivos móveis incorporam hoje medidas de segurança sofisticadas, tornando-as praticamente imunes a qualquer esforço de hackers.

    Os grandes players do mundo do desenvolvimento de aplicativos corporativos estão agora aproveitando tecnologias revolucionárias como o Blockchainto para criar aplicativos que seriam impossíveis de invadir ou invadir sem alertar as pessoas certas….

    Mito # 11 Soluções de Mobilidade Empresarial Obterão Maturidade Dando Forma à Padronização

    Por um bom tempo, o mundo da mobilidade empresarial avançou a um ritmo impressionante. Há novas soluções surgindo quase todos os meses e tem havido especulação sobre um cenário em que haveria poucos vencedores emergindo de todo o cenário e uma padronização geral acabaria sendo implementada.

    Se você me perguntar, isso não vai acontecer tão cedo.

    A razão para minha crença é que até mesmo os padrões como HTML5 e OAuth estão evoluindo. Aplicativos como SAP, Oracle e Salesforce, que formam a base, também estão evoluindo. E as soluções que os fornecedores de aplicativos corporativos estão criando também estão passando por uma quantidade ridícula de mudanças a um ritmo alarmante!

    Por isso, considere mudar o seu amigo neste cenário isolado! Se você fizer provisões para mudanças e deixar algum espaço para flexibilidade, estará se preparando para um futuro que ficaria feliz em ver onde seria capaz de aproveitar metodologias ágeis e enxutas para criar soluções móveis exclusivas.

    Envolvendo!

    Alguns desses mitos são infundados, enquanto outros ainda são simplesmente informações irrelevantes e desatualizadas. Acreditar em qualquer um desses mitos pode não apenas impedir que as empresas aproveitem seu potencial, mas também, às vezes, danificar todo o esforço de desenvolver aplicativos para seus negócios (se eles começarem com crenças equivocadas).

    organizar todas as suas ideias

    Um guia abrangente para capturar e organizar todas as suas ideias

    Como criar um aplicativo: São idéias que impulsionam um negócio e pensamento criativo e inovação que alimenta avanços no crescimento profissional. Temos a tendência de nos concentrar no desenvolvimento de novas ideias em processos, mas percebemos a importância do processo através do qual organizamos as nossas ideias? As idéias podem ser inconstantes, elas podem se apressar quando você menos espera e, em seguida, desaparecer, mesmo quando você mentalmente tentar pegá-las, mas pode acaba com seus punhos no ar! Suas idéias podem ser a base que de seu próximo movimento de grandes empresas ou o ponto de virada em sua carreira. Seria uma coisa tão ruim se você começasse a adotá-los de maneira disciplinada, capturá-los e organizá-los com um sistema eficiente de arquivamento.

    Existem vários níveis em que você pode precisar organizar suas ideias como tirar as idéias da sua cabeça e colocá-las em um meio mais maleável ou ter um lugar definido onde elas podem interagir organicamente e, assim, evoluir. Se você não tem um sistema para capturar as idéias, seja rabiscando-as, escrevendo-as ou talvez por meio de uma entrada no diário, há uma boa chance de perder a riqueza que suas idéias podem oferecer. Você não precisa ser um escritor para fazer isso. Quando você arquiva ou organiza as idéias que fluem para fora da sua cabeça de uma maneira efetiva, você essencialmente cria um conjunto de ideias inspiradoras para depositar.

    Quais ideias devem ser incluídas no arquivo de ideias?

    Para ser muito direto, cada ideia deve definitivamente chegar ao arquivo da ideia. Mas as categorias amplas de ideias que podem entrar em um arquivo de ideias variam de pessoa para pessoa, dependendo da natureza do trabalho em que estamos engajados. Para alguém como eu, que brinca com uma ampla variedade de tópicos, as categorias provavelmente seriam mais do que alguém que tem uma linha especializada de trabalho. Comece listando quantas categorias você pode pensar e, em seguida, escolha as categorias ou construa suas próprias de acordo com sua necessidade.

    Configurando seu próprio arquivo de ideia

    Para que um arquivo de ideia seja de alguma utilidade ou consequência para você, é importante que ele não seja apenas abrangente, mas também organizada da melhor maneira possível. Tem que ser estruturada ou projetada de uma maneira que torne muito conveniente anotar tudo o que vem à sua cabeça. Isso garantiria que seu arquivo de ideia seja organizado e capture cada ideia que entra em sua mente. Além disso, há uma necessidade de converter esse fluxo de ideias em um formato comparativamente estruturado para que você possa fazer e manter o arquivo da sua ideia organizado.

    Configurando seu próprio arquivo de ideia

    Essa abordagem aqui que vamos discutir é uma confluência dos dois, em que falaríamos sobre maneiras pelas quais você pode usar o bloco Evernote para capturar cada ideia que surgirá em sua mente e a maneira como você pode usar uma planilha do Google para Organizar e analisar todas as suas ideias. Além disso, para conectar o notebook do Evernote e a planilha do Google, como muitos outros profissionais, você pode usar o Appy Pie Connect para que, a qualquer momento, você tenha uma lista atualizada de todas as suas ideias.

    Configurando o arquivo de captura

    Como profissional, é bastante normal nos dias de hoje ter que se movimentar muito, e no espírito dessa mobilidade existe a necessidade de encontrar um meio para registrar suas idéias de uma forma que torne mais fácil para você capturar perfeitamente ideias, seja no seu computador ou no telefone. O Evernote é a melhor opção para isso e é o melhor lugar para capturar todas as suas ideias de maneira conveniente e confiável. Existem outras opções também, mas recomendamos fortemente o Evernote, por experiência pessoal.

    Depois de selecionar qual opção de anotação você estará trabalhando:

    Crie um caderno para suas idéias e nomeie-o como algo realmente simples como – “Ideias” ou “Ideias Inovadoras” ou “Ideia de Arquivo”

    Instale o aplicativo de anotações que você está usando em todos os dispositivos em que você está trabalhando ou use regularmente o telefone.

    Para facilitar o acesso, crie um atalho do arquivo de ideias em cada um dos dispositivos que você planeja usar.

    Depois de ter feito isso, você está pronto para começar a capturar suas idéias em seu caderno. Assim, a partir de agora, sempre que qualquer ideia, não importa o quão absurda, meio malcheirizada ou boba, você acertar, certifique-se de adicioná-la ao seu próprio “arquivo de ideias”. Uma das maneiras mais eficientes de ter funcionado sem falhas no passado é ditar qualquer coisa que chame a sua atenção para o notebook “arquivo de ideias” do Evernote através do seu telefone, mas se você estiver usando o computador naquele momento, digite-o diretamente no caderno do Evernote que você pode manter aberto enquanto trabalha. Outra maneira rara de capturar suas ideias é através de e-mail, onde você pode enviar a idéia por e-mail usando seu ID de e-mail do Evernote e criar uma nota por e-mail. Inicialmente, você teria que criar mais de uma maneira rápida de adicionar notas ao seu “arquivo de ideias”, mas o mais importante é ter uma ferramenta útil ao seu redor o tempo todo, para que você possa adicionar toda e qualquer ideia para o seu arquivo de ideia de uma forma consistente.

    Apple Fall Event

    Apple Fall Event, 2018: um iPhone maior e um Apple Watch aprimorado

    Como criar um aplicativo: Esta quarta-feira testemunhou o tão aguardado e mal antecipado evento anual da Apple. Um dos maiores destaques foi o iPhone XS Max, que, no tamanho de tela de 6,5 polegadas, é o maior iPhone lançado e o mais caro também.

    O evento que foi realizado em Cupertino, Califórnia, a sede da Apple foi aguardado com muita especulação e anunciou não apenas novos iPhones, mas também um novo Apple Watch.

    Os iPhones formam a linha de produtos mais importante para a Apple, e eles vêm seguindo um livro de estratégias de longa data para o mesmo: continuar desenvolvendo modelos maiores, mais rápidos e mais caros.

    Esta quarta-feira viu uma reiteração do mesmo, onde uma nova gama de iPhones foram introduzidos, que serão maiores, mais rápidos e definitivamente mais caros. O iPhone X que estreou no ano passado custava US $ 1.000 e o iPhone XS Max foi lançado a US $ 1.100.

    O novo relógio inteligente da Apple, porém, parecia ser um testamento para moldar e se concentrar em sua saúde. O novo Apple Watch que foi apresentado no evento vem com um sensor eletrônico de coração que é aprovado pelo FDA (Food & Drug Administration). Esse aspecto não significa apenas grandes coisas para a saúde, mas também pode levar o Apple Watch ao mesmo nível do iPhone, em vez de ficar escondido em suas sombra.

    iPhone XS, iPhone XS Max e iPhone XR

    O lançamento desses telefones foi provavelmente o maior sucesso de todo o evento. Os três recém-lançados iPhones, em termos de design, são essencialmente os mesmos do iPhone X, lançado no ano passado ostentando uma fachada frontal que é toda tela impedindo um corte no topo para abrigar uma câmera frontal e nenhum Home Button.

    Esta linha foi lançada na quarta-feira, mas na verdade foi a linha de produtos mais cara a ser lançada pela Apple.

    Tanto o novo iPhone XS quanto o iPhone XS Max vêm com uma tela OLED melhorada, que foi denominada pela Apple como “Super Retina”. Eles ainda são verdadeiros monitores e suportam HDR.

    Os modelos XS são versões mais velozes do XS que vêm com um processador avançado, vidro durável e tela OLED Super Retina, que possui uma ampla gama de cores.

    O iPhone XR é mais do que um modelo de entrada que possui uma tela de 6.1 ”, mas é tão rápido quanto os modelos XS mais caros. No entanto, ele tem uma câmera de lente única em contraste com os sistemas de câmeras de lente dupla em telefones XS.

    As telas XR são LCD com tecnologia “Liquid Retina”, que são comparativamente uma tecnologia menos dispendiosa que a tecnologia OLED dos telefones XS. Outra diferença saliente é que o invólucro em telefones XR é o de alumínio, enquanto que na gama de telefones XS o invólucro é feito de aço inoxidável.

    LCD com tecnologia

    A tendência de ir grande com o tamanho da tela dos telefones é realmente muito real e bastante como as TVs de tela grande, as pessoas preferem telas maiores para seus telefones móveis também.

    Lá, é claro, é uma questão de desconforto em usar telefones celulares de tela grande, pois eles se tornam muito difíceis de usar com uma única mão. Este foi um problema enfrentado pelos usuários do iPhone X, quando eles não conseguiam alcançar o polegar na tela de 5,8 polegadas para digitar uma tecla ou para apertar um botão em qualquer um dos aplicativos.

    Esse problema foi resolvido pela Apple quando eles começaram a aumentar os tamanhos de tela do telefone com o iPhone 6 com o Reachability – um atalho de software. Usando esse atalho, os usuários poderiam tocar duas vezes no botão home para abaixar a parte superior da tela, facilitando o acesso aos botões ou outros elementos que estavam fora de alcance.

    Nos novos iPhones, no entanto, não há botões home, portanto, o recurso é ajustado um pouco e agora você tem que deslizar para baixo a partir da parte inferior da tela, o que torna o processo pesado.

    As câmeras dos novos telefones foram incrivelmente aprimoradas e vêm com um recurso exclusivo que permite refocar a imagem depois que elas já foram tiradas. Este recurso já estava sendo oferecido pela Samsung há pelo menos dois anos!

    Curiosamente, a maioria das atualizações que foram anunciadas foram em grande parte de natureza técnica e, para ser franco, bastante incremental. Vários desenvolvedores de videogames também foram convidados no palco com a intenção de demonstrar os aprimoramentos que foram feitos nos gráficos e no desempenho de processamento dos dispositivos.

    desempenho de processamento

    O recurso de realidade aumentada multijogador demonstrado na jogabilidade tornou-se um evento por si só, já que três jogadores no palco estavam jogando simultaneamente um jogo de tiro arcade enquanto usavam três telefones diferentes. A esperança é criar uma conexão entre os jogadores do paradigma digital e o mundo real.

    Maior, mais rápido e, claro, mais caro

    O novo iPhone XS Max é agora o celular mais caro da Apple, a partir de US $ 1.100 e o modelo mais caro custa US $ 1.449, cerca de US$ 500 a mais do que um MacBook Air!

    MacBook Air

    O iPhone XS, no entanto, tem o mesmo tamanho e preço do iPhone X lançado anteriormente.

    Devido a pequenos ajustes na tecnologia, o iPhone XR estaria disponível para os clientes em US $749. O telefone parece bastante semelhante à variante X, mas tem uma tela LCD de 6,1 ”, um pouco menor.

    Apple Watch Series 4

    Foi anunciado no palco que a linha Apple Watch é agora a líder em relógios quando se trata do número de vendas, e com a Série 4, eles pretendem manter sua posição.

    Este é o primeiro grande redesenho desde que o smartwatch da Apple foi lançado pela primeira vez. Embora a identidade geral do design permaneça a mesma, ela pode ser considerada uma grande reformulação de várias maneiras.

    Apple Watch Series 4

    O tamanho geral permanece o mesmo, mas o novo relógio é mais fino e os monitores cobrem mais dos rostos no relógio. Os tamanhos de tela, no entanto, aumentaram de 38mm para 40mm e de 42mm para 44mm. a magnanimidade dessa mudança pode ser melhor compreendida pelo fato de que as novas telas são de fato mais de 30% maiores que os modelos anteriores em termos de área de superfície.

    Além disso, o redesenho parece inclinar-se fortemente para transformar o dispositivo em mais uma ajuda de saúde. O novo relógio vem com um processador mais rápido e sensores de saúde e movimento aprimorados. O relógio pode detectar se o usuário tropeça e cai, solicitando ou alertando-o para ligar para os serviços de emergência. Além disso, se o relógio não detectar nenhum movimento por um minuto, ele fará essa chamada automaticamente. O relógio também tem a capacidade de realizar um eletrocardiograma, permitindo que você saiba de qualquer aberração relativa no ritmo do seu coração.

    Além disso, Tim Cook também indicou que ele quer dobrar a receita de seu negócio de serviços até 2020. Isso é ainda mais substanciado pelo fato de que a empresa vem investindo cada vez mais recursos no software e serviços como a App Store e a sempre crescente fluxo de entretenimento.

    Outra atualização interessante foi sobre o HomePod, os alto-falantes sem fio exclusivos da Apple, que levam a experiência de clientes da Siri para outra alta.

    Agora, no HomePod, os usuários podem pedir ao Siri para procurar músicas por letras. Isso significa que os usuários do HomePod podem pedir ao Siri para “tocar a música que toca…”. Além disso, os usuários do HomePod também poderiam criar vários timers.

    HomePod

    Lançamento do iOS 12

    No evento de quarta-feira, a Apple também anunciou que a versão final do iOS 12 seria lançada ao público na segunda-feira, 17 de setembro. O recurso completo do iOS 12 GM logo estará disponível para os testadores beta.

    Lançamento do MoOSve macOS

    Além disso, as especulações chegaram ao fim, finalmente, como a Apple confirmou que a versão pública do macOS Mojave seria lançado uma semana após o lançamento do iOS 12, ou seja, na segunda-feira seguinte, 24 de setembro.

    Anúncios que não chegaram!

    Agora que já falamos sobre tudo o que foi anunciado no evento, ainda há a questão de tudo o que não foi falado.

    Não houve anúncio de atualizações para muitos produtos como o iPad Pro, fones de ouvido sem fio AirPods, etc.

    Além disso, não houve menção de qualquer atualização oferecida no AirPower, o tapete de carregamento sem fio que foi anunciado no ano passado, mas ainda está para chegar ao mercado.

    Dois dos produtos da Apple MacBook Air e Mac Mini, que já estão atrasados para uma atualização, também não receberam nenhuma atenção.

    Responsabilidades de Reciclagem

    A Apple também desenvolveu um robô – Liam, que pode desmontar antigos iPhones para reciclagem, consideravelmente mais rápido que os humanos.

    No entanto, a Apple recebeu uma nota “D” do Greenpeace quando se trata de “extensão de vida do produto” e isso é precisamente porque eles são particularmente difíceis de reparar e reciclar, reduzindo assim seu tempo de vida potencial.

    Ali, na verdade, havia um relatório recente no The Post, que citava recicladores ao citarem um risco real de incêndio ao removerem baterias de íons de lítio de eletrônicos antigos, mesmo de grandes players como Apple, Samsung, Microsoft e muitos outros.

    Como Criar um Aplicativo gratuito

    Lista da melhor pilha de tecnologia para desenvolvimento de aplicativos móveis

    Até mesmo um novato que acaba de entrar no mundo do desenvolvimento de aplicativos móveis foi exposto ao termo e conhecimento do conceito de Tecnologia Stack.

    Independentemente do método escolhido para o desenvolvimento de aplicativos para dispositivos móveis, se você não conseguir reunir uma pilha de tecnologia forte e estável, não obterá os resultados desejados. O sucesso futuro de qualquer aplicativo móvel depende muito da pilha de tecnologia que ele usa.

    Pilha de Tecnologia – O que é isso?

    Como um todo, a pilha de tecnologia para desenvolvimento de aplicativos móveis pode ser categorizada em 4 aspectos. Estas são as mesmas áreas que se juntam para formar a anatomia de qualquer aplicação

    1. Desenvolvimento Frontend

    Essa é essencialmente a interface do aplicativo para dispositivos móveis usando os usuários que interagem com o aplicativo.

    1. Desenvolvimento Backend

    Essa é a parte responsável por receber a entrada do usuário, processar essa entrada e convertê-la em uma saída.

    1. Plataforma de Desenvolvimento

    Este é o lugar onde interfaces e bibliotecas se reúnem para projetar e desenvolver o aplicativo móvel.

    1. Requisitos Adicionais

    Estes incluem os elementos de tecnologia que afetam o desempenho do aplicativo, segurança e robustez.

    Depois de entender o que uma pilha de tecnologia significa, é hora de explorar as razões pelas quais as empresas precisam se sentar com os profissionais de desenvolvimento de aplicativos ou com a empresa que contrataram e discutir a pilha de tecnologia que seria usada para criar o aplicativo móvel.

    Encontrando a Melhor Pilha de Tecnologia – Por que é importante?

    Várias características definidoras do aplicativo móvel que você está criando dependem da seleção da pilha de tecnologia do aplicativo para dispositivos móveis. É o que decidirá se o aplicativo é completo ou se o aplicativo poderá ser dimensionado para várias versões de sistemas operacionais diferentes e muitas outras características.

    Escolher qualquer coisa, a não ser a melhor pilha de tecnologia, e isso certamente afetará o desempenho imediato do aplicativo e prejudicará suas perspectivas futuras de crescimento. O tempo de comercialização do aplicativo e o custo do desenvolvimento do aplicativo são apenas os problemas mais óbvios e iniciais que você enfrentaria, mas escolher a pilha de tecnologia errada pode levar a problemas mais profundos no seu aplicativo!

    Agora é hora de olhar para as pilhas de tecnologia que estão por trás do desenvolvimento de aplicativos móveis e web robustos, escaláveis e únicos.

    Pilha de tecnologia de aplicativos nativos

    Preferidos pela maioria das empresas por sua robustez e alto desempenho, aplicativos nativos,  apresentar-se como uma solução quase perfeita quando se trata de desenvolvimento de aplicativos móveis para negócios. Um aplicativo nativo permite que os desenvolvedores integrem as funcionalidades incorporadas do dispositivo em seus aplicativos móveis sem precisar depender de nenhuma API externa de terceiros.

    Quando você pensa em um aplicativo nativo, é natural que os aplicativos iOS e Android apareçam na sua cabeça. Agora, ambas as plataformas são diferentes em sua construção, o que significa que você teria que escolher pilhas de tecnologia completamente diferentes para ambas.

    Pilha de tecnologia para aplicativos móveis Android

    Embora Kotlin seja considerado como a linguagem oficial de programação para o desenvolvimento de aplicativos para Android, os desenvolvedores de aplicativos para Android ainda preferem usar a linguagem Java. Quando se trata de IDE, o software mais comumente usado para fins de desenvolvimento é o Eclipse e o Android Studio.

    É comprovado que essas plataformas de tecnologia Android ajudam os desenvolvedores a aumentar a contagem total de aplicativos para milhões e mais além, enriquecendo assim a indústria de desenvolvimento de aplicativos para Android.

    Pilha de Tecnologia para Aplicativos Móveis iOS

    Swift & Objective-C são os idiomas mais preferidos para o desenvolvimento de aplicativos para iOS. IntelliJ AppCode e Apple XCode são os kits de ferramentas mais usados entre os desenvolvedores de aplicativos para iPad e iPhone.

    Quando reunidos, eles formam a base de uma florescente indústria de aplicativos iOS que conquistou o respeito no campo de aplicativos móveis por sua qualidade e experiência de usuário superior.

    Pilha de Tecnologia para Aplicativos Híbridos

    As técnicas padrão da web que são preferidas para o desenvolvimento de aplicativos híbridos  inclua CSS, HTML 5 e JavaScript. Esses aplicativos são tipicamente divididos em duas partes – backend e shell nativo. Os aplicativos híbridos podem ser executados em todas as plataformas e oferecem acesso à API.

    Os três frameworks mais usados aqui são: Cordova, Sencha Touch 2 e Ionic.

    Pilha de tecnologia para aplicativos multiplataforma

    O desenvolvimento de aplicativos entre plataformas refere-se ao processo de usar o mesmo código para o desenvolvimento de aplicativos que pode ser executado em várias plataformas, incluindo Android, iOS e até mesmo na Web. Estes emprestam às empresas uma maior cobertura geográfica, menor custo de desenvolvimento e menos tempo de mercado para os aplicativos móveis.

    Existem três tecnologias principais que entram em uma pilha de tecnologia entre plataformas – Flutter, React Native e Xamarin.

    Melhor Pilha de Tecnologia – Como escolher?

    Antes de prosseguir e explorar as diferentes pilhas de tecnologia que podem ser usadas no desenvolvimento de aplicativos móveis, é importante estar ciente dos fatores que influenciam a escolha de uma delas.

    1. Considerações sobre aplicativos

    Cada aplicativo é diferente dos outros de várias maneiras diferentes. Os dispositivos em que o aplicativo teria que funcionar, o tipo de condições de rede que ele teria para operação, a experiência do usuário pretendida, o tempo de comercialização e a plataforma que ele executaria, e muitos outros fatores diferenciam um aplicativo do de outros.

    Todos esses elementos e mais, se juntam para ajudar o desenvolvedor a decidir qual estrutura, biblioteca, idioma e software eles devem usar para obter os melhores resultados.

    1. Objetivo do aplicativo

    O objetivo ou o objetivo final do aplicativo é crítico na pilha de tecnologia que um desenvolvedor escolhe para desenvolver o aplicativo. Por exemplo, a pilha de tecnologia seria muito diferente para desenvolver um aplicativo com alta latência em comparação a um aplicativo móvel de resposta rápida com baixa latência.

    Se o aplicativo móvel for dependente do processamento de carga pesada, haverá a necessidade de uma pilha de tecnologia mais robusta em comparação a um aplicativo que opera em torno de interações precisamente simplificadas.

    1. Conjunto de habilidades internas

    Existem algumas linguagens e estruturas que apresentam resultados semelhantes, mas têm certos fatores diferenciadores típicos que distinguem um do outro. Se você decidir entre duas pilhas de tecnologia que são muito próximas uma da outra, é uma boa ideia seguir os pontos fortes do desenvolvedor.

    Se você acabar forçando sua equipe de desenvolvimento a escolher uma pilha de tecnologia com a qual não esteja familiarizada, os esforços aumentarão, assim como o tempo necessário para construí-la. No entanto, se você oferecer a eles uma pilha de tecnologia com a qual sua equipe esteja familiarizada, não apenas a velocidade do processo será melhor, mas a qualidade também está fadada a ser melhor.

    1. Controladora (da tecnologia)

    A empresa controladora da pilha de tecnologia escolhida é de importância fundamental no desenvolvimento de seu aplicativo para dispositivos móveis.

    Algumas das marcas mais estabelecidas fornecem uma melhor documentação e suporte da comunidade em comparação com as outras. É natural que o Google, a Microsoft e a Adobe forneçam um suporte muito melhor à comunidade e opções avançadas de desenvolvimento em comparação ao uso do Facebook com o React Native.

    1. Operabilidade Multi-Plataforma

    Se compararmos um aplicativo executado em uma única plataforma a um aplicativo que seria executado em todas as plataformas, haveria uma grande diferença entre as pilhas de tecnologia escolhidas para construir as duas. Da mesma forma, o conjunto de ferramentas necessário para o tipo de escalabilidade que você exigiria incorporando em seu aplicativo móvel para ser portado em outras plataformas, como no desenvolvimento de aplicativos híbrido ou entre plataformas seria totalmente diferente do conjunto de ferramentas necessário para o aplicativo nativo Desenvolvimento.

    1. Considerações de segurança

    Qualquer tecnologia moderna de desenvolvimento de aplicativos para dispositivos móveis que valha a pena é equipada para evitar qualquer ponto fraco na segurança que um aplicativo pode encontrar depois de ser lançado no mercado. No entanto, torna-se complicado quando a pilha de tecnologia que você escolheu é insuficientemente documentada ou requer a escrita de códigos longos aumentando os riscos durante todo o processo de desenvolvimento.

    Uma consideração crítica aqui é o nível de habilidade do desenvolvedor. Independentemente da sua escolha de pilha de tecnologia que você está incluindo em seu aplicativo móvel, os hackers eliminariam qualquer ponto fraco que você possa ter deixado durante o processo de desenvolvimento. É por isso que, juntamente com a escolha da pilha de tecnologia, sua equipe de desenvolvedores precisa ser bastante habilidosa também.

    1. Compatibilidade

    É de absoluta importância escolher uma pilha de tecnologia que seja compatível com a tecnologia que você já utilizou no projeto. Isso é especialmente importante se você planeja introduzir uma nova pilha de tecnologias após o processo de desenvolvimento de aplicativos móveis já ter começado. Além disso, embora seja importante verificar a compatibilidade da pilha de tecnologia escolhida com a tecnologia atual definida no projeto, também é importante verificar a compatibilidade entre a pilha de tecnologia e quaisquer outras ferramentas que você pretende introduzir no projeto. mais tarde.

    Como Criar um Aplicativo gratuito

    O desenvolvimento de aplicativos iOS é o futuro definitivo?

    Construtor de App Appy Pie: Não muito tempo atrás, o foco do mercado digital estava na web, é só recentemente que tem havido uma mudança massiva quase imprevisível na linha de eventos, já que toda entidade digital está tentando ganhar especialização em dispositivos móveis. . Há um crescimento ridiculamente alto na demanda por smartphones e eles estão ganhando muita importância mesmo no esquema maior das coisas. É por esse motivo que a demanda por desenvolvedores qualificados de aplicativos para dispositivos móveis também está em constante crescimento.

    Agora o Android e o iOS briga já dura há muito tempo e cada um tem seus próprios proponentes e limitações. Ambos os sistemas operacionais têm uma abordagem e estratégias muito diferentes, e ambos passaram a captar uma enorme audiência para eles mesmos. No entanto, o iOS conseguiu causar um impacto mais profundo no mundo digital e na maioria das entidades.

    Nos últimos tempos, um número maior de desenvolvedores de aplicativos para dispositivos móveis e até mesmo empresas estão entrando nessa plataforma para implementar estratégias melhores e aprimorar seu jogo de desenvolvimento de aplicativos para dispositivos móveis. O iOS da Apple sempre teve um lugar digno e reservado no ecossistema digital e tem uma abordagem super especializada e específica quando se trata de desenvolvimento de aplicativos móveis para a plataforma. A plataforma é única no fato de que, quando se trata de desenvolvimento de aplicativos, exige muito planejamento estratégico e implementação adequada.

    Desenvolvimento de aplicativos para iPhone no caminho

    O desenvolvimento de aplicativos para iPhone surgiu como um dos empreendimentos mais lucrativos, especialmente nos últimos dois anos, com empresas de todo o mundo pulando para a plataforma. O apelo pela plataforma não é diminuído pelo compromisso implacável da Apple em fornecer apenas o que é melhor para seus usuários. Na verdade, as regras ou diretrizes apresentadas pela Apple são bastante rígidas em comparação com os padrões do setor e devem ser seguidas por qualquer desenvolvedor ou empresa que pretenda lançar o aplicativo nele.

    O processo de análise que um aplicativo precisa passar antes de ser publicado na plataforma é bastante intenso e precisa de uma adesão estrita ao design e ao desenvolvimento estabelecidos pela Apple, incluindo estruturas temáticas, UX / UI e continuidade.

    O desenvolvimento de aplicativos para iOS tem um escopo enorme e potencial enorme quando se trata da variedade de ações e habilidades que você pode emprestar ao aplicativo nessa plataforma, e isso fica evidente mesmo com uma rápida olhada na Apple App Store.

    Embora no jogo dos números, os aplicativos para Android são líderes, mas quando se trata da receita obtida, a plataforma iOS é o vencedor claro. Todo o entusiasmo em torno do desenvolvimento de aplicativos para iPhone é por causa do tipo de receita que pode vir com isso. O comportamento de compra na plataforma iOS é muito mais favorável para os desenvolvedores do que para outras plataformas quando se trata de ganhar com seu aplicativo e esta é a principal força motriz por trás da crescente popularidade do desenvolvimento de aplicativos para iOS.

    Principais razões pelas quais o iOS está pronto para ser o futuro do desenvolvimento de aplicativos para dispositivos móveis

    1. Swift

    A base do desenvolvimento de aplicativos está na codificação, se isso for fraco, o aplicativo também não será ótimo. Swift, a popular linguagem de programação foi aceita e está sendo amplamente usada por desenvolvedores de aplicativos para iOS de todas as escalas e origens. A linguagem cumpre a promessa de entregar ótimos resultados com o mínimo de codificação. A linguagem, na verdade, também serve como um comunicador bastante eficiente entre o computador e o codificador, tornando assim fácil para o computador entender o que é necessário.

    1. Emuladores de Alta Qualidade

    Em comparação com outros sistemas operacionais, os emuladores de iOS são definitivamente mais rápidos e também oferecem excelente suporte. Isso faz com que os emuladores do iOS sejam melhores, ajudando os desenvolvedores a acelerar o processo de desenvolvimento de aplicativos e facilitando muito o processo.

    1. Baixo Consumo de Tempo

    O desenvolvimento de um aplicativo no sistema operacional Android é conhecido por exigir códigos mais longos e possui emuladores mais lentos, o que retarda todo o processo de desenvolvimento de aplicativos para o sistema operacional Android. O desenvolvimento de aplicativos iOS é suportado pelo Swift (que requer códigos mais curtos) e por emuladores mais rápidos, o que significa que requer muito menos tempo.

    1. Melhor suporte ao desenvolvedor e ferramentas

    O suporte ao desenvolvedor e as ferramentas oferecidas pela Apple são superiores em comparação com todos os outros sistemas operacionais, incluindo um dos líderes de mercado – o Android.

    1. Fragmentação Menor

    Até um Android perfeitamente desenvolvido tem uma grande chance de encontrar bugs simplesmente porque eles precisam lidar com um grande número de marcas, plataformas e tamanhos de tela! No entanto, o número de versões e tipos de dispositivos é limitado no caso de desenvolvimento de aplicativos para iOS, o que torna relativamente mais fácil criar os aplicativos e reduzir as chances de erros imprevistos no aplicativo.

    1. Maiores Lucros

    Foi estabelecido através de pesquisas que os usuários do iOS são geralmente de um grupo de renda mais alta em média. Isso significa que as chances deles gastarem em um aplicativo e em um aplicativo são muito mais altos do que o usuário médio do Android. Isso significa que os desenvolvedores e as empresas de desenvolvimento de aplicativos definitivamente prefeririam desenvolver aplicativos para iOS no lugar do Android.6. Maior receita

    Foi estabelecido através de pesquisas e pesquisas que os usuários do iOS são geralmente de um grupo de renda mais alta em média. Isso significa que as chances deles gastarem em um aplicativo e em um aplicativo são muito mais altos do que o usuário médio do Android. Isso significa que os desenvolvedores e as empresas de desenvolvimento de aplicativos prefeririam desenvolver aplicativos para iOS no lugar do Android.

    Como Criar um Aplicativo

    O Guia Completo para a Otimização da App Store

    Construtor de app Appy Pie: Então, você tem um aplicativo incrível em suas mãos depois de meses trabalhando e colocando todos os seus recursos. Agora que você publicou seu aplicativo na plataforma de sua escolha ou talvez mais do que plataformas, tudo o que você precisa é que as pessoas iniciem o download e o uso de seu aplicativo para que você possa ganhar algum dinheiro com seu aplicativo. Como você garante que isso aconteça? Como se certificar de que as pessoas baixam seus aplicativos? Nós compilamos uma lista de dicas da ASO para ajudá-lo com isso!

    Para começar, vamos entender o que significa ASO. ASO, App Store SEO, Otimização de App Store, App Search Optimization, e Mobile App SEO, todos significam a mesma coisa. O ASO é o processo de otimização do seu aplicativo para dispositivos móveis com a intenção de obter uma classificação mais alta nos resultados de pesquisa da loja de aplicativos e nas classificações dos principais gráficos.

    Isso soa bem, certo? Mas uma questão válida que surge nesta fase é – realmente funciona? Se fôssemos acreditar nas descobertas recentes da pesquisa, então sim. De acordo com um dos relatórios mais recentes do Google, 27% dos usuários encontram seus aplicativos por meio de um mecanismo de pesquisa, o que representa uma valorização de cerca de 3% desde 2014, e a tendência é de que ela cresça.

    Como o SEO do site, há técnicas de página e fora da página que podem ser empregadas para melhorar a otimização da loja de aplicativos. Empregar as técnicas certas irá ajudá-lo de duas maneiras diferentes, primeiro é obter mais instalações e segundo – obtendo mais visibilidade para seu aplicativo.

    O que são palavras-chave?

    Antes de lançarmos dicas e táticas super-eficientes para colocar seu aplicativo na lista, você precisa entender o que são palavras-chave e qual é o significado delas para conseguir uma alta classificação para seu aplicativo nas lojas de apps.

    Os mecanismos de pesquisa, bem como as lojas de aplicativos, como o Google Play Store, a Apple App Store e outros, fazem uso de algoritmos altamente complexos para classificar ou listar os resultados da pesquisa que são baseados na relevância da consulta postada pelos usuários. É difícil dizer quais são os elementos que esses algoritmos levam em conta ao calcular os rankings das lojas de aplicativos. Para determinar a relevância, o algoritmo leva em consideração vários componentes de acordo com a consulta de pesquisa do usuário e as palavras-chave usadas nos metadados da página do aplicativo.

    Nem todos esses componentes ou fatores incorporados no algoritmo podem ser identificados, mas os seguintes fatores influenciam a classificação do seu aplicativo de uma maneira grande!

    1. O nome do seu aplicativo e as palavras-chave usadas

    A pesquisa diz que, quando você inclui algum tipo de palavra-chave no título do aplicativo, isso pode se traduzir diretamente em um aumento de mais de 10% no ranking do seu aplicativo. É um facto que os algoritmos de pesquisa da Apple e do Google analisam o nome da aplicação para palavras-chave sempre que um utilizador realiza uma pesquisa de palavras-chave na loja de aplicações. Essas duas plataformas são conhecidas por dar uma prioridade bastante alta aos aplicativos com nomes de aplicativos que contêm a entrada de pesquisa. É por esse motivo que é importante incorporar algumas das palavras-chave no título do seu aplicativo como uma prática vantajosa de SEO da App Store. Algumas das ferramentas gratuitas que podem ajudar você a criar as palavras-chave são Sugestões de palavras-chave (somente para desenvolvedores de aplicativos para iOS), Übersuggest e OneLook Reverse Dictionary. Tenha cuidado ao usar palavras-chave e não pressione cada palavra-chave no título. Isso só fará seu aplicativo parecer com spam. É importante que você crie um equilíbrio perfeito entre palavras-chave e marca para o nome do aplicativo.

    1. O comprimento do nome do seu aplicativo

    O tamanho máximo do nome do aplicativo permitido nas plataformas iOS e Android é diferente. Embora o iOS permita um máximo de 30 caracteres, o Android permite 50. O nome da marca deve, idealmente, ser mantido com menos de 23 caracteres. Quanto mais curto, melhor será o nosso objetivo. É uma boa ideia usar pelo menos 20 caracteres ou mais do limite total para incluir algumas das palavras-chave mais relevantes para seguir o nome do seu aplicativo ou marca. Se você tiver o aplicativo nas duas plataformas, faz sentido usar o mesmo aplicativo ou nome de marca para manter a consistência e a uniformidade.

    1. O subtítulo que você escolher para seu aplicativo (iOS)

    Este é um dos recursos mais recentes e é apresentado no iOS 11 e é exclusivo para a App Store do iOS. A legenda do aplicativo é uma sequência de palavras limitada a 30 caracteres ou menos e aparece logo abaixo do nome do seu aplicativo. Essa é uma ótima maneira de incluir algumas palavras-chave relevantes nesse campo que podem transmitir o valor real do seu aplicativo para os clientes e ajudar você a aumentar o ranking da loja de aplicativos. Essas palavras-chave colocadas no subtítulo seriam indexadas na pesquisa da loja de aplicativos, o que significa que você pode usar esse campo especial em seu benefício e abordar algumas palavras-chave sempre importantes.

    1. Sua descrição do aplicativo e o significado das palavras-chave

    Para os desenvolvedores de iOS, pode não ser algo de grande importância, pois a Apple App Store não procura palavras-chave na seção de descrição do aplicativo da listagem. Mas outros aspectos da descrição do aplicativo ganham muita importância neste caso, e vamos abordá-lo nas próximas seções.

    Para os desenvolvedores do Android, no entanto, as descrições dos aplicativos ganham uma importância muito grande, simplesmente porque o Google puxa as palavras-chave da sua descrição para serem incluídas nas palavras-chave do seu aplicativo. Certifique-se de incluir as palavras-chave da sua loja de aplicativos e de construir frases significativas para serem incluídas na descrição. Vale a pena mencionar aqui que as palavras-chave que você usa nas primeiras linhas da descrição do aplicativo têm muito mais peso em comparação com as do resto da descrição no algoritmo de classificação do Google. Portanto, é uma boa ideia colocar suas principais palavras-chave nesta seção.

    1. O início da descrição do seu aplicativo

    Em média, apenas 5% dos usuários clicam no botão “Leia mais”, que fica abaixo da descrição curta na Google Play Store. Na App Store da Apple, é mais baixo, apenas 2%. Portanto, cada caractere na descrição resumida do seu aplicativo conta bastante. Esta breve descrição permite apenas 252 caracteres e você precisa tornar cada um deles produtivo. Ao escrever este, certifique-se de não desperdiçar nem um pouco do espaço, não deixe linhas em branco ou frases interrompidas, e tome cuidado para torná-lo nítido, sucinto e chamativo. Com essa breve descrição, seus clientes saberão por que seu aplicativo é único e também o apreciarão. Nesta seção, concentre-se nos valores do aplicativo e não nos recursos e termine a descrição com um texto de call to action para ver seus clientes se animando!

    1. A versão expandida da descrição do seu aplicativo

    A descrição longa ou a versão expandida é onde você é livre para destacar todos os recursos incríveis do seu aplicativo que você deseja exibir. Aqui, use espaços, marcadores ou listas apropriados para tornar a coisa toda mais legível. Demonstre provas ou comentários de usuários ou sociais, os prêmios e o reconhecimento que seu aplicativo conquistou e as menções honrosas em toda a mídia que ele possa ter recebido. Nesta descrição, inclua todos os links de mídia social para seus aplicativos.

    A Google Play Store, na seção de descrição do aplicativo, permite a formatação avançada e o uso de emoticons. Use-os bem para se destacar do resto da multidão de aplicativos na loja. Crie a descrição em um tom que esteja em sincronia com o conteúdo do aplicativo e seja o mais atrativo para seus usuários.

    1. O comprimento da descrição do seu aplicativo

    Após pesquisar e analisar um grupo de exemplo dos 100 principais aplicativos e suas descrições, foi estabelecido que 90% dos 100 principais aplicativos usam mais de 589 caracteres, enquanto a mesma porcentagem que 90% deles usa menos de 3385 caracteres em seus aplicativos descrições. Quando comparado com os outros fatores, o comprimento da descrição do aplicativo pode não desempenhar um papel tão importante, mas é uma boa ideia manter esse intervalo de caracteres quando se trata do tamanho da descrição do aplicativo. Além disso, há várias ferramentas no mercado que podem ajudá-lo a comparar várias estatísticas relativas ao seu aplicativo que podem ajudar você a encontrar maneiras de melhorar a classificação do seu aplicativo.

    1. O texto promocional do aplicativo da App Store do iOS

    Outro dos recursos mais recentes que foram introduzidos no iOS 11 e um disponível apenas na App Store do iOS é o Texto Promocional do Aplicativo. Este texto promocional aparece no topo da descrição e tem um limite de 170 caracteres. Embora isso não esteja indexado na pesquisa na loja de aplicativos, este texto de promoção de aplicativos oferece a liberdade e a flexibilidade de alterar e testar a resposta sem precisar liberar uma nova versão. O texto promocional que oferece a melhor resposta pode ser usado para alterar as palavras-chave na loja de aplicativos para obter melhores taxas de conversão.

    1. Seu ícone do aplicativo e seu design

    O ícone da sua aplicação é de grande importância, provavelmente mais do que você imagina! A pesquisa afirma que um ícone melhor tem o potencial de aumentar seus downloads em mais de cinco vezes. Um bom design de ícone é simples e chama sua atenção. Este é um pequeno espaço que você está projetando, é aconselhável não exagerar com muitos elementos ou texto. Um bom ícone deve permanecer gravado na memória do usuário após a primeira exposição e deve ficar bom mesmo depois de reduzido para o menor tamanho necessário. O ícone deve estar claramente visível contra fundos escuros e claros. É bom se inspirar nos ícones de seus principais concorrentes, mas certifique-se de que eles não se pareçam tanto com os outros, que criam uma confusão na mente do cliente. Se você tiver uma marca estabelecida, poderá usar seu logotipo como um ícone para ajudar o aplicativo a se associar à marca e a qualquer produto futuro. No entanto, se você tiver um aplicativo que seja funcional, poderá usar um objeto para descrever o aplicativo.

    1. Chegando às palavras-chave da App Store

    Inicialmente, planeje criar uma lista de palavras-chave com pelo menos 50 delas, e você pode usar as ferramentas mencionadas anteriormente. Sugestões de palavras-chave (somente para desenvolvedores de aplicativos iOS), Übersuggest e Dicionário reverso OneLook para ideias de palavras-chave de loja de aplicativos. Ao analisar as palavras-chave, certifique-se de listar apenas as palavras-chave relevantes para seu aplicativo. Não ceda à tentação de usar uma palavra-chave apenas porque ela é popular porque você deseja que o aplicativo seja encontrado apenas pelas pessoas que desejam baixar e usá-la.

    Há um conceito de palavras-chave sensíveis ao tempo, o que significa que uma palavra como “Craque” funcionaria bem para aplicativos relacionados a esportes na época do torneio e teria uma chance melhor de entrar na lista de recursos de qualquer loja de aplicativos.

    1. Escolhendo o Apt App Store

    Agora que você tem um conjunto inicial de palavras-chave de loja de aplicativos, chegou a hora de escolher ou formular uma estratégia para otimizar as palavras-chave adequadas. Você pode optar por algumas das ferramentas de pesquisa de palavras-chave disponíveis online para ajudá-lo com o processo de otimização de palavras-chave, fornecendo o tráfego de pesquisa e as dificuldades relacionadas às palavras-chave que você está procurando. Nesse estágio, você pode selecionar 25 palavras-chave da loja de aplicativos antes de prosseguir para o próximo nível. Quando você está desenvolvendo um novo aplicativo, é uma boa ideia ir com as palavras-chave que têm uma popularidade razoável e baixa dificuldade, pois ajuda o aplicativo a ganhar o impulso inicial. Depois de ter alcançado o impulso inicial, é hora de ir para as palavras-chave que são de alta popularidade e têm níveis de dificuldade razoáveis que ajudariam seu aplicativo a ganhar mais downloads.

    1. Otimização de palavras-chave da App Store

    Depois de escolher as palavras-chave apt, agora é hora de aprender a usá-las da maneira certa. A técnica de otimização de palavras-chave é um pouco diferente para desenvolvedores de iOS, em comparação com as técnicas que funcionam para desenvolvedores do Android.

    Para os desenvolvedores do iOS, é importante que os metadados da palavra-chave sejam preenchidos com as palavras-chave da loja de aplicativos que você escolheu na etapa anterior. São esses metadados que determinariam a maneira como seu aplicativo seria descoberto. Listados abaixo estão as regras que você, como desenvolvedor iOS, precisa seguir:

    • Faça uso de cada um dos 100 caracteres que estão disponíveis para você.
    • Use vírgulas para separar cada palavra-chave de outra.
    • Não use espaço, artigos ou preposições.
    • Dependendo de qual formulário é mais fácil de classificar, use a forma singular ou plural.
    • Use todas as palavras-chave apenas uma vez.
    • Quando são números, use caracteres numéricos, em vez de soletrá-los em palavras.
    • As palavras usadas no nome da empresa, no nome do aplicativo ou no nome da categoria do aplicativo não precisam ser incluídas novamente.

    Como o Google Play não tem metadados e extrai palavras-chave da descrição do aplicativo e os usa como palavras-chave da loja de aplicativos, os desenvolvedores do Android precisam prestar atenção especial a essa descrição que escrevem. No entanto, ao incorporar essas palavras-chave na descrição, é importante colocar frases significativas que façam sentido para o usuário ler. Além disso, é prudente lembrar que as palavras-chave usadas na seção acima da dobra ou nas primeiras linhas de sua descrição teriam muito mais peso para o algoritmo do Google do que as do resto da descrição.

    1. Compras no aplicativo

    As compras no aplicativo fazem muito mais do que vender produtos e serviços. Os nomes das compras no aplicativo do seu aplicativo seriam indexados pela Apple e pelo Google na pesquisa na loja de aplicativos. No iOS 11, isso vai ainda mais longe, pois cada compra no aplicativo recebe seu próprio nome de exibição, imagem promocional e descrição. Suas compras no aplicativo podem aparecer nos resultados da pesquisa e podem até ser exibidas nas guias “Hoje”, “Jogos” e “Aplicativos”, ajudando seu aplicativo a obter maior visibilidade e classificação. Você tem a opção de exibir no máximo 20 compras de IAPs (compras no aplicativo) na sua página do produto. Quando você for criativo e conseguir incluir pelo menos algumas de suas palavras-chave e, ao mesmo tempo, nomear seus elementos de IAP, ajudará seu aplicativo a obter uma exposição de pesquisa mais alta.

    1. Captura de tela do App Bem Planejada e Bem-projetada

    A pesquisa diz que mais de 60% dos usuários não analisam as duas primeiras capturas de tela que você colocou na listagem ou na descrição do aplicativo. Além disso, o número de conversões aumenta em 25% quando as duas primeiras capturas de tela são aprimoradas. Uma boa captura de tela seria aquela que transmite apenas uma mensagem – alta e clara! De acordo com as estatísticas, é aconselhável transmitir a mais forte das suas mensagens nas duas primeiras capturas de tela. No entanto, se você deseja tornar-se o melhor e realmente impressionar os usuários, torne todas as cinco capturas de tela incríveis e dignas de atenção. Às vezes, as capturas de tela são aprimoradas por legendas curtas exibidas na parte inferior, mas se você estiver fazendo isso, faça certo e certifique-se de que o texto esteja em um fundo limpo e crie uma imagem favorável para os usuários. Essas capturas de tela são uma oportunidade para que os usuários saibam por que devem se apaixonar pelo aplicativo, por isso, não coloque telas de login, formulários de compra, formulários de inscrição, anúncios ou as telas de boas-vindas aqui!

    1. Um vídeo preview informativo ou demonstrativo do App

    Não é tão fácil quanto as capturas de tela, mas os vídeos funcionam e têm a capacidade de aumentar as taxas de instalação ou download em mais de 24%, especialmente quando você usa um bom pôster no caso de aplicativos iOS e um impressionante recurso gráfico em caso de Aplicativo do Google Play. É este gráfico que finalmente faria o seu usuário querer verificar o vídeo! Quando você planejar e fazer o vídeo promocional ou de marketing do seu aplicativo, lembre-se:

    • Os primeiros 5 segundos do vídeo devem atrair a atenção dos usuários.
    • Evite usar qualquer rosto em efeitos ou qualquer tipo de mensagem de boas-vindas.
    • Não demonstre todos os seus recursos no vídeo, apenas mostrar os melhores.
    • O vídeo que você faz não deve depender do áudio para fazer sentido.
    • Certifique-se de que existe um apelo à ação incluído no vídeo.
    • Vale a pena notar que 80% dos usuários param de assistir ao vídeo após 12 segundos, por isso é obrigatório que você torne seu vídeo nítido e direto ao ponto.

    Na página de resultados de pesquisa do iOS 11, você pode exibir até três visualizações de aplicativos ou vídeos promocionais ou capturas de tela, que é um a mais que o iOS 10. Os vídeos aparecem antes das capturas de tela e da primeira reprodução automática, embora sem áudio. Esse recurso amplia suas possibilidades, oferecendo mais espaço para atrair seus usuários.

    1. O impacto das notas da App Store

    As notas e as avaliações que seus aplicativos geram têm forte impacto no número de vezes que seu aplicativo é baixado. Foi observado que apenas menos de 50% dos usuários estariam dispostos a fazer o download de um aplicativo com classificação inferior a 4 estrelas. Além disso, quando a classificação de um aplicativo de 2 estrelas muda para 3 estrelas, a conversão aumenta em mais de 285%, enquanto quando o mesmo aplicativo de 2 estrelas sobe para o aplicativo de 4 estrelas, a taxa de conversão é superior a 550%. Para melhorar as classificações do seu aplicativo, garanta que toda experiência de integração ofereça valor aos usuários. A experiência deve ser formalizada e automatizada de forma a incentivar os novos clientes a realizar ações no aplicativo e mantê-los por mais tempo. É uma boa ideia aguardar o momento perfeito, com base no comportamento da aplicação, e depois pedir ao utilizador para avaliar e rever a sua aplicação. É uma boa ideia avisá-los logo após uma compra no aplicativo ou na conclusão de um nível, pois geralmente é um momento eufórico para o usuário.

    1. Obtendo classificações de cinco estrelas para melhorar as notas da App Store

    O santo graal das classificações de aplicativos da classificação de 5 estrelas é raro, mas cobiçado por todos os desenvolvedores de aplicativos. Então, como vamos fazer isso?

    Um dos fatores mais importantes aqui é o timing. Tempo seu pedido para a classificação no momento em que os usuários é suposto ser o mais satisfeito. Isso pode ser no final de uma missão do jogo ou no final de uma reserva. Certifique-se de que o seu pedido é educado, mas não implore!

    1. Responda às avaliações de classificações mais altas da App Store

    Somente aqueles que se preocupam com o seu aplicativo tiram um tempo para escrever um comentário para o seu aplicativo e é natural que eles queiram ser reconhecidos. Sempre passe pelas revisões e comentários e responda a eles de maneira construtiva. Quando você faz isso, os usuários sentem que você se importa com eles e os visitantes percebem que o desenvolvedor está ativo em seu próprio aplicativo. Logo após uma grande versão do aplicativo, tente responder a todos os comentários, informando sobre o lançamento no processo. Se for impossível responder a cada uma das resenhas, você sempre pode priorizar as respostas endereçadas àquelas com as avaliações mais baixas que mencionam problemas técnicos com a versão recente do seu aplicativo. Após o lançamento de uma atualização de aplicativo que soluciona e corrige um problema técnico, considere responder aos comentários relevantes informando que o problema foi resolvido.

    1. Usando as avaliações de uma estrela para trabalhar nas classificações da sua loja de aplicativos

    As avaliações de uma estrela são um rico conjunto de conhecimentos para você e quando você as trata dessa forma, você também recebe comentários que podem ajudá-lo a melhorar. De certa forma, os comentários de uma estrela que você recebe são aqueles seus amigos que lhe dão um feedback honesto. Leia todas as críticas de uma estrela bem e descubra maneiras de convertê-las em avaliações cinco estrelas e, no processo, você estaria trabalhando para melhorar seu aplicativo na perspectiva do usuário enquanto corrigia seus erros, falhas ou outros problemas comuns. Problemas de desempenho. Mantenha seus olhos e ouvidos abertos em sua jornada para alcançar o topo das paradas.

    1. Desenvolva uma estratégia eficiente de localização de aplicativos

    A vantagem mais óbvia de localizar seu aplicativo é aumentar exponencialmente o público-alvo que pode fazer o download do seu aplicativo. No entanto, é uma tarefa difícil realizar a localização de um aplicativo inteiro. Pode ser muito mais gerenciável se você localizar apenas a listagem do aplicativo, que inclui o nome do aplicativo, as palavras-chave e as capturas de tela que você colocaria. Observou-se que quando o nome do aplicativo, palavras-chave e apenas a primeira linha do aplicativo foi localizado, houve um enorme aumento de 767% no número de downloads. Pesquisas dizem que apenas 31% da receita mundial de aplicativos vem dos EUA, enquanto 41% vem da Ásia e 23% da Europa.

    1. Descobrir os melhores países para o seu aplicativo antes de optar pela localização do aplicativo

    Então, você tem sua estratégia de localização de aplicativos, e agora? Agora vem a decisão de escolher quais países seriam os melhores para você se concentrar? Se o seu aplicativo estiver disponível em vários países, você poderá ver os principais países de acordo com o número de downloads, verificar os idiomas oficiais dos cinco principais países e, em seguida, localizar a listagem do seu aplicativo nesses cinco idiomas. Você também pode escolher os 5 principais com base na receita, na taxa de conversão, na retenção ou em qualquer um dos diversos fatores relevantes para você.

    1. Pesquisa do Spotlight para indexação de aplicativos (iOS)

    O Spotlight Search da Apple permite que os usuários pesquisem seus aplicativos iOS instalados em seus dispositivos. Esse é um recurso muito útil para os desenvolvedores de aplicativos, pois agora eles podem ser usados ​​com mais frequência com os usuários existentes. Recursos como Core Spotlight e NSUserActivity são ótimos quando se trata de aumentar os níveis de engajamento do usuário, o que, por sua vez, tem um impacto positivo na classificação de pesquisa da App Store do iOS.

    1. Firebase App Indexing para App Indexação

    O Firebase App Indexing do Google permite que os usuários pesquisem o conteúdo dinâmico no seu aplicativo, e a melhor parte é que ele funciona para os dois dispositivos, o Android e o Google. A indexação de aplicativos do Firebase faz mais do que apenas ajudar você a melhorar o engajamento do usuário, mas também oferece uma ampla oportunidade para a aquisição de usuários. Isso ocorre principalmente porque esse recurso permite que os usuários descubram o conteúdo do seu aplicativo, independentemente de terem instalado o aplicativo ou não. Isso é especialmente útil quando você tem um aplicativo rico em conteúdo.

    1. O impacto das taxas de conversão de aplicativos

    A taxa de conversão de visualização de página é a porcentagem de pessoas que descobrem seu aplicativo por meio de qualquer mídia, como listagens de classificação, resultados de pesquisa na loja de aplicativos e, em seguida, toque no ícone para dar uma olhada no que é seu aplicativo. A taxa de conversão de download é a porcentagem de pessoas que, depois de dar uma olhada na página do aplicativo, fazem o download.

    O tipo de impacto que o CR ou a taxa de conversão tem é fundamental. Eles são independentes da concorrência no mercado ou da origem do tráfego, o que significa que eles sempre lhe fornecerão uma imagem real da eficácia do seu ASO, provando ser uma métrica mais forte do que palavras-chave ou o número absoluto de downloads. Um CR forte pode se tornar um sinal de classificação natural na pesquisa da loja de aplicativos. O que queremos dizer com isso é que, se um grande número de pessoas procura determinadas palavras-chave, está inclinado a clicar nos mesmos ícones e acaba baixando o mesmo aplicativo, ele diz muito e envia uma mensagem favorável ao Google Play e a Apple App Store. Isso pode dar ao seu aplicativo uma melhor chance de obter uma classificação mais alta ou destaque nas lojas de aplicativos. CR é um dos métodos mais eficazes de poupar dinheiro também! Se você otimizou seu CR bem, isso significa que, se seu CR for duplicado, seus custos de publicidade para o mesmo número de downloads serão efetivamente reduzidos pela metade.

    1. Melhorando o CR de Visualização de Página para Melhores Taxas de Conversão de Aplicativos

    Nós estabelecemos a importância e o impacto do CR em seu ASO. Então, o que é que você pode fazer para melhorar sua visão de página CR? A CR de visualização de página é calculada com a seguinte fórmula.

    Exibição de Página CR = Exibições de Página de Produto / Impressões x 100%

    Se o CR da sua vista de página for menor que 3%, ele precisa ser melhorado. O CR de visualização de página pode ser melhorado concentrando-se na otimização dos seguintes metadados.

    • Nome do aplicativo
    • Legenda (apenas para iOS)
    • O ícone do aplicativo
    • As primeiras 3 linhas na descrição
    • As 3 primeiras capturas de tela ou o vídeo de visualização
    • Classificações da sua aplicação

    Estas são as informações que são visíveis para os possíveis usuários ou clientes, e essas são as coisas que você pode manipular para atrair novos usuários para seu aplicativo.

    1. A Relação Entre Download CR e Taxas de Conversão de Aplicativos

    Download CR = Unidades de aplicativos / Visualizações de páginas de produtos x 100%

    Seu alvo CR download deve ser avaliado em 60%, então é uma questão de preocupação e todo este artigo é muito mais importante para você do que você pensou.

    1. O tamanho do seu aplicativo

    As pessoas que usam o serviço de internet celular não podem fazer download de um aplicativo que exceda 100 MB. Um usuário que está em movimento e não pode fazer o download do seu aplicativo na hora, as chances de eles voltarem para baixá-lo mais tarde quando estiverem conectados a um Wi-Fi são muito pouco. Você pode reduzir o tamanho do aplicativo compactando alguns dos recursos gráficos ou pode até mesmo fazer com que parte do conteúdo seja baixado após a instalação.

    1. A questão do preço do aplicativo – Aplicativo gratuito com compras no aplicativo como um modelo de receita

    Idealmente, não há nada melhor do que um aplicativo gratuito para os usuários. Um aplicativo gratuito tem muito mais chances de ser baixado por um usuário. No entanto, se você quiser ganhar algum dinheiro com o aplicativo, poderá optar pelo Modelo de lucro de compra no aplicativo, caso ele se encaixe no tipo de aplicativo que você possui. Cerca de 80% da receita da loja de aplicativos vem do IAP.

    1. A questão do preço do aplicativo – Aplicativo gratuito com anúncios como modelo de receita

    Se você deseja fazer publicidade no aplicativo como seu modelo de receita, é melhor optar por anúncios nativos. Esses anúncios nativos são criados para se adequarem ao contexto exato do aplicativo, o que torna quase uma extensão do conteúdo oferecido no aplicativo, em vez de uma parte aleatória de conteúdo promocional.

    1. A questão do preço do aplicativo – aplicativos pagos como um modelo de receita

    Esse é um dos modos populares de receita para desenvolvedores de iOS em comparação com os desenvolvedores do Android. Quando seu modelo de receita é um aplicativo pago, cuide para que o aplicativo tenha um preço razoável quando comparado a outros aplicativos da mesma categoria. Faça uma pesquisa profunda dos principais aplicativos pagos em sua categoria e faça o preço do seu aplicativo de preferência mais baixo do que eles, pois você ainda é apenas um novato.

    1. Atualizações de aplicativos oportunas e frequentes

    Foi observado e estabelecido que existe uma forte correlação entre as avaliações do aplicativo e a frequência das atualizações do aplicativo. A liberação de atualizações regulares e frequentes traz algumas vantagens, pois melhora a fidelidade do usuário, mantendo-o atualizado em sua memória, conforme aparece na lista de atualizações. Mesmo as plataformas como a Apple e o Google estão mais felizes em ver você fazendo atualizações regulares, já que envia uma mensagem de que o aplicativo está sendo mantido regularmente. Os principais aplicativos enviam atualizações pelo menos uma vez por mês e também recomendamos isso. O envio de notificações push personalizadas para que os usuários saibam das atualizações recentes ajuda muito a aumentar o número de downloads de atualizações. Certifique-se de que cada atualização faça a diferença e traga uma melhoria no aplicativo.

    Resumindo para a App Store do iOS vs. Google Play

    iOS

    • Metadados requer aprovação
    • A descrição só pode ser alterada com uma nova atualização.
    • Há um limite de 30 caracteres para o nome do aplicativo, bem como o subtítulo.
    • Existe um campo de palavras-chave especificadas com um limite de 100 caracteres.
    • Não há impacto de social e links no ranking do aplicativo.

    Loja de aplicativos do Google

    • Nenhum processo de revisão de metadados.
    • A descrição pode ser alterada a qualquer momento.
    • Há um limite de 50 caracteres para o nome do aplicativo.
    • As palavras-chave são incorporadas apenas no título e na descrição do aplicativo.
    • As classificações do aplicativo são afetadas por redes sociais e links.

    Dicas para o desenvolvimento de uma voz de marca para seu aplicativo

    O mundo hoje prospera em marketing e é o marketing que garante a descoberta de diferentes produtos em qualquer setor onde a concorrência é abundante. Nesse ambiente de negócios, encontrar e desenvolver a voz da marca certa para o seu aplicativo pode se tornar um diferenciador que muda o jogo.

    A criação de marcas para qualquer produto, até mesmo para o seu aplicativo, baseia-se no desenvolvimento da voz certa para toda a comunicação externa do seu aplicativo. Essa voz precisa ser consistente em todos os outros canais de marketing. É natural que os usuários que você está segmentando queira entender sua marca, seus valores e sua filosofia, para entender o tipo de valor que você forneceria aos seus clientes.

    Ao desenvolver a voz da marca para seu aplicativo, você também deve prestar atenção ao tom de voz. Não é apenas sobre o que você está dizendo como uma marca, é também sobre como você está dizendo isso!

    A voz da marca é essencialmente a consistência com a qual você seleciona as palavras, a atitude e os valores da marca enquanto você está se dirigindo à audiência e a outras pessoas através de seu meio ou canal escolhido. A voz da marca determina a personalidade de sua marca que seria refletida para o público.

    Sua voz de marca é toda sobre você!

    A voz da marca que você desenvolve precisa ser honesta, e isso só pode acontecer quando reflete a personalidade inerente e real da organização ou de sua empresa. Uma das maneiras de fazer isso é compartilhando a história de sua empresa e se tornando adepta a essa narrativa. A voz e o tom da marca devem ter a capacidade de atrair qualquer um que tenha curiosidade sobre seu aplicativo e ser capaz de forjar uma conexão emocional. Faça uso de diferentes mídias, como blog, páginas de mídia social e até mesmo sua rede pessoal ou presencial para contar sua história de maneira eficaz e integrá-la em suas estratégias de marketing de forma integrada.

    No entanto, contar histórias não significa contar contos, tem que haver um elemento de honestidade e transparência na forma como você conta sua história. Seja confiante, aberto e honesto, e este mundo estaria pronto para ouvir a voz da sua marca.

    Por que o tom da voz é importante?

    O tom e a sensação da sua marca constituem o modo como seu aplicativo se comunica com seu público, oferece aos usuários uma oportunidade de se conectar e identificar sua marca e, finalmente, realiza a tarefa de reconhecer com precisão o público-alvo que você atenderia no futuro .

    O tom da voz da sua marca é como você diz, não o que você diz, e é isso que deixa um impacto e uma impressão duradouros em seus clientes e grupos de usuários-alvo.

    Se você desenvolver uma voz de marca sofisticada e polida, ela provavelmente esconderá completamente a personalidade real de sua marca, dificultando o estabelecimento de qualquer tipo de conexão com o aplicativo. Será difícil para eles se relacionarem com seu aplicativo ou confiar nele. Alternativamente, se você fizesse com que a voz da marca fosse muito casual, ela poderia parecer uma bandeira vermelha para aqueles que valorizam o profissionalismo.

    1. Humaniza a marca

    O que é que faz uma marca? Raramente é o que seu aplicativo faz que faz a marca, é de fato quem é que faz a marca. O tom de voz que você usa para seu aplicativo corporifica e expressa a personalidade da marca e o sistema de valores que ela segue. é sempre sobre as pessoas que constituem a marca. Suas escolhas, seus gostos, as coisas que eles odeiam e as coisas que eles querem compartilhar com o mundo se reúnem para construir o tom e a voz da marca.

    1. Diferencia você da multidão

    O tom da voz da sua marca dá a você a oportunidade de se diferenciar, tornando sua marca diferente, identificável e inimitável. Cada um de nós aplica nossas habilidades linguísticas no formato escrito e falado, de maneira distinta. A cultura circundante e a linguagem ou dialeto que você usa podem ser dois dos fatores definidores aqui, mas você não pode negar o papel desempenhado por algumas das expressões favoritas que tendemos a ter, algumas idiossincrasias, certas inflexões e ritmos que nos diferenciam. de um milhão de outros!

    1. Constrói Confiança

    Tem sido dito que existe uma forte relação entre familiaridade e confiança. É simplesmente por causa do conforto que desenvolvemos em torno de coisas com as quais estamos familiarizados, necessitando, portanto, de esforços menores e menores para processá-las mentalmente. Isso é algo que deve ser mantido em mente por uma marca enquanto se desenvolve uma voz de marca para que o idioma que você usa seja consistente, ganhando certa familiaridade entre os clientes. Para que isso aconteça é absolutamente essencial que você seja capaz de criar um certo tom de voz.

    1. Grande Meio para Influenciar e Persuadir

    Maya Angelou, a renomada autora, disse certa vez: “As pessoas nem sempre se lembram do que você diz ou mesmo do que você faz, mas elas sempre lembram como você as fez sentir”.

    A maneira como as pessoas se sentem depois de ouvirem o que você tem a dizer, geralmente é por causa da maneira como dizemos ou do tom de voz. A linguagem que você usa de forma falada ou escrita desempenha um papel importante na impressão que as pessoas têm sobre o seu aplicativo ou marca. Quando você usa frases pequenas e sucintas com informações nítidas, você reflete a honestidade e a franqueza. No entanto, se você usar linguagem pesada e cheia de jargões, as chances são de que você seja percebido como alguém com uma certa autoridade, e se você não for cuidadoso, talvez seja um pouco condescendente.

    O tom de voz mais bem-sucedido seria aquele que passa despercebido, para que as pessoas percebam o quanto você conduz o seu negócio, em vez de perceber o quão bem você escreve.

    1. Passe algum tempo conversando com seus clientes

    A voz e o tom de sua marca são muito importantes porque humanizam sua marca e ajudam você a se tornar parte de sua conversa. Gaste algum tempo para manter uma conversa genuína com os usuários que sejam autênticos e ofereça a oportunidade de posicionar sua marca de uma maneira melhor. Certifique-se de desenvolver uma voz de marketing igualmente forte nas mídias sociais. Isso incentivaria seus clientes ou usuários de aplicativos a participar e ajudar você com seus esforços de marketing.

    Quando você está conversando com seus clientes, é importante que você ouça. Canalize seus esforços para desenvolver uma compreensão do que os clientes estão dizendo, quando estão falando sobre você, sua marca e seu aplicativo. Aproveite as inúmeras ferramentas de mídia social disponíveis hoje e encontre as conversas que estão ocorrendo, mesmo que sua marca não tenha sido marcada diretamente nela. Descubra o que eles gostam e, mais importante, o que eles não gostam em sua marca para que você possa lidar com as preocupações o mais rapidamente possível.

    1. Seja honesto e original

    Deixe sua comunicação ser apenas isso, comunicação. Abster-se de falar com eles e optar por uma comunicação autêntica de duas maneiras, fazendo com que os clientes ou os usuários do aplicativo se sintam envolvidos. Adote um tom genuíno e independentemente de você estar online ou falando pessoalmente, você deve sempre se comunicar como um ser humano. Quando você humaniza a marca, você seria capaz de interagir de uma maneira muito melhor com cada cliente, permitindo que todos os representantes da organização adotem a voz da marca.

    1. Oferecer conteúdo pertinente

    O conteúdo criativo por si só não é suficiente e, para torná-lo efetivo, você deve garantir que ele seja relevante e que seja reproduzido pelos usuários do aplicativo segmentados. Realize pesquisas profundas de usuários para entender suas necessidades, problemas, desejos e aspirações. Uma vez que você tenha uma compreensão clara de tudo, você precisaria postar apenas o conteúdo que falaria diretamente com eles e descobriria quando e como eles gostariam de ser alcançados. Faça uso de um bom software de gerenciamento de relacionamento com o cliente para entender seu cliente e registrar suas necessidades específicas que podem ser tratadas através do produto.

    1. Oferecer Ajuda

    Quando você dá uma ajuda e oferece às pessoas qualquer tipo de ajuda, você tem a vantagem de estabelecer uma presença online em várias comunidades em diferentes canais das mídias sociais. Quando você está respondendo a qualquer consulta, você deve levar algum tempo e redigi-los de uma forma que eles realmente o ajudem. Quando você investe na construção e consolidação desses relacionamentos importantes, você tem muito espaço para levar sua marca adiante. Embora seja importante que você escreva alguns blogs informativos e de ajuda, também é importante manter-se ativo em plataformas como Quora e Reddit, que são pessoas assombradas que estão desesperadas por soluções.

    1. Identifique os locais onde sua voz de marca é importante

    Quando você está tentando causar um impacto no público alvo e está criando uma voz consistente, você precisa estar ciente dos canais de comunicação que funcionam melhor para sua marca. Quando você usa o tipo certo de voz, no canal certo, com certeza aumentará a extensão de sua influência.

    Quando uma marca está respondendo às mensagens de seus clientes em qualquer fórum ou canal de mídia social, é natural que eles empreguem sua voz de marca ao fazê-lo. As marcas precisam criar botões de apelo à ação, compartilhar conteúdo, compartilhar fotos ou conteúdo de vídeo, mantendo a voz da marca como guia. Além disso, você deve considerar o bios que você cria nas mídias sociais como um dos principais lugares onde você pode mostrar sua voz de marca.

    1. Analise sua marca

    Analise as diferentes interações que estão acontecendo entre sua marca e seus usuários do aplicativo ou usuários segmentados. Isso pode ser feito fazendo a si mesmo as seguintes perguntas:

    • Sua presença online conseguiu refletir os valores centrais de sua marca?
    • Sua comunicação pessoal tem refletido os valores centrais de sua marca também?
    • Independentemente do estilo de comunicação e canal, o padrão de atendimento ao cliente permaneceu consistente?
    • Seus clientes podem descrever os valores de sua marca com facilidade?
    • Seus clientes podem reconhecer facilmente sua marca observando seus materiais de marketing?
    • Para se estabelecer como uma marca respeitável, é essencial manter um certo nível de consistência em todas as estratégias de marketing. As personalidades online e offline da marca precisam corresponder.
    1. Poste Algumas Peças Envolventes

    Embora seja importante falar sobre a sua marca, certifique-se de que também publica algum outro conteúdo, ainda que atraente. Quando publica conteúdo em sintonia com as notícias mais recentes e eventos atuais, atrai uma base de público maior que compreende que se importa com o tipo de conteúdo ao qual gostaria de se expor. Quando o conteúdo que você postar se novo e envolvente, você seria capaz de manter os usuários conectados. Quando o conteúdo que você publica é relevante, você pode atrair seu público e fazer com que ele volte mais.

    1. Afaste-se

    Realize uma profunda pesquisa de mercado, estude seus concorrentes e entenda sua atitude, tom e voz. Você não quer parecer apenas mais um deles, mas se separar dos outros. Se você optar por ser um defensor e permanecer apenas dentro dos padrões e diretrizes da indústria, você estaria se estabelecendo como alguém que é como qualquer outra pessoa. Isso significa que muitas pessoas não estariam interessadas em você ou em seu produto. Se a voz da sua marca soa como qualquer outra no mercado, não há muito valor para ela, não é?

    A voz da marca que você desenvolve deve ter a capacidade de ajudá-lo a diferenciar você e seu aplicativo dos outros, ao mesmo tempo em que torna sua marca reconhecível. Certifique-se de estar seguindo os principais padrões do setor e as práticas recomendadas do setor, mas também encontre seu próprio nicho para maior engajamento e conversão do público-alvo.

    Como Criar um Aplicativo gratuito

    Principais Criadores de logos online para o seu aplicativo

    Como Criar um Aplicativo gratuito com Appy Pie: A maioria dos donos de pequenos negócios não tem o tempo e o tipo certo de recursos para desenvolver seus próprios logotipos ou contratar os melhores estúdios de design. Também é bastante natural para eles serem ignorantes sobre como criar um logotipo para sua empresa que se destacaria entre os demais.

    Felizmente, existem muitas ferramentas online que podem ajudar empresas de todos os tamanhos, escala e orçamento a construir um grande logotipo para sua marca. A ideia aqui é lembrar que não precisa realmente ser a versão final. Você deve se lembrar de como grandes conglomerados como Google, Apple, PepsiCo e muitos outros evoluíram seus logotipos em sintonia com os tempos e a estética em constante mudança. A ideia aqui é desenvolver pelo menos a primeira versão do seu logotipo em papel, site, loja e qualquer outro local de marketing, promoções, negócios ou onde você se sentir necessário.

    Você pode, é claro, mergulhar no processo criativo com um pacote de arte como o Photoshop ou até mesmo algo rudimentar como o PowerPoint. Isso pode poupar algum dinheiro, mas pode resultar em algo que seria obviamente amador. Nesse ponto, você pode optar por uma ferramenta de design automatizada gratuita que possa ajudar você a superar seu bloqueio criativo e a obter um logotipo fabuloso para você. Vamos dar uma olhada!

    1) Mercado Criativo

    Esta é uma ótima ferramenta para quem quer construir um logotipo exclusivo para seus negócios. Aqui você pode navegar por vários modelos pré-fabricados e levá-los ao photoshop para desenvolver algo verdadeiramente único, verdadeiramente seu. Essa plataforma tem uma enorme variedade de modelos que podem ser modificados para uma aparência e recurso personalizados. No entanto, para aproveitar verdadeiramente o poder dessa plataforma, você precisaria do suporte de software como o Photoshop e um conhecimento prático de como os designs podem ser editados e ajustados no programa. A melhor parte sobre o uso dessa plataforma é que todos os modelos são de alta qualidade, o que significa que os logotipos que você criaria com eles ficariam incríveis e se adaptariam facilmente aos seus consumidores.

    2) SquareSpace

    Este não é realmente um nome sobre o qual precisamos explicar muito. Conhecidos por uma enorme variedade de serviços que oferecem para empresas online, eles podem cuidar de quase tudo que você possa precisar quando estiver tentando lançar sua própria identidade digital, começando com um site. Eles têm um criador de logos online brilhante e gratuito. Aqui você pode procurar ícones e personalizar o design do seu logotipo. Quer esteja simplesmente à procura de uma inspiração para trabalhar no seu próprio logótipo ou esteja a planear criar um logótipo totalmente personalizado, este criador de logotipos gratuito pode ajudá-lo. Você pode baixar gratuitamente a versão de baixa resolução de sua criação ou pagar US $ 10 por uma versão de alta resolução.

    3) Canva

    Canva estabeleceu-se como um nome a ser considerado, especialmente no mercado de design livre. Eles têm uma grande variedade de modelos para imagens de mídia social, folhetos promocionais, convites, cartões de visita etc. Seus modelos gratuitos podem ser tão atraentes quanto os pagos, para que você nunca saiba quando você ganhou ouro com eles. No entanto, se você não gostar dos modelos disponíveis, poderá carregar seus próprios gráficos ou explorar sua biblioteca de elementos gratuitos que podem ser combinados com os modelos de logotipo. A interface de arrastar e soltar é bastante simples para qualquer um usar e criar sua própria identidade de marca.

    1. Design Hill

    Entre a enorme gama de serviços oferecidos pela Design Hill, o seu gerador de logo grátis merece ser mencionado. Há literalmente milhares de ícones para navegar e tantas opções para personalizar o texto e as cores para criar e baixar seus próprios desenhos para serem usados gratuitamente em qualquer fórum.

    1. Logo Design Livre

    Design Free Logo é um criador de logotipos 3D que permite que seu logotipo ganhe vida em qualquer tela ou espaço. Eles têm uma rica biblioteca de alguns modelos de logotipo projetados para você explorar e escolher. Se você está procurando por um logotipo em forma de elétron ou um logotipo que represente todo o planeta, eles têm tudo o que um empresário pode procurar em um logotipo. Quando você usa um criador de logos 3D, consegue se destacar do resto dos concorrentes.

    1. Vectr

    Este é um incrível software de design de logotipo e a melhor parte é que você não precisa de nenhuma experiência de design para usar o software. Embora o software possa ser usado quando você estiver online, você também terá a liberdade de baixá-lo e instalá-lo no seu computador gratuitamente! O software permite empreendimentos colaborativos onde você pode fazer algumas edições ao vivo e compartilhar o progresso com os membros de sua equipe. Além disso, todos os arquivos que você cria podem ser baixados gratuitamente em alta resolução. Eles ainda têm alguns guias e tutoriais realmente úteis para ajudá-lo no processo.

    1. Logo Garden

    Um único criador de logotipos online gratuito, o Logo Garden permite que você crie um logotipo para sua empresa em apenas alguns minutos. Nesta plataforma, você seria capaz de navegar por centenas de amostras diferentes de design de logotipo que seriam adequadas a uma infinidade de indústrias. Se você deseja criar uma identidade de marca verdadeiramente exclusiva com um logotipo atraente, é possível criar facilmente uma após explorar milhares de símbolos de marca e opções de layout. Os logotipos criados aqui podem ser usados em várias plataformas, incluindo papel de carta, material promocional, camisetas e, o mais importante, seus materiais digitais, incluindo seu website e seu novo aplicativo móvel.

    1. DesignMantic

    Esta é uma das abordagens mais organizadas para projetar um logotipo para o seu negócio. Aqui você começa escolhendo o estilo de logotipo que preferir, o tipo de fonte que deseja usar e a paleta de cores mais adequada à sua personalidade de marca. Depois de inserir o nome da sua empresa, você pode escolher uma das 30 categorias da indústria às quais pertence. Se você gosta de um logotipo, pode começar a personalizá-lo escolhendo as cores e a fonte para usá-lo. Embora você possa criar seu logotipo aqui gratuitamente, mas para fazer o download do logotipo você teria que pagar uma quantia. Ao pagar essa taxa, você obterá um arquivo de alta resolução e um arquivo de vetor, caso precise ir para impressão em larga escala. Há um limite de download aqui e, se você não quiser pagar a taxa, poderá usar essa plataforma como um lugar para se inspirar e criar seu próprio logotipo sozinho.

    1. Graphic Springs

    Os numerosos modelos do Graphic Springs são divididos em várias categorias adequadas, tornando fácil encontrar exatamente o que você gosta. Tudo o que você precisa fazer aqui é inserir o nome e o slogan de sua empresa e escolher a categoria adequada de imagens. Agora você pode escolher o logotipo que deseja antes de editá-lo, ajustá-lo e torná-lo perfeito para sua marca. Você pode ir realmente elementar e criar um logotipo a partir do zero usando formas geométricas básicas ou outras formas, ou pode sobrepô-las nos modelos para um toque decorativo. Se tudo o que você deseja é criar seu logotipo, é grátis usar o software, mas cobra uma taxa para você fazer o download do logotipo em diferentes formatos. A coisa boa é que eles têm edições ilimitadas e downloads, o que é ótimo se você tem uma tendência a ser um pouco indeciso ou quer manter uma opção aberta para fazer mudanças no futuro.

    1. Logojoy

    Esta é uma das ferramentas mais sofisticadas e faz uso da Inteligência Artificial para projetar seu logotipo. O que você precisa fazer aqui é fornecer um pouco de informação sobre o seu negócio, a indústria de que faz parte, a paleta de cores que você pretende usar, e “Hey Presto!” Você tem o seu logotipo. Você sempre pode fazer algumas alterações com o kit de ferramentas fácil de usar. No entanto, para visualizar os designs de logotipo personalizados, você teria que inserir suas informações de contato.

    Como criar um aplicativo com Appy Pie

    Principais ferramentas gratuitas para criar gráficos de aplicativos

    Agora que você decidiu criar um aplicativo para o seu negócio, você vai querer que ele fique perfeito! Seu aplicativo ajudará você a alcançar um público totalmente novo à medida que sua empresa conquista várias tecnologias, mas o primeiro passo nessa direção é criar seu aplicativo.

    Um aplicativo que pareça ótimo mostraria sua empresa da maneira correta e, para que um aplicativo pareça ótimo, é importante que você tenha uma variedade de gráficos fantásticos. Você precisaria de um monte de intervenção de design, começando de ícones para cabeçalhos, telas iniciais, botões e muito mais. Isso pode realmente tornar-se bastante grande, especialmente se você nunca teve a experiência.

    Felizmente, no entanto, existem algumas ferramentas incríveis que estão disponíveis gratuitamente que podem ajudá-lo a criar ótimos gráficos para aplicativos. As ferramentas online a seguir permitem criar gráficos brilhantes para seu aplicativo, independentemente da experiência ou das habilidades que você possa ou não ter.

    #1 Canva

    Uma das plataformas de design mais populares, o Canva é preferido por todos por causa de seu recurso de arrastar e soltar fácil de usar. A plataforma o ajudaria a escolher quando se trata das opções de modelos e algumas opções brilhantes de ilustração. O uso dessa plataforma não exige que você tenha experiência em design, já que a interface de arrastar e soltar facilita a adição de texto, o upload de suas próprias imagens ou gráficos de sua biblioteca expansiva.

    Como você estará projetando os gráficos do aplicativo, o tamanho dos gráficos é de especial importância, o Canva oferece diversos tamanhos predefinidos para escolher ou mesmo definir seu próprio tamanho, o que significa que o gráfico que você desenha seria perfeito caber no espaço que você reservou para ele.

    A linha de fundo aqui não é apenas a eficiência e o escopo de trabalhar com essa ferramenta, mas que toda a experiência é muito divertida e também gratuita! A plataforma tem mais de 10 milhões de usuários ativos e oferece mais de 8.000 modelos e 1GB de memória!

    # 2 Gravit Designer

    Especialmente uma ferramenta incrível para projetar telas e ícones que você vai usar para o seu aplicativo, esta é uma ferramenta bastante desordenada, que é fácil de usar e tem uma interface incrivelmente intuitiva. A interface praticamente diz o que fazer e como usar melhor a plataforma. Da ferramenta Knife ao modo de mesclagem, há muitas ferramentas que você pode aproveitar e criar alguns dos gráficos mais impressionantes para se adequar perfeitamente ao seu aplicativo. Há muito o que explorar na plataforma e você pode brincar com ela à medida que se sentir mais à vontade usando-a. A plataforma exige um pouco de investimento para aproveitar seu potencial real.

    # 3 Pixlr

    Rotulado como o editor de fotos online mais popular do mundo, Pixlr é um software de design gráfico gratuito que se gaba de ter mais de 600 efeitos, sobreposições e bordas diferentes, além de todas as outras ferramentas e recursos (como recortar, redimensionar, clarear, remoção de olhos vermelhos) que você espera em um editor de fotos. Se seu aplicativo precisar usar fotografias, o Pixlr pode ser uma ótima opção para você. O software é compatível tanto com o Android quanto com o iOS, o que significa que você pode enviar as fotos diretamente para o seu telefone. A interface seria familiar para aqueles que já usaram o Photoshop para editar quaisquer fotos, embora a interface no Pixlr seja muito mais fácil de usar.

    # 4 Vectr

    Esta ferramenta está disponível tanto como um aplicativo de desktop quanto como um aplicativo da web baseado em navegador. O Vectr é uma das ferramentas gratuitas e é ótimo para criar gráficos vetoriais 2D. A plataforma vem com todos os recursos vetoriais que você poderia querer, mas a verdadeira cereja do bolo é a enorme gama de opções para filtros, sombras, fontes e muito mais! Isto é o que torna a Vectr muito versátil, especialmente quando se trata da conclusão das tarefas relacionadas ao projeto do dia a dia.

    O que realmente diferencia essa plataforma e à frente de seus concorrentes são os recursos de colaboração e sincronização ao vivo. Esses recursos permitem que você se conecte com qualquer pessoa, em qualquer lugar e trabalhe em conjunto com toda a equipe.

    # 5 GIMP

    Um software de design gráfico de código aberto, o GIMP é responsável por um grande número de fiéis do Photoshop a abandoná-los. Embora a interface do GIMP seja muito diferente do Photoshop, ainda existe uma versão do GIMP que emula o Photoshop em sua aparência, o que torna a transição do Photoshop para o GIMP muito mais fácil. Depois disso, você pode ter acesso total a todo um conjunto de ferramentas que você pode usar para criar alguns gráficos que trariam seu aplicativo para uso. Não se preocupe, você não precisaria perder suas ferramentas favoritas, como clonagem, ferramentas de pintura, correção de cores e aprimoramento.

    O que o torna ainda mais desejável é que o software é projetado para suportar quase todos os formatos de arquivo populares, o que significa que você tem a facilidade e a liberdade de carregar qualquer trabalho gráfico existente e ajustá-lo para atender às suas necessidades.

    # 6 Klex

    Essa é uma das melhores opções para quem deseja criar gráficos com ótima aparência e deseja fazer isso rapidamente. Esta plataforma de design foi projetada para se concentrar nos não-designers, em vez dos pro-designers, o que significa que, como um novato no campo, você pode realmente se beneficiar dele.

    Não é apenas a plataforma carregada com alguns modelos brilhantes para você escolher, mas também tem um recurso rico de vários ativos de design, efeitos e filtros. Você pode até adicionar algum texto como parte dos gráficos para os quais há muitas fontes para escolher. A plataforma também oferece liberdade suficiente para personalizar seu aplicativo.

    # 7 Paint.NET

    Esta é uma solução baseada em Windows que foi lançada como uma alternativa ao editor de Paint da Microsoft. No entanto, não seja muito rápido em dispensar este, pois pode surpreendê-lo com o tipo de potencial que ele contém. Este software de design gráfico gratuito é focado na facilidade de uso e se inclina fortemente em sua funcionalidade para edição de fotos mais do que criar renderizações artísticas. No entanto, há uma gama interessante de efeitos especiais que você pode aproveitar aqui, como criar perspectivas falsas, misturar e empurrar pixels ao redor da tela, seções lado a lado e repetindo e muitos outros efeitos.

    Com uma grande variedade de ferramentas de seleção, capacidade de suporte a camadas e muitos ajustes como curvas e brilho / contraste, o Paint.NET pode se apresentar como uma ótima alternativa ao Photoshop para ajustes e edição de fotos, caso você não esteja procurando muito use algumas das ferramentas mais recentes no Photoshop.

    Como criar um aplicativo com Appy Pie

    Principais tendências em design de aplicativos para dispositivos móveis

    Construtor de App Appy Pie: O mundo da tecnologia móvel, especialmente os aplicativos móveis estão evoluindo em um ritmo rápido e se você estiver neste negócio, você tem que ficar à frente da concorrência, mantendo-se informado das últimas tendências em design de aplicativos móveis.

    Cada vez mais pequenas empresas optam por construir seus próprios aplicativos para seus negócios. O design do seu aplicativo para dispositivos móveis deve estar de acordo com as tendências mais recentes em design de aplicativos, se você quiser se manter no controle de seus negócios e causar um impacto favorável nos usuários do aplicativo.

    A experiência do usuário que seu aplicativo oferece ajuda a criar sucesso no seu aplicativo e na sua empresa. Isso é o que ajudará você a converter os usuários em clientes. Em qualquer um dos aspectos do aplicativo se é a navegação, hierarquia, imagens, download ou qualquer outro detalhe dentro do aplicativo, se houver algum problema ou soluço, tornando a experiência do usuário ruim, as pessoas seriam desencorajadas a investir o seu dinheiro dentro do seu aplicativo.

    Quando seu aplicativo não consegue gerar muito tráfego, a falha pode estar na incapacidade de oferecer uma experiência de usuário exemplar. Isso pode ocorrer devido a um design de aplicativo desatualizado, à falta de determinados recursos ou por qualquer outro motivo que seu aplicativo não esteja realmente atendendo às expectativas dos usuários do aplicativo.

    Uma coisa importante a lembrar é que os requisitos das empresas e as expectativas dos clientes continuam mudando, portanto, os projetistas de aplicativos móveis precisam apresentar novas soluções para atender a esses novos requisitos e expectativas. O foco geral para ambos, os designers e os designers de aplicativos móveis é sempre tornar os aplicativos cada vez mais fáceis de usar. A cada ano que passa, surge o surgimento de novas maneiras de integrar botões para navegação e outros recursos. Um aplicativo que não consegue se manter atualizado e em contato com os mais recentes desenvolvimentos e as últimas tendências do comércio não vai longe. Não apenas um aplicativo desatualizado enfrentaria problemas de compatibilidade com os dispositivos mais recentes, mas também deixaria de impressionar os usuários do aplicativo. Os usuários de aplicativos hoje são altamente evoluídos e têm grandes expectativas em relação a qualquer novo produto que escolham usar, e os aplicativos para dispositivos móveis não são exceção. Somente quando seu aplicativo para dispositivos móveis oferecer os recursos mais intuitivos, mais recentes e mais identificáveis, você poderá alcançar o tipo certo de público-alvo e, em seguida, convertê-los em clientes.

    Este ano, há algumas tendências que se tornaram as regras ou diretrizes de trabalho este ano, que podem ajudar os designers de aplicativos móveis a permanecer no jogo e promover o crescimento de seus negócios. Vamos dar uma olhada nisso tudo?

    1. Crie aplicativos para telas maiores

    Os telefones hoje estão se transformando em dispositivos móveis que estão basicamente tomando conta de nossas vidas inteiras e nos ajudando a adicionar conveniência e luxo. À medida que cada vez mais funcionalidades e funcionalidades são incluídas nos telemóveis e existem aplicações para quase tudo, os tamanhos de tela destes dispositivos também aumentam. As telas maiores acomodam mais conteúdo visual e, portanto, o design dos aplicativos da nova era também está sendo influenciado por essa sensibilidade. Conforme os smartphones estão ficando maiores e os tablets estão ficando cada vez mais populares, os designers também precisam entender a necessidade de levar esse fator em consideração. A previsão é de que o mercado de tablet este ano cresça em impressionantes 36% em comparação com apenas 4% de crescimento no menor mercado de smartphones. Embora o uso de um dispositivo com uma tela móvel maior possa ser divertido de usar e interagir, ele também tem seus próprios desafios. Para projetar telas maiores, é necessário fazer algumas alterações na navegação UI / UX do aplicativo. Só mais uma coisa que precisa ser lembrada ao projetar os aplicativos móveis para telas maiores é que é apenas cerca de um quarto da tela que pode ser alcançada com o polegar do usuário. Assim, quando os designers estão projetando para uma tela maior, há muitos fatores que precisam ser ajustados ou redesenhados, o que pode ser um grande desafio.

    1. Faça a personalização de vários entalhes

    A personalização tem sido uma tendência há alguns anos, mas este ano será levada a vários níveis, já que a Experiência do Usuário personalizada será uma das tendências mais quentes do ano no mundo do design de aplicativos móveis. Como a tendência já existe há algum tempo, ela está amadurecendo e evoluindo, e os usuários do aplicativo hoje esperam níveis maiores de personalização na interface do usuário e na experiência do usuário oferecida por um aplicativo para dispositivos móveis.

    1. Oferecer Conteúdo Baseado no Local do Usuário

    O objetivo de usar um aplicativo é “Móvel”, o que significa que você carrega o dispositivo no bolso e usa o aplicativo sempre que quiser, de onde quiser. É por isso que os aplicativos têm a oportunidade de usar dados de localização para fornecer conteúdo ao usuário que será relevante para sua localização atual. Dessa maneira, os serviços que você fornece se tornariam mais responsivos aos ambientes ao seu redor. Esse é um dos recursos que tornou o aplicativo da Starbucks muito popular, pois oferecia ofertas e descontos específicos para os usuários de aplicativos, incentivando-os a fazer conversões mais rápidas e a serem retidos por mais tempo. Este ano aposte nesse recurso e você se destacará como um líder com um aplicativo que está “dentro” das últimas tendências em design de aplicativos para dispositivos móveis.

    1. b) Interface sob medida para usuários

    No entanto, a personalização no contexto de aplicativos móveis não se limita apenas ao conteúdo do aplicativo e tem um escopo muito maior. Veja, por exemplo, o cenário em que os usuários do seu aplicativo podem estar com problemas de visão ou podem até ser daltônicos, eles poderiam usar seu aplicativo tão facilmente quanto alguém com visão normal. Quando estamos falando de personalização este ano, também estamos falando de adaptar ou ajustar o layout para se adequar a uma pessoa. Essa personalização pode ser realizada com o uso de todas as informações que o usuário disponibilizou para você e combinando essas informações com os sensores no dispositivo em que o aplicativo está sendo usado. Ele pode até ajudar você a acompanhar como os usuários estão interagindo com o aplicativo e os problemas que eles enfrentam ao usar o aplicativo. Esta informação pode então ser usada pelo aplicativo, para determinar se há necessidade de mudança no tamanho da fonte, ou se há uma necessidade de que os níveis de áudio sejam ativados sempre que um vídeo é reproduzido.

    1. Mantenha sua interface do usuário simples

    Uma das coisas mais difíceis de alcançar é um design simples. Hoje, os designers estão fazendo tudo o que podem para criar uma interface de usuário simplificada. É importante entender que a interface do usuário em um aplicativo precisa ser o mais simples e clara possível para uma funcionalidade mais suave e eficaz.

    Atualmente, a maioria dos designs de interface do usuário são designs planos para melhor atender às telas digitais. Appy Pie listou algumas características importantes quando se trata de construir uma interface de usuário simplificada, dê uma olhada!

    • A extensão da clareza e funcionalidade oferecida pela interface do usuário
    • Aproveitando as telas digitais de forma otimizada
    • Elementos minimalistas que chegam até a interface do usuário do seu aplicativo
    • Espaço em branco estrategicamente colocado para respirar

    A simplicidade deve ser implementada conscientemente em todos os aspectos do design, seja a interface do usuário, gráficos, logotipo ou até mesmo a tela inicial do seu aplicativo.

    1. Torne o seu aplicativo ativado para voz

    A pesquisa por voz é o futuro, à medida que mais e mais pessoas recorrem à pesquisa por voz à medida que procuram algo que possam precisar. As funções ativadas por voz ajudam os usuários do seu aplicativo a realizar mais em um tempo menor e podem até simplificar as coisas para aqueles que têm pouca visão.

    A pesquisa por voz pode ajudar os usuários do seu aplicativo a encontrar rotas para seu local de trabalho sem precisar estacionar na beira da estrada ao tocar e digitar no aplicativo ou ajudá-los a comprar seu produto favorito sem o medo de soletrar o nome ou a marca ser capaz de encontrá-lo, ou mesmo realizar tarefas quando eles literalmente estão com as mãos cheias. Portanto, ao projetar um aplicativo móvel por conta própria ou por um profissional, é importante incorporar funcionalidades ativadas por voz, especialmente para os recursos ou tarefas mais populares que são executados com o aplicativo.

    1. Oferecer opções de navegação múltiplas e inovadoras dentro do aplicativo

    Uma das tendências mais populares que chegaram nesta lista é a criação de botões de navegação que são fáceis, mas altamente criativos também! Uma das partes mais importantes da experiência do aplicativo é a experiência de navegar no aplicativo, especialmente quando você é um novo usuário. Hoje ficou claro que, para que um aplicativo seja bem-sucedido, ele precisa ter uma navegação clara, intuitiva e fácil, mesmo para um usuário de aplicativo iniciante. Existem algumas características destacadas precisamente definidas desta tendência de design, e aqui está a lista!

    • Oferecer opções de navegação múltiplas e inovadoras dentro do aplicativo, que inclui navegação vertical, modular e horizontal, oculta e rolagem paralaxe.
    • Formas criativas e convenientes de implementar um botão de navegação que aparece na tela por um período limitado de tempo e desaparece se nenhuma ação for tomada por um determinado período de tempo.
    • Linhas de informações oferecidas aos usuários do aplicativo por meio de rolagem modular.
    • Para aplicativos móveis com conteúdo ou informações pesadas, ter uma rolagem infinita é uma ótima maneira de oferecer uma interface de usuário mais satisfatória.
    • Uma das melhores maneiras de facilitar a navegação intuitiva é a rolagem Parallax.
    1. Deixe seus usuários de aplicativos pagarem sem dinheiro

    Uma das tendências mais libertadoras hoje é a de pagar sem dinheiro. Isso, na verdade, rapidamente se transformou em um padrão totalmente novo esperado pelo usuário médio hoje. Este modo de pagamento emergiu como um dos modos de pagamento preferidos para um grande número de pessoas e o número de pessoas que o experimentaram quase duplicou no ano passado (2017)! O poder dessa tendência só é exibido ao perceber o tipo de impacto e transformação que trouxe ao comércio diário. China, por exemplo, onde o número e a porcentagem de usuários é significativamente alta, a forma de pagamento mais favorecida é o pagamento sem dinheiro. Essa é uma grande indicação para todos os proprietários de aplicativos, avaliadores e designers de aplicativos que informam para oferecer no aplicativo, no Apple Pay ou no Android Pay, uma opção de pagamento padrão para todos os tipos de compras que os usuários desejam fazer por meio de seus aplicativos. A conveniência de pagar sem dinheiro está sendo reconhecida por empresas e indivíduos e os designers de aplicativos móveis devem levar essa tendência em consideração à medida que planejam criar novos aplicativos perfeitos para seus clientes ou até mesmo para si mesmos.

    1. Dê lugar a paletas de cores frescas

    Este ano, quando você se sentar e olhar para o design de seu aplicativo, certifique-se de ter algumas cores novas, pois é uma tendência definitivamente emergente que está começando a se estabelecer este ano. No passado recente, os designers de aplicativos móveis estavam projetando os aplicativos móveis de uma forma minimalista, com temas de cores suaves e incorporando bastante espaço em branco, para realçar um visual minimalista do aplicativo. Este ano, no entanto, a estética deu um grande salto e deu lugar a fundos claros e escuros. Isso está em sincronia com a tendência de usar cores mais frescas e vibrantes no design do site também. O uso otimizado do espaço em branco ainda é muito importante, mas a adição de uma cor de fundo dá a toda estética um pop perceptível.

    1. Faça uso inteligente de tipografia escalável

    Quando se trata do aspecto do design criativo dos aplicativos móveis que estão sendo desenvolvidos nos últimos tempos, um dos principais atores emergentes é a tipografia. No passado, a tipografia tem tocado de alguma forma em segundo lugar em outros elementos proeminentes de design, como cores, navegação, etc., mas agora as coisas parecem estar tomando uma forma completamente diferente. Agora, a ênfase está mudando e inclinando-se mais para o uso de tipografia escalável e isso também é estimulado pelo recente lançamento da Apple do iOS & Helvetica Neue. À medida que mais e mais aplicativos novos são projetados, a tipografia escalonável assume a posição de um recurso importante no design de aplicativos para dispositivos móveis.

    Esta tendência também é evidente, como recentemente, a Apple criou e lançou San Francisco – um novo tipo de letra que eles criaram especialmente para seus aplicativos de relógio da Apple. Além de a tipografia ser escalável, ela também terá seu próprio impacto na maneira como toda a interface e o design geral do aplicativo aparecem para os usuários do aplicativo. As fontes escaláveis ​​que estão chegando hoje têm uma boa quantidade de espaço e ainda são ousadas e grandes!

    1. Use cores que são vibrantes

    Se você fosse dar uma olhada no kit de ferramentas de um designer, a ferramenta mais poderosa e mais eficaz seria: a cor. As cores têm a capacidade de atrair a atenção dos usuários, definir um clima favorável e influenciar as emoções e o comportamento do usuário. Hoje, o design de aplicativos para dispositivos móveis está vendo o uso de um grande número de cores vibrantes. De acordo com as tendências e o impacto que uma cor pode ter nas emoções do usuário, e provocar uma série de ações favoráveis, até mesmo transformar um usuário de aplicativo casual em um cliente.

    1. a) Emprestar funcionalidade para colorir

    Este ano, as cores evoluíram em seu papel no design, já que estão se formando como um mero elemento estético e estão se tornando mais funcionais em seus atributos. Cada cor que aparece no aplicativo teria um significado simbólico em sua função principal. Por exemplo, os designers podem estar procurando atribuir diferentes cores a diferentes categorias de notificações ou seções dentro do aplicativo, de modo que as cores funcionem como distinguishers de um tipo, tornando a experiência do aplicativo mais evoluída e lúcida.

    1. Ofereça uma experiência emocional através do seu aplicativo

    À medida que o ano avança, há um aumento na medida em que a inteligência emocional está sendo integrada a toda a experiência móvel. Houve um tempo em que a inteligência emocional estava prestes a oferecer algum tipo de efeito animado assim que os usuários do aplicativo completassem certas ações pré-especificadas dentro do aplicativo, no entanto as coisas agora mudaram e a inteligência emocional evoluiu bastante. Hoje, a inteligência emocional está sendo explorada intensivamente e está sendo alavancada de forma bastante inteligente, com o objetivo de tornar a experiência do aplicativo inteira muito mais envolvente e recompensadora.

    1. a) Deixe os usuários expressarem emoções de maneira mais eficiente

    Há muita coisa que a palavra escrita pode realizar, mas a natureza humana e a necessidade de expressar e emoticon às vezes não se destinam apenas a palavras. Lembre-se de que quando as interfaces de string de comando estavam fazendo o trabalho de emoting, ainda exigíamos e recebíamos emoticons para ajudar as pessoas a entender exatamente o que estávamos sentindo. Esta é uma era de dispositivos móvei. Os dispositivos móveis nos permitem usar uma gama muito mais ampla de emoções. O reconhecimento facial pode, de fato, ser aproveitado para oferecer muitas reações mais relevantes. Os Animojis ou os emojis animados que respondem às expressões faciais quando usados ​​na câmera do iPhone X, surgiram como uma ótima aplicação desse conceito.

    1. b) Permitir que os usuários interajam com os aplicativos de maneira mais natural

    Uma ênfase maior está sendo aplicada nos gestos usados ​​nos aplicativos móveis, e isso, por sua vez, altera a maneira como interagimos com os aplicativos. Como exemplo, considere a situação em que você deseja “curtir” algum conteúdo. Atualmente, o que fazemos é tocar no ícone ou no botão, mas agora poderíamos fazer isso por meio de um gesto natural de talvez desenhar uma marca de “coração” ou marca na tela.

    1. c) Empreste um toque humano ao feedback ao imitar emoções

    A coisa sobre os seres humanos é que eles tendem a formar uma conexão emocional com todos e com todos os produtos que eles interagem. Por isso, é natural que eles tenham esperado um toque humano no processo de feedback enquanto usam o produto. Estamos, é claro, cientes de que os produtos que estamos usando são inanimados e não têm sentimentos, mas tendemos a querer acreditar que sim, em nossas tentativas de criar essas conexões.

    1. Oferecer uma experiência de App de Realidade Aumentada

    Uma tendência que está sendo muito discutida e conseguiu encontrar sua aplicação em um grande número de campos – Realidade Aumentada também conseguiu mudar a maneira como qualquer usuário vê o aplicativo e a maneira como eles o veem. Foi apenas um ano em que Mark Zuckerberg previu que as telas em todos os lugares acabariam sendo substituídas por lentes. E como o ano de 2018 está rapidamente se mostrando o ano da realidade aumentada, estamos testemunhando um grande número de pessoas usando seus telefones celulares ou outros dispositivos móveis como uma lente para espiar o mundo virtual.

    1. a) Criar uma experiência de realidade aumentada fica mais fácil

    Realidade Aumentada é uma grande tendência no contexto do desenvolvimento e design de aplicativos móveis e há um bom número de aplicativos que conseguiram incorporar a tecnologia em diferentes graus e tipos. No entanto, a criação de um aplicativo baseado em realidade aumentada não foi uma tarefa fácil de realizar e envolveu uma curva de aprendizado e lida com as brechas existentes na tecnologia devido ao seu surgimento comparativo. Essa questão foi resolvida no ano passado, em 2017, quando as principais lojas de aplicativos Google e Apple lançaram estruturas estruturadas para realidade aumentada e conseguiram amenizar consideravelmente todo o processo. Isso significa um ótimo uso e o surgimento de aplicativos que aproveitam essa tecnologia e oferecem recursos e experiências inovadores para os usuários do aplicativo.

    1. b) O quociente de entretenimento é alto quando você usa AR

    Um grande número de pessoas desta geração foi introduzido ao conceito de realidade aumentada sendo integrado em um aplicativo. Isso, na verdade, é um dos exemplos mais eficazes de demonstrar como a realidade aumentada pode ser usada em aplicativos para um maior valor de entretenimento. Embora este seja um dos exemplos mais populares do uso da realidade aumentada para entretenimento, não comecemos a cometer o erro de assumir que, por entretenimento, só queremos dizer jogos! Lentes de realidade aumentada também foram incorporadas em muitos aplicativos de mensagens, a fim de torná-los muito mais atraentes, dando aos usuários um motivo para voltarem para mais.

    1. c) Encontre soluções para problemas da vida real através do uso inteligente de AR

    O uso da realidade aumentada em aplicativos móveis foi trazido aos olhos do público com sua aplicação em vários modos de entretenimento, incluindo jogos, bate-papo, vídeos e outras mídias. No entanto, a aplicação desta tecnologia new age está longe de se limitar a este único campo. Existem algumas aplicações muito reais e muito úteis de realidade aumentada que solucionam problemas reais enquanto fornecem aos usuários algum valor real. Por exemplo, existem tutoriais equipados com recursos de realidade aumentada que facilitam o acompanhamento dos usuários do aplicativo por meio de ações como reparar um toque no mundo real! Outro exemplo disso seria o AR Measure, que permite medir objetos no mundo real sem uma fita de medição física tradicional.

    1. Criar animação dinâmica e funcional

    A animação de qualquer tipo tende a chamar nossa atenção de forma bastante favorável, e a mais recente tendência de animação dinâmica e funcional que vem surgindo na maioria dos novos designs de aplicativos móveis é uma prova disso. Esses elementos de animações dinâmicas e funcionais podem revelar-se particularmente úteis na criação de designs particularmente cativantes que chamariam imediatamente a atenção de quem olha e também melhora a experiência do usuário no aplicativo. É verdade que a animação, até agora, só foi associada ao software de jogos e aplicativos, mas agora eles evoluíram e encontraram sua aplicação na área de projetos de aplicativos móveis. Nesse contexto, os designers de aplicativos para dispositivos móveis usam esse elemento para o seguinte:

    • Iluminando a navegação
    • Aumentar e diminuir o zoom do conteúdo
    • Confirmando as ações iniciadas pelo usuário
    • Tornando a experiência inteira do aplicativo dinâmica
    • Oferecendo um efeito de visualização direta
    • Oferecendo projeto de paralaxe e animação HTML5
    • Aprimorando toda a experiência do usuário do aplicativo
    1. Construir Experiências Centradas no Conteúdo

    Todo esse jazz e estética do seu novo aplicativo móvel é ótimo, as cores são bonitas, a tipografia também é brilhante, e a navegação é bastante intuitiva. Isso certamente garantiria que a experiência de integração de todos os usuários de aplicativos seja exemplar. No entanto, se você não tiver conteúdo relevante e valioso para oferecer aos usuários do aplicativo, seria irreal esperar que os usuários do aplicativo voltem a usar o aplicativo mais uma vez. O conteúdo fornecido pelo aplicativo deve ter uma curadoria adequada para se adequar ao gosto dos usuários-alvo e também deve ser facilmente acessível. Se os usuários têm que lutar com o aplicativo para obter o conteúdo que ele quer, muitos não ficariam cativados por todos os outros esforços que você fez para isso.

    1. a) Limpe o App

    Uma das maneiras mais eficazes de manter o conteúdo na frente e no centro é por meio da organização. O que essencialmente significa é que você pode conscientemente remover qualquer tipo de confusão visual no aplicativo e, assim, melhorar a compreensão. Isso, na verdade, é um dos objetivos mais populares da Experiência de usuário entre os designers de aplicativos para dispositivos móveis atualmente. Tornou-se uma responsabilidade assumida dos designers de aplicativos móveis hoje remover qualquer informação irrelevante que possa estar criando “ruído” no design. Ao fazer isso, você pode priorizar apenas as informações relevantes porque está efetivamente colocando o conteúdo em primeiro lugar e elaborando uma linguagem visual lúcida. Depois de se livrar de toda a confusão visual, você pode se concentrar na mensagem real que pretende proliferar por meio do aplicativo.

    1. b) Hierarquia visual lúcida em elementos de aplicativos

    Esta é uma das técnicas mais eficazes para tornar o conteúdo mais compreensível e relacionável. Desenvolva uma ordem distinta de mostrar os diferentes elementos da interface do usuário, para que os usuários possam se relacionar melhor com o conteúdo do aplicativo. Isso pode ser feito com o uso de significantes visuais eficazes, como, por exemplo, o uso de cores contrastantes para botões de call to action quando você deseja direcionar os usuários em determinados elementos, botões, ações ou informações essenciais.

    1. Autenticação biométrica pode tornar os aplicativos interessantes

    Tradicionalmente, o processo de login no aplicativo pode ser tedioso e, às vezes, desestimular os usuários do aplicativo a usar o aplicativo. Esse processo tedioso pode ser contornado se o aplicativo fizer uso de uma autenticação biométrica. Dessa forma, tudo o que você precisa é de um certo traço fisiológico ou comportamental específico especificado no aplicativo e pode ser qualquer coisa, desde impressões digitais a reconhecimento facial ou reconhecimento de voz.

    1. a) Há uma ascensão marcada no uso da autenticação biométrica

    Autenticação ou autorização biométrica não é exatamente uma tecnologia nova, ela já existe há algum tempo. A tecnologia pegou e ganhou popularidade na medida em que hoje, alguns usuários de aplicativos estão usando autenticação biométrica em vez de senhas.

    Esta afirmação pode ser ainda mais demonstrada pelo fato de que um usuário médio do iPhone desbloqueia seu dispositivo por cerca de 80 vezes por dia e cerca de 89% do número total de usuários faz uso de seu ID de toque para isso.

    É claro que este ano a tendência está se fortalecendo, à medida que a biometria se tornar mais acessível, levando a um maior uso de dados biométricos para autenticação e para fins de gerenciamento de identidade. Essa é uma das maneiras de tornar os aplicativos seguros para todos os usuários finais do aplicativo e também para as empresas.

    1. b) O ID de toque pode acabar sendo substituído pelo ID do rosto

    O reconhecimento facial tem sido o modo como temos reconhecido todas as outras pessoas em nosso contato, e agora as máquinas precisam que os dispositivos móveis e aplicativos móveis também estejam aprendendo a reconhecer os usuários por meio de seu recurso mais marcante. O iPhone X incorporou o Face ID, dando aos usuários a oportunidade de usar uma das formas mais naturais de reconhecimento.

    1. Historytelling de marca

    Desenvolver aplicativos móveis para negócios não é uma ideia nova e, com o tempo, o conceito está se reinventando. Atualmente, existe uma forte necessidade de as marcas ou empresas reconhecerem e entenderem que os aplicativos móveis são uma das formas mais fortes de criar um relacionamento positivo com os clientes que duraria por muito tempo. Uma das coisas mais importantes que os projetistas de aplicativos para dispositivos móveis e os proprietários de aplicativos devem considerar seriamente é projetar um aplicativo para dispositivos móveis de forma que ele tenha a capacidade de contar sua própria história de marca. Contar uma história forte sobre sua marca ajuda os usuários do aplicativo a identificar você e se conectar a você sem ficar confuso ou distraído com milhões de outros aplicativos que podem ser parecidos!

    Quando aplicativos móveis são projetados, levando em consideração a história da marca e a maneira como ela deve ser contada, eles ajudam o negócio a construir um programa de fidelidade forte e a construir uma base de clientes robusta. Hoje, ao projetar aplicativos móveis, ilustrações e gráficos de diferentes estilos estão sendo usados ​​cada vez mais para contar a história de uma marca e estabelecer um relacionamento entre a marca e os usuários-alvo. A narrativa e o branding devem estar centrados em torno do seguinte:

    • Construir uma experiência de aplicativo personalizada para ser entregue ao usuário do aplicativo.
    • Criar uma experiência relevante e local a ser oferecida aos usuários
    • Fazer uso de tecnologias inovadoras como a do Appy Pie
    • À medida que a concorrência aumenta, há uma grande necessidade de as marcas e os aplicativos móveis conquistarem uma posição para si mesmos e se gravarem nas memórias dos usuários do aplicativo. Por isso, este ano tem testemunhado uma ênfase mais forte em branding e storytelling do ponto de vista do design, quando se trata de criar aplicativos móveis para negócios.
    1. Conteúdo de Vídeo sai na frente

    No ano passado (2017), vimos que os vídeos ganharam uma grande popularidade e esse formato exclusivo de marketing de conteúdo emergiu rapidamente em uma posição de destaque.

    “De acordo com uma pesquisa realizada pela HubSpot, 78% das pessoas assistem a vídeos online toda semana, enquanto 55% das pessoas assistem a vídeos online diariamente”.

    Essas estatísticas, embora não sejam realmente chocantes, indicam claramente a importância que esse meio tem como estratégia de marketing.

    1. a) Crie vídeos para atender a curtos períodos de atenção hoje

    O usuário médio hoje está sobrecarregado com informações e está sendo bombardeado com conteúdo novo com frequência. Os usuários estão sempre à procura de algo novo e têm pouca paciência.

    “O tempo médio de atenção de humanos que ficou em 12 segundos no ano 2000 caiu para meros 8 segundos no ano de 2015.“

    É importante continuar adaptando-se às mudanças no comportamento humano que novas formas de entrega de conteúdo apareceram no horizonte. Duas das mais brilhantes dessas adaptações são os vídeos no formato de 360 graus e o Facebook Live que se adequou perfeitamente a essa tendência. Este ano já assistimos a uma adoção dessa tendência de forma bastante dominante, à medida que mais e mais usuários e empresas fazem uso desse formato para fornecer informações críticas de maneira oportuna e atraente.

    1. b) Os vídeos devem ser adaptáveis ao modo retrato

    Foi observado que a maioria dos usuários de telefones celulares tendem a manter seus telefones no modo retrato durante a maior parte da tarefa.

    “Pesquisas afirmam que por cerca de 94% do tempo, os telefones celulares são usados na orientação retrato que só deixa 6% do tempo quando o telefone é usado na orientação paisagem.”

    Como a maioria das tarefas no celular é compatível com o modo retrato, os usuários de telefones celulares estão acostumados a essa orientação. É por isso que todo o conteúdo, incluindo todos os vídeos, deve ser adaptado para se adequar a essa orientação e tornar mais fácil para o usuário médio se beneficiar do conteúdo.

    1. Simplificando a jornada do usuário

    A jornada do usuário dentro do aplicativo é de grande importância. É importante lembrar que sempre que um usuário estiver usando seu aplicativo, ele o fará com um objetivo específico em mente, seja fazendo uma compra, alcançando conteúdo favorito ou organizando pensamentos e ideias. Para um usuário do aplicativo, é importante que o tempo gasto para alcançar esse objetivo seja o mínimo possível. Na verdade, a quantidade de tempo gasto pelo usuário para atingir sua meta é de importância crítica quando se trata de tornar a experiência do aplicativo exemplar para o usuário.

    1. a) Experiência em design linear

    O que queremos dizer com o Linear Design Experience é uma experiência do usuário que tem início, meio e fim particularmente claros, permitindo que os usuários do aplicativo concluam uma única ação em cada etapa sem distrair ou confundi-los. Quando o fluxo do usuário é projetado para ser linear, é mais fácil para os usuários obter uma estimativa do tempo total que teria que ser gasto na conclusão de uma tarefa.

    Este tipo de Experiência de Design Linear é exemplificado pelo aplicativo de reservas de táxi Uber, onde a jornada do usuário é linear e compreensível. Em cada etapa, os usuários estão cientes do que esperar em seguida e de quantas outras etapas precisam ser realizadas antes de poderem alcançar sua meta, ou seja, a contratação de um táxi.

    1. b) Divulgação Progressiva

    Existem alguns aplicativos, onde há a necessidade de muitas informações e ações que os usuários do aplicativo podem percorrer, em diferentes momentos e em diferentes cenários, o que significa que não há necessidade de exibir ou divulgar tudo isso de uma só vez! É aqui que uma técnica especial chamada Progressive Disclosure é útil para os designers. Isso significa que, a qualquer momento, apenas essa informação ou ação é visível, o que o usuário precisa naquele momento específico. Esta técnica ajuda a reduzir a possibilidade de sobrecarga cognitiva e, portanto, melhora a compreensão e a facilidade de uso da interface.

    1. Permita que os usuários experimentem o efeito de tela inteira

    Os dispositivos e aplicativos de nova geração estão expandindo o uso de pixels de tela e, com o recente lançamento do Samsung Galaxy S8 e iPhone X, o design sem moldura se tornou uma tendência estabelecida. Com essa tendência, os designers têm à sua disposição muito mais espaço na tela que eles podem usar para oferecer experiências de aplicativos únicas e aprimoradas para os usuários do aplicativo. O uso de tela cheia é algo que os usuários do aplicativo esperam este ano de um aplicativo realmente impecável e, quando você está projetando um aplicativo este ano, considere esta tendência bastante a sério.

    1. a) Imagens e vídeos HD

    Por mais que os usuários estejam ansiosos por uma experiência exemplar em tela cheia, eles exigem uma ótima qualidade de imagens, recursos visuais ou qualquer outro tipo de conteúdo colocado no aplicativo. Assim, a qualidade do conteúdo visual ou qualquer outro conteúdo que você escolhe colocar no seu aplicativo deve ser de alta qualidade. A qualidade dos recursos visuais teria um impacto enorme na experiência do aplicativo e nas expectativas que os usuários têm do seu aplicativo. Colocar uma imagem que é pixelizada é hoje um pecado

    1. Design de Conversação

    Isso é real e muito importante!

    “Pesquisas indicam que, em média, um usuário de celular interage com três aplicativos regularmente, dos quais pelo menos um é um aplicativo de bate-papo!”

    Hoje em dia, as pessoas que estão mais isoladas durante a maior parte do dia, estão apaixonadas por “conversar”. É para satisfazer o amor que as pessoas têm por conversar que o mundo tecnológico trouxe o surgimento de chatbots e assistentes ativados por voz. Esses chatbots são hoje alimentados por outra tendência de tecnologia, ou seja, a Inteligência Artificial..

    1. a) Plataformas de mensagens seriam integradas com o assistente Chatbots

    A criação de um assistente integrado do chatbot nas plataformas de mensagens traria uma nova face ao relacionamento com o cliente ou ao atendimento ao cliente. Atualmente, esses chatbots assistentes podem não ser capazes de substituir totalmente a experiência tradicional da Graphical User Interface, mas haveria um aumento no número de integrantes dos chatbot assistants nas plataformas de mensagens para empresas, por exemplo, nas Mensagens do Facebook. O que isto significa é que as empresas modernas seriam capazes de manter conversas inteiras com os usuários ou clientes através do uso de assistentes automatizados de chatbot. A extensão dos benefícios que isso pode trazer para as empresas é primordial, já que o nível de atendimento ao cliente definitivamente aumentaria muito.

    1. b) Os assistentes de voz modernos são mais high-tech

    Hoje, à medida que mais e mais avanços tecnológicos únicos e evoluídos estão assumindo o mundo dos aplicativos móveis, há várias maneiras altamente evoluídas de interagir com um aplicativo, que vão além das interfaces gráficas do usuário. Nos últimos tempos, houve um progresso significativo no processamento de linguagem natural e no poder computacional, o que levou ao surgimento de interfaces baseadas em voz.

    “De acordo com uma pesquisa do Google, no ano de 2016, estima-se que 20% das buscas móveis foram realizadas usando a ativação por voz.”

    Isto é claramente indicativo de uma tendência emergente de “Interfaces Ativadas por Voz” como a próxima grande coisa para os próximos anos. Quando as pessoas estão usando uma interface ativada por voz, a necessidade de digitar tudo foi eliminada, o que, por sua vez, aprimora toda a experiência do usuário e elimina uma possível fonte de atrito para os usuários do aplicativo.

    “A melhor interface seria – sem interface.”

    1. c) Copywriting Ganha Grande Importância

    À medida que as interfaces de conversação aumentam de popularidade e um número crescente de designers e desenvolvedores está trabalhando para integrá-los nos aplicativos hoje, há uma maior conscientização sobre a importância dos direitos autorais para essas interfaces. Isso ocorre porque os chatbots são quase totalmente dependentes de uma troca de palavras entre o usuário do aplicativo móvel e a máquina. Portanto, cada palavra é de grande importância e precisa ser escolhida com cuidado.

    1. Swiping lidera entre os gestos

    Temos andado para a direita e para a esquerda, para cima e para baixo, durante todo o ano passado, talvez mais (por volta do Tinder!), Mas este ano, essa tendência é algo a ser observado, já que os recursos do swipe apresentam uma melhora considerável.

    Nos anos iniciais do design do aplicativo, os botões usados aqui eram muito pequenos para serem tocados, mas esse problema é resolvido hoje, pois os tamanhos da tela foram maiores e, portanto, os botões foram ampliados para facilitar a navegação! Este ano está testemunhando o surgimento das seguintes tendências de recursos de furto:

    • Procure inspiração nos feeds baseados em cartão no Pinterest board & Twitter.
    • Explore maneiras de combinar os recursos de layouts de cartão e o gesto universal de swipe
    1. Explore maneiras de combinar gestos no aplicativo e animação

    O mundo do design de aplicativos para dispositivos móveis sofreu uma grande mudança com o lançamento do iPhone X. Não há um botão “Início” nele! Isso significa efetivamente que, do mais básico ao mais complexo, todas as interações teriam que ser baseadas em gestos agora. Isso significa que os designers de aplicativos para dispositivos móveis agora teriam que prestar mais atenção aos gestos. No entanto, existem alguns problemas que estão sendo encontrados tanto pelos usuários quanto pelos designers, dependendo muito das interações baseadas em gestos, especialmente em termos de capacidade de descoberta e aprendizado. Como tentativa de resolver esses problemas, o foco dos designers é centrar-se no design de movimento e nas microinterações. A animação encontrará seu uso em gestos no aplicativo, como:

    • Oferecer clareza sobre o tipo de interação que está disponível no aplicativo.
    • Fornecer uma clareza nas relações espaciais entre diferentes elementos da interface do usuário, como transições animadas
    • Fornecer feedback sobre uma interação

    Isso conclui a lista de tendências de design de aplicativos para dispositivos móveis que criamos. Trate essa lista de tendências como seu guia do meio do ano para as tendências de design de aplicativos para dispositivos móveis e você veria seu design do aplicativo móvel surgindo como um grande sucesso!

    Nós perdemos alguma coisa aqui? Você conhece alguma outra tendência que você tenha testemunhado? Deixe-nos saber em nossa seção de comentários!

    Como criar um aplicativo gratis com Appy Pie

    Erros comuns no design de aplicativos para evitar

    Como criar um aplicativo gratis com Appy Pie: A coisa sobre aplicativos brilhantes é que você nem percebe como eles são realmente brilhantes. São sempre os soluços e os problemas com o design do aplicativo que chamam a atenção. Se você está planejando criar um aplicativo fabuloso, terá que ter um designer que tenha um conhecimento profundo de dispositivos, uma compreensão da psicologia do usuário e uma disposição de abandonar tudo o que foi aprendido e começar o arranhão.

    A coisa sobre um usuário de aplicativo típico é que eles não vão se envolver com um aplicativo que foi projetado mal. Além disso, você sabia que impressionantes 77% dos usuários desinstalam o aplicativo dentro de 90 dias após o download.

    Se você está projetando seu aplicativo sozinho, ou está contratando alguém para fazer isso por você, é importante que você esteja ciente de alguns dos erros mais comuns que precisam ser evitados. Então, aqui estão os erros de design mais comuns que as pessoas cometem e que você deve evitar!

    # 1 Ignorar o uso do “polegar”

    A maioria de nós usa apenas os polegares para navegar pelo aplicativo, e se o aplicativo que você construir precisar de alguma ação que exija mais do que o polegar, será uma experiência incômoda. É importante prestar atenção à área da tela que é acessível para um polegar de tamanho normal. Essa zona varia de acordo com o tamanho da tela, o que significa que, embora você esteja tentando otimizar seu aplicativo para vários dispositivos, você teria que cuidar disso.

    Como Apptentive menciona aqui, é importante que você priorize os elementos mais usados ​​do aplicativo nessa zona de polegar, porque é impossível acomodar tudo nessa área. O estudo realizado por questões de UX estabelece que, do número total de pessoas que usam seu telefone com uma única mão, 67% usam o polegar da mão direita. No entanto, simplesmente porque há menos usuários canhotos, não podemos ignorá-los completamente.

    Como evitar?

    Isso precisa ser cuidado no estágio de desenvolvimento, realizando o mapeamento de polegar, que lhe daria um mapa visual identificando as áreas que podem ser acessadas por um único polegar. Certifique-se de que seus CTAs sejam colocados nessa área.

    O segundo ponto aqui é prestar atenção ao tamanho dos botões. Se eles são muito grandes, o design parece feio e, se forem muito pequenos, tornam-se desagradáveis. O tamanho ideal do botão estaria no intervalo de 7 a 10 mm.

    # 2 Inconsistências na Estética

    O estilo e o design de cada elemento da interface, seja o botão, o texto, imagens ou qualquer outra coisa, devem ter algum tipo de consistência. Este artigo da Design Shack nos diz por que a manutenção da consistência na estética do seu aplicativo é tão importante. Embora alguns dos botões que você encontra possam ser realmente modernos e legais, mas se eles não se encaixam no design geral ou no tema de cores, usá-los sem pensar vai atrapalhar a aparência geral do aplicativo e confundir os usuários. bem.

    Como evitar?

    Se você está procurando um design esteticamente consistente para o seu aplicativo, e está tentando habilitar o movimento contínuo de uma cor ou tipografia ou qualquer outro elemento de design para o othe0072, é melhor que a progressão visual se move do pesado para a luz!

    # 3 não fornece instruções passo a passo

    Embora possa ser esperado que o aplicativo seja intuitivo o suficiente para os usuários navegarem sem qualquer explicação, mas como a funcionalidade dos aplicativos se torna cada vez mais complexa e diversificada, nos últimos tempos uma avaliação adequada está sendo apreciada pelos usuários. De acordo com a Telepathy, ao decidir se você vai ou não executar um passo a passo, você deve se lembrar de seus usuários-alvo e seus padrões de uso. Na luta para equilibrar a funcionalidade com facilidade de uso, orientações passo a passo precisamente executadas podem ser de grande utilidade.

    Como evitar?

    Ao desenvolver seu passo a passo, lembre-se de torná-los atraentes, visualmente atraentes e, o mais importante, ofereça aos seus usuários uma saída, o que significa que deve ser opcional.

    #4 Sobrecarga cognitiva

    Você já visitou um aplicativo e sentiu que estava achando estressante acessá-lo. O blog da Marvel menciona que, no momento em que você abre um aplicativo, há um aprendizado iniciado no cérebro para cada ação enquanto você tenta navegar, processar o layout ou absorver todos os elementos visuais da tela. O esforço que seu cérebro coloca em fazer isso é chamado de carga cognitiva. No entanto, se as informações apresentadas ao seu cérebro, em qualquer ponto do tempo, excederem a quantidade que ele pode manipular, o cérebro pode diminuir ou abandonar a tarefa, o que aqui significa seu aplicativo.

    Como evitar?

    Existem algumas técnicas, como técnica de divulgação progressiva, minimização do número de elementos de design e uso de microcopies, que podem ajudar a reduzir a carga cognitiva e, ao mesmo tempo, manter uma interface de usuário envolvente e rica e design de aplicativo.

    # 5 Fazer exatamente o que os outros estão fazendo

    Enquanto procura inspiração, não é incomum para os designers atravessar a linha e entrar na armadilha do plágio. Ao fazer uma análise concorrente, é importante ficar de olho na imagem real e não se deixar levar, como explica a Usabilidade Geek. Embora seja importante que você realmente conheça e compreenda sua competição e pode até mesmo pegar alguns elementos daqueles que parecem estar fazendo certo, mas quando você acaba clonando o aplicativo, você se torna uma imitação barata de um aplicativo melhor.

    Como evitar?

    Realize uma pesquisa competitiva profunda, analise o que eles estão fazendo certo, use-os em combinação com suas próprias idéias. Além disso, você também pode ficar de olho em suas falhas, para saber quais erros evitar e como melhorá-los para tornar seu aplicativo superior.

    Como Criar um Aplicativo gratuito

    Top 5 de Aplicativos de Restaurantes & Comidas para Android

    Criador de App Appy Pie: A cultura de comer fora só vai aumentar à medida que as nossas vidas estão ficando mais ocupadas e há menos tempo para realizar as tarefas diárias. Como as vidas estão ficando mais estressantes, as pessoas estão procurando algumas alternativas ou maneiras de simplificá-las. Cozinhar o jantar é uma das tarefas não muito aprecidas pelo profissional moderno e eles estão constantemente à procura de uma alternativa para o cozinhar em casa. Eles só querem encomendar, encontrar um ótimo jantar em conjunto para sair com os amigos ou o planejamento para ter uma noite especial de bons restaurantes.

    Vários aplicativos de restaurante chegaram recentemente às lojas de aplicativos e alguns deles encontraram mais popularidade do que os outros. Os usuários de hoje não estão apenas procurando por um banco de dados de restaurantes, mas também querem saber a quais restaurantes eles devem ir, quais pratos são bons e quais lugares devem ser evitados!

    Vamos dar uma olhada nos 5 principais aplicativos para Android de comidas e restaurantes que chegaram ao topo da lista para dispositivos Android. Depois de percorrer esta lista, você não apenas entenderá o que é que as pessoas analisam, mas também poderá criar sua própria ideia para um aplicativo, aproveitando uma oportunidade que ainda não foi reconhecida.

    Segundo a Statista, existem 3,8 milhões de aplicativos na loja de aplicativos do Google Play a partir do primeiro trimestre de 2018. Desse imenso número de aplicativos na popular loja de aplicativos, destacam-se os cinco aplicativos para Android de alimentos e restaurantes.

    1. Yelp

    Como um serviço de revisão baseado na comunidade, este aplicativo pode ser um dos maiores e mais maravilhosos por aí. Nesta era digital, o Yelp surgiu como o epítome dos descobridores de restaurantes. Embora muitos tenham ficado impressionados com o burburinho e o glamour construídos em torno dele, mas, na realidade, o aplicativo só conseguiu se estabelecer como líder no setor devido à incrível experiência que oferece. O aplicativo oferece aos seus usuários mais de 50 milhões de avaliações para várias empresas em todo o mundo, para que possam facilmente procurar um restaurante próximo, passar por avaliações genuínas, ir à caça de algumas ofertas especiais e explorar as fotografias de estabelecimentos locais. Um dos recursos diferenciados do aplicativo que o torna um favorito entre os usuários é o filtro de pesquisa que pode ajudá-los a restringir os resultados de acordo com diferentes parâmetros, como distância, preço e classificações. Isso também ajuda os usuários a entrar em um restaurante sabendo exatamente o que devem esperar. Este aplicativo é muito popular entre os estabelecimentos também, por causa da exposição e comentários que eles acumulam na plataforma, ajudando-os a expandir sua clientela.

    1. Restaurant Finder

    Como o nome sugere, o Restaurant Finder é um aplicativo simples, mas sem falhas, baseado em localização, e é um dos aplicativos mais populares para encontrar restaurantes com base em sua localização. O aplicativo abrange um grande número de países e eles cobrem um número de diferentes continentes. O aplicativo está disponível gratuitamente no Google Play e utiliza o recurso de pesquisa do Google no dispositivo móvel para localizar restaurantes nas proximidades. A tela inicial oferece várias categorias para você escolher e você pode clicar em qualquer categoria para explorar ainda mais as diferentes recomendações. Portanto, se você estiver procurando por um restaurante de sushi, um restaurante americano, um local para refeições, ou algum lugar particularmente em mente, o Restaurante Finder irá ajudá-lo a encontrá-lo. O aplicativo também oferece um grande número de avaliações abrangentes que podem ajudá-lo a decidir qual lugar é perfeito para sua próxima noite fora. O que faz com que seja divertido é que, se o aplicativo não pode encontrar um restaurante em torno de você, ele irá recomendar alguns grandes supermercados em torno de você!

    1. Zagat

    Para aqueles conhecedores de pratos que estão procurando um lugar verdadeiramente refinado para comer e escolher os restaurantes com base em comentários genuínos, Zagat é uma ótima escolha! O aplicativo que começou com um modelo de assinatura de US $ 9,99 por ano agora pertence ao Google e é oferecido gratuitamente aos usuários. Este é um daqueles aplicativos baseados no princípio de “menos é mais”. Além dos filtros usuais no aplicativo, o aplicativo apresenta um sistema de pontuação que classifica a comida, a decoração e o serviço separadamente. Eles têm uma lista nítida de lugares que são selecionados por especialistas cobrindo diferentes ocasiões, humores ou desejos e cria para você, um pacote completo, para que você não precise ficar navegando por horas por completo e mal tenha tempo para realmente Desfrute de uma experiência de comer fora.

    1. Food Finder

    Este é mais um aplicativo gratuito disponível no Google Play, mas é bastante recomendado para as opções variadas de pesquisa de categorias. A lista de categorias do aplicativo é preenchida com mais de 100 categorias diferentes, o que significa que, quando você procura uma recomendação, a precisão dela é muito maior do que a de qualquer um de seus concorrentes. No entanto, se você é um daqueles que ficam facilmente distraídos ou confusos quando há muitas opções, este aplicativo pode sobrecarregar você! O aplicativo não apenas oferece informações sobre os restaurantes locais, mas também fornece a você a distância da sua localização atual e instruções de navegação passo a passo tocando no seu mapa de navegação do Android.

    1. Zomato

    Conhecido anteriormente como The Urban Spoon, a Zomato tornou-se popular no iOS, mas ganhou um enorme número de seguidores também na versão para Android. Este aplicativo pode ser particularmente útil quando você está em uma cidade desconhecida, pois ele usa o GPS integrado do seu dispositivo para ajudar você a encontrar os restaurantes nas proximidades. O aplicativo determina a sua localização e, em seguida, fornece uma lista de restaurantes na área que são categorizados de acordo com a culinária ou o estilo de alimentação, os preços e muitos outros critérios. Você pode definir suas preferências alimentares como critérios de pesquisa e escolher a faixa de preço de acordo com o clima, o bolso ou a ocasião e procurar recomendações adequadas. Os resultados individuais são exibidos junto com o nome do restaurante, número de telefone, resenhas, etc. e podem até ser amarrados ao aplicativo de navegação no telefone para fornecer a orientação passo a passo.

    UM PARCEIRO CONFIÁVEL

    UM PARCEIRO CONFIÁVEL

    Um criador líder de sites Faça você mesmo, o Appy Pie permite que você crie sites robustos, facilitando o crescimento de seus negócios e de sua marca online. É por causa do nosso criador de sites de arrastar e soltar, fácil de usar, que a Appy Pie teve o privilégio de trabalhar com marcas de renome mundial.

    Pinnacle
    foxtel
    nike
    miti

    Criador de Website – Perguntas Frequentes

    Um site é um conjunto de páginas da Web (páginas HTML) na Internet que fornecem informações sobre um indivíduo ou uma empresa. Um site é identificado por um nome de domínio comum e hospedado em pelo menos um servidor web.
    Um site é importante porque ajuda um indivíduo ou uma empresa a transmitir informações específicas e úteis para seus usuários. Com um site, qualquer pessoa pode marcar presença na internet, dar credibilidade ao seu negócio, chegar a mais consumidores e fazer muito mais.

    Aqui tem uma lista dos 16 principais tipos de sites que você pode construir facilmente usando o site da Appy Pie:

    1. Sites para Aniversário
    2. Sites de Mídia social
    3. Sites de Relacionamentos
    4. Sites de Notícias
    5. Sites de Viagens
    6. Sites para Contratação de Profissionais
    7. Sites Escolares
    8. Sites de E-books
    9. Sites sobre Música
    10. Sites para Doação
    11. Sites com Fórum
    12. Sites para Aluguel de automóveis
    13. Sites com um Diretório
    14. Sites Pessoais
    15. Sites de Comércio eletrônico
    16. Sites para Negócios; e muitos outros.

    Listados abaixo estão alguns dos usos para sites –

    1. Compartilhar informações com outras pessoas
    2. Promover produtos e serviços comerciais
    3. Redes sociais
    4. Aprendizagem
    5. Contratação de serviços, vagas de empregos e muito mais.
    A Appy Pie é o melhor site para começar a criação de um site gratuito sem qualquer conhecimento de programação.

    Aqui está como pode começar a cria seu website gratuitamente –

    • Acesse pt.appypie.com, selecione a opção Website no menu de Produtos e clique em Começar agora ou acesse o site Appy Pie e clique em Começar agora na página principal
    • Insira o nome do seu site
    • Selecione uma categoria que melhor atenda às suas necessidades
    • Escolha um esquema de cores de sua escolha
    • Clique em Salvar e continuar
    • Se você é um usuário Appy Pie, faça o login, caso contrário, crie uma nova conta
    • Você será redirecionado para a seção para personalizar design. Aqui você pode melhorar a aparência visual do seu site da maneira que quiser
    • Clique em Salvar e continuar
    • Aguarde enquanto seu aplicativo está sendo preparado. É a versão móvel do seu site. Clique em Meus Aplicativos para continuar
    • Clique em Editar para adicionar os recursos desejados
    • Clique em Salvar e continuar para terminar de criar seu site
    • Volte para Meus aplicativos e clique em Website para verificar a visualização
    • Clique em Configuração para conectar o site ao domínio
    • Compre um novo domínio ou conecte seu domínio existente e torne seu site ativo sem qualquer codificação
    O Website da Appy Pie é o melhor construtor de sites para fazer sem qualquer conhecimento em programação o seu site, em apenas alguns minutos.
    It is free to make a website using Appy Pie’s website maker. É grátis criar um site usando o criador de sites da Appy Pie.
    Em média, um site pode ganhar cerca de US$ 2.000/mês ou US$ 7.000/mês, dependendo do tamanho e das atividades de marketing do site e para qual região do mundo vai trabalhar.

    Sim, você pode monetizar um website gratuito. Abaixo, segue a lista de opções que pode ajudá-los a ganhar dinheiro com seu website –

    1. Marketing Afiliado
    2. Anúncios
    3. Doação
    4. Aprendizado Online
    5. Patrocínio; e muito mais.

    Aprenda como criar um site

    Aprenda como criar um site

    Crie um site com o criador de sites gratuito da Appy Pie em apenas 3 etapas fáceis:

    1. Escolha a categoria
    2. Selecione a categoria mais apropriada para o site da sua empresa

    3. Adicionar recursos
    4. Arraste e solte seus recursos desejados para personalizar o site

    5. Lance seu site
    6. Publique seu website e aumente seus lucros

    UM ASSISTENTE INTELIGENTE

    Nenhum conhecimento técnico necessário

    UM ASSISTENTE INTELIGENTE

    Nesta era de negócios, um site não só faz maravilhas em levar uma pequena empresa a novos patamares, mas também ajuda as empresas a criar uma pegada digital positiva. A vantagem adicional de ter um website é que ele aumenta a visibilidade do seu negócio, ajudando você a ampliar seus horizontes além dos limites locais. Portanto, aproveite o criador de sites do Appy Pie e crie um site de negócios notável, sem nenhum problemas.

    Usar nosso construtor de sites é tão fácil que em poucos minutos qualquer um pode começar a desenvolver seu próprio site sem nenhum conhecimento de codificação. Tudo o que você precisa fazer é arrastar e soltar os recursos desejados e criar um site incrivelmente rápido em questão de minutos.

    Nenhum conhecimento técnico necessário
    Mensagens Rápidas

    Mensagens Rápidas

    Um site é uma ótima maneira de você se conectar com seus clientes e permitir que seus usuários saibam mais sobre sua organização e serviços. Além disso, o site também ajuda os usuários a entrar em contato com você e encontrar soluções para suas consultas ou quaisquer problemas que possam ter encontrado enquanto navega pelo seu site ou ao aproveitar seus serviços.

    Protegido e seguro

    Protegido e seguro

    A segurança cibernética e a privacidade de dados estão surgindo como algumas das maiores preocupações e problemas atuais. No entanto, o website que você cria usando nosso software criador de website será veiculado por HTTPS, garantindo que você esteja bem protegido contra ameaças e violações cibernéticas.

    Resposta rápida

    Resposta rápida

    Os sites que são desenvolvidos em nossa plataforma de construção de sites respondem prontamente com animações suaves, sem qualquer rolagem, oferecendo aos usuários uma experiência de usuário exemplar, envolvendo-os positivamente, mantendo-os por mais tempo e motivando-os a voltar ao site à procura de mais.

    Baixo consumo de dados

    Baixo consumo de dados

    Outra grande vantagem de criar sites com a Appy Pie é que eles consomem muito menos dados do que os sites tradicionais, o que significa que seus usuários ficariam felizes em explorar seu site sem temer o esgotamento de seus limites de dados diários.